• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2009.tde-28092009-141052
Documento
Autor
Nome completo
Glacus de Miranda Arantes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Posso, Irimar de Paula (Presidente)
Carmona, Maria Jose Carvalho
Dias, Reinaldo Brito e
Habitante, Sandra Marcia
Vieira, Joaquim Edson
Título em português
Tenoxicam controla a dor sem apresentar efeito preemptivo ou interferir na movimentação ortodôntica de dentes caninos
Palavras-chave em português
Antiinflamatórios não esteróides
Medição da dor
Ortodontia
Resumo em português
O controle da dor na ortodontia é necessário, pois a movimentação dos elementos dentais por forças específicas causa uma reação inflamatória no periodonto e consequente sensação dolorosa. O controle do processo inflamatório pode alterar a movimentação ortodôntica pela diminuição da irrigação sanguínea do periodonto. Este trabalho prospectivo, duplo-cego randomizado, estudou o efeito do tenoxicam na analgesia preemptiva e na movimentação ortodôntica de caninos superiores. Foram avaliados 36 pacientes submetidos a retrações ortodônticas bilaterais de dentes caninos superiores. Cada lado foi tratado em 3 momentos distintos, totalizando 216 ativações de retração, realizadas altenando-se os lados. O paciente foi seu próprio controle. As retrações foram divididas em três grupos de 24 pacientes cada. No grupo A, foi realizada a retração administrando-se o tenoxicam via oral para controle da dor, quarenta e cinco minutos antes do procedimento e imediatamente após o mesmo houve a administração do placebo. No grupo B, o placebo foi administrado quarenta e cinco minutos antes do procedimento e o tenoxicam imediatamente após o término do mesmo, e no Grupo C os pacientes receberam o placebo tanto antes quanto depois da retração. Esses procedimentos se repetiram em intervalos de 15 dias, totalizando 90 dias de tratamento por paciente. Os pacientes puderam utilizar como resgate o analgésico dipirona sempre que fosse necessário. Questionários contendo a escala analógica visual (EAV), a descritiva de dor (EDD) e uma tabela para controle do consumo de analgésico resgate foram fornecidos após cada procedimento. As movimentações foram executadas pela técnica de Roth (arco reto) com forças padronizadas por um dinamômetro e molas de níquel titânio (NiTi). A quantidade de movimentação foi avaliada por meio de medidas lineares aferidas com um paquímetro. O tenoxicam não influenciou a movimentação dos dentes, uma vez que os resultados obtidos mostraram que a quantidade de movimentação não foi estatisticamente diferente entre os 3 grupos. Os pacientes que receberam o tenoxicam tiveram melhor controle da dor que os pacientes controle, não sendo evidenciado efeito preemptivo neste modelo de dor. Os resultados permitiram concluir que o tenoxicam não demonstrou influência na movimentação ortodôntica de retração de caninos, proporcionando um bom controle de dor ao longo das ativações
Título em inglês
Tenoxicam controls pain without present preemptive effect or interfere on canine teeth orthodontic movement
Palavras-chave em inglês
Anti-inflammatory agents
Non-steroidal
Orthodontics
Pain measurement
Resumo em inglês
Pain control is need in orthodontics because the tooth movements caused by specific forces lead to an inflammatory reaction in the periodontium and a consequent painful sensation. Controlling the inflammatory process may change the orthodontic movement through diminishing the blood irrigation of the periodontium. This doubleblind randomized prospective study investigated the effect of preemptive analgesia using tenoxicam and its influence on upper canine orthodontic movement. Thirty-six patients who underwent bilateral orthodontic retraction of the upper canines were evaluated. Each side was treated on three different occasions, thus totaling 216 retraction activations, which were implemented with alternation between the sides. The patients were themselves the controls. The retractions were divided into three groups of 24 patients each. In group A, the retraction was implemented with tenoxicam administered orally to control the pain intensity, fourty five minutes before the procedure, placebo was then administered immediately after the procedure. In group B, placebo was administered 45 minutes before the procedure and tenoxicam immediately afterwards. In group C, placebo was administered both before and after the procedure. These procedures were repeated at 15-day intervals, thus totaling 90 days of treatment per patient. The patients were allowed to use dipyrone as rescue medication whenever necessary. Questionnaires containing a visual analog scale, a descriptive pain scale and a table for monitoring the rescue medication intake were supplied to the patients after each procedure. The movements were implemented using the Roth technique (straight arch), with forces standardized using a dynamometer and nickel-titanium springs. The amount of movement was evaluated by means of linear measurements using a pachymeter. The tenoxicam did not influence the teeth movement, since the obtained results shown that the amounts of movement did not differ statistically between the three groups. The patients medicated with tenoxicam achieved better pain control than did the patients in the control group, but no preemptive effect was shown in this pain model. The results allow to conclusion that the tenoxicam did not show any influence on the orthodontic movement of canine retraction and it provided good pain control over the course of the activations
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
GlacusdeMArantes.pdf (197.73 Kbytes)
Data de Publicação
2009-10-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.