• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Hélio Paulo Primiano Júnior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Alves, Milton Ruiz (Presidente)
Baptista, Gustavo Victor de Paula
Debert, Iara
Zacharias, Leandro Cabral
Título em português
Tratamento da aniseiconia induzida na correção óptica de anisometropia em crianças
Palavras-chave em português
Aniseiconia
Anisometropia
Criança
Ensino Fundamental
Estereopsia
Refração ocular
Técnicas de diagnóstico oftalmológico
Resumo em português
OBJETIVOS: Comparar a aniseiconia e a estereopsia em escolares anisometropes do primeiro ano do ensino fundamental corrigidos com lentes oftálmicas de estoque com curvas-base selecionadas para minimizar a diferença de tamanho interocular das imagens retínicas e com lentes iseicônicas sugeridas pelo software Aniseikonia Inspector 3 e verificar a preferência dos escolares por uma destas formas de correção. MÉTODOS: Dezenove escolares com anisometropia >= 1,5 D em meridianos correspondentes no uso de óculos com lentes oftálmicas de estoque e com lentes iseicônicas foram avaliados para aniseiconia (software niseikonia Inspector 3) e estereopsia (teste Stereo Fly test com símbolos LEA. A preferência por uma das formas de correção foi verificada após 40-50 dias de uso dos óculos. RESULTADOS: As médias e os desvios-padrão das aniseiconias vertical e horizontal no uso de óculos com lentes oftálmicas de estoque e com lentes iseicônicas foram, respectivamente, -1,05% ± 2,20% e -1,37% ± 2,36% (p=0,82739) e -0,895% ± 2,23% e -1,16% ± 2,03% (p=0,77018). Os optotipos que sugerem estereopsia < 100 segundos de arco foram identificados por por 31,6% dos escolares corrigidos com lentes iseicônicas e por 21,1% dos escolares corrigidos com lentes oftálmicas de estoque (p= 0,475). Em relação à preferência, 4/15 (26,7%) escolheram os óculos com lentes iseicônicas, 2/15 (13,3%) escolheram os óculos com lentes oftálmicas de estoque e para 9/15 (60%) a escolha foi indiferente. CONCLUSÃO: A aniseiconia induzida nos escolares anisometropes corrigidos com lentes iseicônicas sugeridas pelo software Aniseikonia Inspector 3 foi similar à obtida na correção com lentes oftálmicas de estoque com curvas-base selecionadas para minimizar a diferença de tamanho interocular das imagens retínicas
Título em inglês
Treatment of aniseikonia induced by optical correction of anisometropia in children
Palavras-chave em inglês
Aniseikonia
Anisometropia
Child
Elementary School
Ocular refraction
Ophthalmologic diagnostic techniques
Stereopsis
Resumo em inglês
OBJECTIVES: To compare the aniseikonia and the stereopsis in children of the first-year of elementary school with anisometropia corrected with stock ophthalmic lenses with base curve selected to minimize the interocular size difference of retinal images and with size lenses suggested by the software Aniseikonia Inspector 3, and to check the preference of them for one of these forms of correction. METHODS: Nineteen school children with anisometropia >= 1.5 D in corresponding meridians, in the use of glasses with stock ophthalmic lenses and with size lenses were evaluated for aniseikonia (software Aniseikonia Inspector 3) and stereopsis (Stereo Fly test with LEA symbols). The preference for one of the forms of correction was verified after 40-50 days of wearing glasses. RESULTS: The mean and standard deviations of the vertical and horizontal aniseikonia in the use of glasses with stock ophthalmic lenses and with size lenses were, respectively,-1.05% ± 2.20% and -1.37% ± 2.36% (p = 0,82739) and -0.895% ± 2.23% and -1.16% ± 2.03% (p = 0,77018). 31.6% of the school children corrected with size lenses and 21.1% of the students corrected with stock ophthalmic lenses identified the optotypes that suggest stereopsis less than 100 seconds of arc (p = 0.475). Regarding the preference, 4/15 (26.7%) of the students chose the glasses with size lenses, 2/15 (13.3%) chose the glasses with stock ophthalmic lenses, and for 9/15 (60%) the choice was indifferent. CONCLUSION: The induced aniseikonia in school children with anisometropia corrected with size lenses suggested by the software Aniseikonia Inspector 3 was similar to that obtained in the correction with stock ophthalmic lenses with base curves selected to minimize the difference of interocular size of retinalimages
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-08-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.