• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2009.tde-09062009-165130
Documento
Autor
Nome completo
Anderson Coutinho da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Yoshinari, Natalino Hajime (Presidente)
Coimbra, Ibsen Bellini
Mello, Suzana Beatriz Verissimo de
Título em português
Estudo da osteoartrose em joelhos de cães secundária à ruptura do ligamento cruzado cranial
Palavras-chave em português
Cães
Cartilagem articular/metabolismo
Cartilagem articular/patologia
Citocinas
Joelho
Ligamentos articulares/cirurgia
Líquido sinovial
Osteoartrite/patologia
Quimiocinas
Resumo em português
INTRODUÇÃO e OBJETIVO: A osteoartrite (OA) embora frequente tem patogênese incerta em humanos. Descrevemos modelo experimental original de OA em cães, analisando em dois tempos diferentes as consequências da Ruptura Espontânea do Ligamento Cruzado Cranial (RLCCr). MÉTODOS: Vinte animais machos com menos de 5 anos ( 20 a 45 Kg) com RLCCr submetidos à artrotomia para estabilização articular tiveram fragmentos articulares removidos para análise. O grupo RLCCr < 20 (10 animais) foi operado antes dos vinte dias e o grupo > 20 (10 animais) após 20 dias do início da lesão. Sete animais com OA pré-existente (OA) que morreram por quaisquer motivos e 7 animais normais (NC) provenientes do C.C.Z., serviram de grupos controles. Os animais foram avaliados clinica e radiologicamente. Foi colhido líquido sinovial dos animais operados e de outros 20 cães controles submetidos às cirurgias por diferentes causas. Para estudo morfológico, os fragmentos de cartilagens foram corados com H&E e Picrossirius. A gravidade do escore histológico da OA foi quantificada através da coloração com Safranina O. Analisou-se citocinas próinflamatórias (IL-6, TNF-alfa) e a quimiocina CCL2/MCP-1 nos líquidos sinoviais. RESULTADOS: Todos os cães tinham o teste de movimento da gaveta e exame de compressão da mesa tibial positivos. Achados radiográficos correlacionaram-se com maior tempo de RLCCr. Cartilagem articular de animais normais (NC) exibiram superfície preservada, disposição ordenada dos condrócitos e integridade da rede de colágeno. Exames histológicos em animais do grupo RLCCr < 20 mostraram irregularidades na superfície articular, diminuição no número de condrócitos e remodelamento de fibras de colágeno. No grupo > 20, observou-se osteófitos e irregularidades evidentes nas superfícies articulares. A gravidade do escore de acometimento histológico traduziu-se por intensa diminuição celular na superfície articular, com presença de clusters de condrócitos na região intermediária da cartilagem e total desorganização da rede de fibras de colágeno. A quimiocina CCL2/MCP-1 esteve aumentada no grupo com menos de 20 dias de lesão, enquanto a IL-6 foi mais expressiva nos animais operados tardiamente. CONCLUSÃO: O modelo experimental espontâneo de OA canino, estudado em dois tempos, é um instrumento original e útil para estudo da patogênese da osteoartrite, além de ter o mérito de preservar a integridade física dos animais de laboratório
Título em inglês
Study of the osteoarthitis in knees of dogs secondary to cranial cruciate ligament rupture in dogs
Palavras-chave em inglês
Articular cartilage/metabolism
Articular cartilage/pathology
Chemiokine
Cytokines
Dogs
Knee
Ligaments to articulate/ surgery
Osteoarthritis/pathology
Synovial fluid
Resumo em inglês
INTRODUCTION and OBJECTIVE: Osteoarthritis (OA) is a frequent and severe rheumatic disease of unknown pathogenesis. We described an original experimental model of OA, analyzing the consequences of spontaneous cranial cruciate ligament rupture (RLCCr), occurred at two different times. METHOD: Twenty male animals, younger than 5 years old (20 to 45kg) with RLCCr were submitted to arthrotomy for articular stability and had cartilage fragments removed for analysis. The Group RLCCR < 20 (10 animals) was operated before 20 days and Group RLCCR > 20 (10 animals) after 20 days of beginning of lesion. Seven animals with pre-existent OA which died without any reason, and 7 normal animals (NC) from Service of Zoonosis Control were the control groups. The animals were submitted to clinical and radiological evaluations. Synovial fluid were collected from operated dogs and from another 20 control animals, submitted for surgical procedures for any reason. For the morphological study, the cartilage fragments were stained with H&E and Picrossirus. The score for OA severity was quantified using Safranin-O staining. Inflammatory cytokines (IL-6 and TNF alfa) and chemiokine CCL2/MCP-1 were measured in sinovial fluid. RESULTS: At physical examination, all the dogs had positive drawer and the tibial plateau compression tests. Knee Radiographic data showed that narrowing of joint space, osteophytes and erosions were more prominent in Group RLCCr> 20 animals. Articular cartilage of normal animals (NC) revealed preserved cartilage surface, organized disposition of chondrocytes and integrity of collagen net. Histological exams done in animals from Group RLLCr > 20 showed irregularities on articular surface, reduction of the number of chondrocytes and collagen fibers remodeling. Animals from Group RLCCR > 20 exhibited deep fibrillations, presence of chondrocytes clusters at intermediate area of cartilage, osteophytes and and total disorganization of the collagen fibers net. Chemiokine CCL2/MCP-1 was found overexpressed in dogs operated less than 20 days, while IL-6 was increased in late surgical group. CONCLUSION: The spontaneous model of canine RLCCr, studied at two distinct times, is an original and useful tool to understand pathogenesis of OA. Furthermore, the procedure preserves the animal integrity, becoming an Ethical laboratorial procedure
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AndersonCSilva.pdf (7.44 Mbytes)
Data de Publicação
2009-06-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.