• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.5.2007.tde-11032008-111847
Documento
Autor
Nombre completo
Daniela Araujo Mirandola
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2007
Director
Tribunal
Heimann, Joel Claudio (Presidente)
Andrade, Lucia da Conceição
Barros, Rui Toledo
Coimbra, Terezila Machado
Lima, Fabio Bessa
Título en portugués
Resistência à insulina durante a gestação e lactação de ratas Wistar: influências sobre o metabolismo da glicose e da insulina na prole adulta
Palabras clave en portugués
Prenhez
Ratos Wistar
Resistência à insulina
Sacarose
Sistema reninaangiotensina
Resumen en portugués
Diversos estudos observaram uma correlação entre doenças na idade adulta e o ambiente durante a vida fetal. O estudo realizado por Barker e colaboradores foi um dos primeiros a relatar a hipótese de um possível envolvimento do ambiente intra-uterino com o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, mas os mecanismos responsáveis por esta associação ainda não são totalmente conhecidos. Estudos demonstraram uma associação entre baixo peso ao nascimento com resistência à insulina e intolerância à glicose na vida adulta. Recentemente, verificamos que o consumo de dieta hipossódica, conhecido modelo de resistência à insulina, durante a gestação e lactação está vinculado a menor sensibilidade à insulina na prole adulta. Visto que a presença de resistência à insulina durante a gestação leva a diversas alterações metabólicas na prole adulta, pode-se supor que a sobrecarga de sacarose, um modelo de resistência à insulina, durante a gestação e lactação influencie no desenvolvimento da prole. Assim, o objetivo do presente estudo foi verificar a repercussão da resistência à insulina, durante a gestação sobre a prole adulta. Para tanto, ratas Wistar foram alimentadas com dieta hipo (HO) ou normossódica (NR) suplementadas ou não com sacarose (NR+SAC - 20g/dL) ou maltodextrina (NR+MALTO - 20g/dL) desde a oitava semana de vida até o final da gestação e amamentação. Na prole resultante destes animais foi observado menor peso ao nascimento nos grupos HO, NR+SAC e NR+MALTO. Esta alteração resultou no desenvolvimento de maior insulinemia, pressão arterial e maior captação de glicose na prole de fêmeas das mães do grupo NR+SAC. Os machos apresentaram menor índice de adiposidade e maior expressão gênica renal dos componentes do sistema renina-angiotensina. Tais resultados nos permitem concluir que a sobrecarga de carboidratos durante a gestação e lactação está associada a alterações no peso ao nascimento e no metabolismo da insulina na idade adulta. É possível que a ativação do sistema renina-angiotensina materno induzido pela sobrecarga de carboidrato esteja associada a alterações deste mesmo sistema observado na prole adulta.
Título en inglés
Insulin resistance during pregnancy and lactation in Wistar rats: influence on glucose and insulin metabolism in the adult offspring
Palabras clave en inglés
Insulin resistance
Pregnacy animal
Prenatal exposure delayed effects
Rats Wistar
Renin-angiotensin system
Sucrose
Resumen en inglés
Many studies observed a correlation between diseases in adult subjects and the environment during the fetal life. Barker and coworkers hypothesized that there is a possible intrauterine enviroment association with cardiovascular diseases in adulthood. The mechanisms responsible for this association are still not very well known. Recently, we have verified that low-salt diet consumption, a well-known model of insulin resistance, during pregnancy and lactation is associated with a lower insulin sensitivity in the adult offspring. Since insulin resistance during pregnancy leads to many metabolic alterations in the adult offspring, we suppose that sucrose overload during pregnancy and lactation could influence the offspring development. The aim of this study was to verify the effects on adult offspring of insulin resistance during pregnancy and lactation. Female Wistar rats were fed low (LSD) and normal-salt diet (NSD) supplemented or not with sucrose (SUC - 20 g/dL) or maltodextrin (MALTO - 20 g/dL) until the end of pregnancy and lactation. Lower birth weight was observed in offspring of LSD, SUC and MALTO groups. Higher plasma insulin level, blood pressure and glucose uptake was detected in the adult SUC female offspring. SUC male offspring had lower adiposity index and higher gene expression of the renal renin-angiotensin components. These results show that carbohydrate overload during pregnancy and lactation is associated with alterations in birth weight and in insulin metabolism at adult life. It is possible that the maternal renin-angiotensin system activation by the carbohydrate overload is associated with alterations in the same system observed in the adult offspring.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
DanielaAMirandola.pdf (359.97 Kbytes)
Fecha de Publicación
2008-03-19
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.