• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2008.tde-24032009-164930
Documento
Autor
Nome completo
Ricardo Maisse Suehiro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Silva, Clovis Artur Almeida da (Presidente)
Borba Neto, Eduardo Ferreira
Costallat, Lilian Tereza Lavras
Latorre, Luiz Carlos
Laurindo, Ieda Maria Magalhães
Título em português
Avaliação da função das células de Sertoli testiculares em pacientes do sexo masculino com lúpus eritematoso sistêmico
Palavras-chave em português
Células Sertoli
Espermatozóides
Homens
Hormônios
Inibinas
Lúpus eritematoso sistêmico
Resumo em português
Objetivo: Avaliar a função das células testiculares de Sertoli em homens com lúpus eritematoso sistêmico (LES). Métodos: Trinta e quatro pacientes consecutivos foram prospectivamente selecionados para avaliar a função das células testiculares de Sertoli pelos níveis séricos da inibina B. Características clínicas, tratamento, análises dos espermatozóides, avaliação urológica, ultrasonografia testicular, hormônios e anticorpos anti-espermatozóides foram avaliados. Resultados: Os pacientes foram subdivididos em dois grupos: níveis séricos reduzidos (Grupo 1, n=8) e níveis séricos normais (Grupo 2, n=26) de inibina B. As medianas da concentração média de espermatozóides (p=0,024), da contagem total de espermatozóides (p=0,023) e da contagem total de espermatozóides móveis (p=0,025) foram menores no Grupo 1. Os níveis de inibina B foram positivamente correlacionados com a concentração de espermatozóides (r=0,343) e contagem total de espermatozóides móveis (r=0,357), e negativamente correlacionados com FSH (r=0,699) e LH (r=0,397). A mediana de inibina B sérica foi menor nos pacientes com LES tratados com pulsoterapia com ciclofosfamida endovenosa (CICIV) comparada aos não tratados com este medicamento (p=0,031). Avaliação dos 26 pacientes com LES e níveis normais de inibina B e FSH revelou que a mediana da relação inibina B/FSH foi menor nos pacientes lúpicos com oligozoospermia comparada aos pacientes com normozoospermia (p=0,004). Esta relação também foi menor nos pacientes com LES tratados com CICIV do que naqueles sem esta terapia (p=0,04). Conclusão: Este é o primeiro estudo que identificou uma alta freqüência de disfunção das células testiculares de Sertoli em homens com LES associada a anormalidades dos espermatozóides. Outros estudos prospectivos são necessários para determinar se os níveis séricos de inibina e a relação inibina B/FSH serão um marcador útil e precoce de toxicidade pela CICIV neste pacientes
Título em inglês
Testicular Sertoli cell function evaluation in male systemic lupus erytemathosus patients
Palavras-chave em inglês
Hormones
Inhibins
Lupus erythematosus systemic
Men
Sertoli cells
Spermatozoa
Resumo em inglês
Objective: To assess the testicular Sertoli cell function in male SLE patients. Methods: 34 consecutive patients were prospectively selected to evaluate the testicular Sertoli cell function by serum inhibin B levels. Clinical features, treatment, semen analysis, urologic evaluation, testicular ultrasound, hormones, and antisperm antibodies were determined. Results: Patients were subdivided into two Groups: low serum inhibin B (Group 1, n=8) and normal levels (Group 2, n=26). The medians of sperm concentration (p=0.024), total sperm count (p=0.023) and total motile sperm count (p=0.025) were lower in Group 1. Inhibin B levels were positively correlated with sperm concentration (r=0.343), total motile sperm count (r=0.357), and negatively correlated with FSH (r=0.699) and LH (r=0.397). The median serum inhibin B was lower in SLE patients treated with intravenous cyclophosphamide pulsetherapy (IVCYC) compared to those without this therapy (p=0.031). Further evaluation of the 26 SLE patients with normal inhibin B and FSH levels revealed that medians of inhibin B/FSH ratio were lower in SLE patients with oligozoospermia compared to normozoospermia (p=0.004). This ratio was also lower in SLE patients treated with IVCYC than those without this therapy (p=0.04). Conclusions: This is the first study to identify a high frequency of testicular Sertoli cell dysfunction in male SLE associated with sperm abnormalities. Further prospective studies are necessary to determine if inhibin levels and inhibin B/FSH ratio will be an earlier and useful marker of IVCYC toxicity in these patients
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ricardomsuehiro.pdf (403.68 Kbytes)
Data de Publicação
2009-03-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.