• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.5.2016.tde-25102016-084358
Documento
Autor
Nombre completo
Sanarelly Pires Adonias
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2016
Director
Tribunal
Dall'Oglio, Marcos Francisco (Presidente)
Chade, Daher Cezar
Zequi, Stênio de Cássio
Título en portugués
Exposição ocupacional como fator de risco para disgnostico inicial de câncer de bexiga
Palabras clave en portugués
Exposição ocupacional
Fatores de risco
Neoplasias da bexiga urinária
Resumen en portugués
Introdução: Ocupação foi identificada como o segundo fator de risco mais importante para o câncer de bexiga depois de fumar sendo responsável por até 20% de todos os cânceres de bexiga em países industrializados. Apesar dos esforços consideráveis para investigar ocupações em relação ao risco de câncer de bexiga, muitas não foram encontrados de forma consistente. Material e Métodos: Foram incluídos 200 pacientes com diagnóstico de câncer de bexiga entre os anos de 2009 e 2013. Foi aplicado um questionário para obter informações sobre a profissão, tempo de exposição e hábitos diários, sintomas, e também dados de doenças incluindo estágio, grau e número e tamanho de lesões. Os pacientes do Grupo 1 foram aqueles sem emprego previamente associados com o risco de câncer de bexiga. Grupo 2 representado pacientes em risco devido a profissões. Resultados: Os pacientes do Grupo 2 apresentaram uma proporção significativamente maior de pT2 CaB (P = 0,037), enquanto que os pacientes do grupo 1 apresentaram significativamente mais pTa (p = 0,002) da doença. Analisando preditores de pT2, a presença de ocupação aumento de alto risco por 2,80 vezes a chance de desenvolver uma doença invasiva. Ao analisar o grau do tumor descobriram que um tempo de exposição de 10 anos ou mais aumenta o risco de tumores de alto grau em 4,28 vezes (p = 0,001). Conclusão: Pacientes com história de exposição a agentes cancerígenos devido à sua atividade profissional podem estar em maior risco de desenvolvimento de tumores invasivos e aqueles que estão expostos a estes agentes para mais de 10 anos podem desenvolver doença de alto grau com mais freqüência. População em risco pode, portanto, beneficiar de rastreamento para o câncer de bexiga
Título en inglés
Occupational exposure as a risk factor for early diagnosis of bladder cancer
Palabras clave en inglés
Occupational exposure
Risk factors
Urinary bladder neoplasms
Resumen en inglés
Occupation was identified as the second most important risk factor for bladder cancer after smoking accounting for up to 20% of all bladder cancers in industrialized countries. Despite considerable efforts to investigate occupation against the risk of bladder cancer, many have not been found consistently. We included 200 patients diagnosed with bladder cancer between 2009 and 2013. A questionnaire was applied to obtain information about the profession, exposure time and daily habits, symptoms, and also diseases of data including stage, grade and number and lesion size. Patients in Group 1 were those without jobs previously associated with the risk of bladder cancer. Group 2 represented patients at risk because of professions. Group 2 patients had a significantly higher proportion of pT2 CaB (P = 0.037), whereas patients in group 1 had significantly more pTa (p = 0.002) of the disease. Analyzing predictors of pT2, the presence of high-risk occupation increases by 2.80 times the chance of developing invasive disease. In considering the degree of tumor found that a time of 10 or more years of exposure increases the risk of high-grade tumors in 4.28 times (p = 0.001). Patients with a history of exposure to carcinogens because of their duties may be at greater risk of developing invasive tumors and those who are exposed to these agents for more than 10 years can develop high-grade disease more often. Population at risk can therefore benefit from screening for bladder cancer
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2016-10-25
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.