• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Master's Dissertation
DOI
10.11606/D.5.2012.tde-14012013-152358
Document
Author
Full name
Cristiene Okabe
E-mail
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
São Paulo, 2012
Supervisor
Committee
Fujihara, Clarice Kazue (President)
Seguro, Antonio Carlos
Martini Filho, Dino
Title in Portuguese
Mecanismos de formação de granulomas e papel do sistema NF-kappa B em um modelo de doença renal crônica por sobrecarga de adenina
Keywords in Portuguese
Adenina
Granuloma
Imunidade inata
Insuficiência renal crônica
NF-kappa B
Abstract in Portuguese
O excesso de adenina na dieta (ADE) promove precipitação intratubular de cristais, levando à instalação de uma nefrite intersticial progressiva e perda da função renal. Observações recentes indicam que a sobrecarga de ADE em camundongos em que os genes para TLR-2, -4, MyD88, ASC ou caspase-1 foram inativados provoca menos dano renal do que quando administrado a camundongos selvagens, sugerindo a existência de um papel patogênico para a ativação de TLRs e a montagem de inflamassomas nesse modelo. O presente estudo foi concebido para investigar se outro importante componente da imunidade inata, o sistema NF-B, também exerce papel patogênico na nefropatia associada ao excesso de ADE. Ratos Munich-Wistar machos e adultos foram divididos em 3 grupos: C (N=17), ração padrão; ADE (N=17), ADE na ração, 0,7% durante 1 semana e 0,5% durante 2 semanas; ADE+PDTC (N=14), ADE administrada como descrito anteriormente, associada ao inibidor do NF-B, pirrolidina ditiocarbamato (PDTC), 120 mg/kg/dia na água do bebedouro. Após 3 semanas, observou-se deposição de numerosos cristais no tecido renal, em sua maioria no interior de granulomas de corpo estranho, acompanhada de intensa atividade proliferativa tubulointersticial. Uma parte dos cristais apareceu envolvida por uma camada de células aparentemente derivadas do epitélio tubular, que pareciam segregar os precipitados e, em alguns casos, expulsá-los ao interstício. Essas alterações associaram-se a uma grande expansão da área intersticial, com deposição de colágeno, além de hipotrofia glomerular. Foi possível ainda demonstrar um aumento da expressão da interleucina-6, do interferon-, da proteína específica de fibroblastos (FSP-1) e da proteína quimiotática para macrófagos (MCP-1). A abundância do IKK-, uma quinase ativadora do sistema NK-B, mostrou-se também acentuadamente elevada nesses ratos. O tratamento com PDTC normalizou a expressão do IKK-, diminuindo o número de granulomas e a proliferação celular, além de atenuar fortemente a fibrose e o declínio da função renal. Esses achados, que contribuem para elucidar os mecanismos de formação de granulomas no modelo de sobrecarga de adenina, são consistentes com o conceito de que o sistema NF-B é ativado pela precipitação intratubular de cristais e contribui, juntamente com outros mecanismos ligados à imunidade inata, para iniciar a intensa resposta inflamatória associada a esse modelo. Descritores: 1.Insuficiência renal crônica 2.Adenina 3.Imunidade inata 4.NF-kappa B 5.GranulomaO excesso de adenina na dieta (ADE) promove precipitação intratubular de cristais, levando à instalação de uma nefrite intersticial progressiva e perda da função renal. Observações recentes indicam que a sobrecarga de ADE em camundongos em que os genes para TLR-2, -4, MyD88, ASC ou caspase-1 foram inativados provoca menos dano renal do que quando administrado a camundongos selvagens, sugerindo a existência de um papel patogênico para a ativação de TLRs e a montagem de inflamassomas nesse modelo. O presente estudo foi concebido para investigar se outro importante componente da imunidade inata, o sistema NF-B, também exerce papel patogênico na nefropatia associada ao excesso de ADE. Ratos Munich-Wistar machos e adultos foram divididos em 3 grupos: C (N=17), ração padrão; ADE (N=17), ADE na ração, 0,7% durante 1 semana e 0,5% durante 2 semanas; ADE+PDTC (N=14), ADE administrada como descrito anteriormente, associada ao inibidor do NF-B, pirrolidina ditiocarbamato (PDTC), 120 mg/kg/dia na água do bebedouro. Após 3 semanas, observou-se deposição de numerosos cristais no tecido renal, em sua maioria no interior de granulomas de corpo estranho, acompanhada de intensa atividade proliferativa tubulointersticial. Uma parte dos cristais apareceu envolvida por uma camada de células aparentemente derivadas do epitélio tubular, que pareciam segregar os precipitados e, em alguns casos, expulsá-los ao interstício. Essas alterações associaram-se a uma grande expansão da área intersticial, com deposição de colágeno, além de hipotrofia glomerular. Foi possível ainda demonstrar um aumento da expressão da interleucina-6, do interferon-, da proteína específica de fibroblastos (FSP-1) e da proteína quimiotática para macrófagos (MCP-1). A abundância do IKK-, uma quinase ativadora do sistema NK-B, mostrou-se também acentuadamente elevada nesses ratos. O tratamento com PDTC normalizou a expressão do IKK-, diminuindo o número de granulomas e a proliferação celular, além de atenuar fortemente a fibrose e o declínio da função renal. Esses achados, que contribuem para elucidar os mecanismos de formação de granulomas no modelo de sobrecarga de adenina, são consistentes com o conceito de que o sistema NF-B é ativado pela precipitação intratubular de cristais e contribui, juntamente com outros mecanismos ligados à imunidade inata, para iniciar a intensa resposta inflamatória associada a esse modelo
Title in English
Mechanisms of granuloma formation and role of the NF-kappa B system in a model of chronic renal disease by adenine overload
Keywords in English
Adenine
Chronic renal failure
Granuloma
Innate immunity
NF-kappa B
Abstract in English
Excessive dietary adenine (ADE) promotes intratubular precipitation of crystals, leading to the installation of progressive interstitial nephritis and renal function loss. Recent observations indicate that ADE overload in mice in which genes for TLR-2, -4, MyD88, ASC or caspase-1 were inactivated causes less renal damage than when administered to wild-type mice, suggesting the existence of a pathogenic role for the activation of TLRs and the assembly of inflamassomes in this model. The present study was designed to investigate whether another important component of innate immunity, the NF-B system, also plays a role in the pathogenesis of the nephropathy associated with excess ADE. Adult Male Munich-Wistar rats were distributed among three groups: C (n = 17), receiving standard diet; ADE (N = 17), given ADE in the diet at 0.7% for 1 week and 0.5% for 2 weeks; and ADE + PDTC (N = 14), receiving ADE as described above, associated with the NF-B inhibitor, pyrrolidine dithiocarbamate (PDTC), 120 mg/kg/ day in drinking water. After three weeks, there was widespread deposition of crystals in the renal tissue, mostly within granulomas, accompanied by florid tubulointerstitial proliferative activity. Part of these crystals was enclosed in a layer of cells apparently derived from the tubular epithelium, which appeared to segregate the precipitates, and in some cases, to extrude them to the interstitium. These changes were associated with marked interstitial expansion, collagen deposition, and glomerular hypotrophy. Increased expression of interleukin-6, interferon-, fibroblast specific protein (FSP-1) and macrophage chemoattractant protein (MCP-1) were also shown. The abundance of IKK-, a kinase that activates the NF-B system, was also markedly elevated in these mice. Treatment with PDTC normalized the expression of IKK-, reducing the number of granulomas and cell proliferation, and strongly attenuated interstitial fibrosis and the decline of renal function. These findings, which contribute to illuminate some mechanisms of granuloma formation in the ADE overload model, are consistent with the concept that the NF-B system is activated by intratubular precipitation of crystals and contributes, along with other mechanisms related to innate immunity, to initiate the intense inflammatory response associated with this model
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
CristieneOkabe.pdf (837.22 Kbytes)
Publishing Date
2013-04-01
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
Centro de Informática de São Carlos
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2020. All rights reserved.