• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2016.tde-06062016-114814
Documento
Autor
Nome completo
Natália Coelho Couto de Azevedo Fernandes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Dagli, Maria Lucia Zaidan (Presidente)
Folgueira, Maria Aparecida Azevedo Koike
Menezes, Yara de
Título em português
Caracterização morfológica e imunofenotípica dos linfomas caninos através de citologia de meio líquido e imunocitoquímica em emblocado celular
Palavras-chave em português
Biologia celular
Cães
Diagnóstico
Imuno-histoquímica, Linfoma
Neoplasias
Resumo em português
O linfoma canino é uma das neoplasias mais prevalentes em cães, diagnosticado frequentemente através de exame citológico de aspirados. A imunofenotipagem para diferenciação entre linfomas de células B e T é importante para definição prognóstica e tratamento, entretanto, dificilmente é realizada em materiais provenientes de aspirados citológicos. A citologia em meio líquido (CML) é uma metodologia automatizada de produção de esfregaços citológicos, que permite a conservação de todo o material da aspiração, e utilização do material residual para, por exemplo, produção de emblocado celular (EC) e imunocitoquímica. Este trabalho teve como objetivo aplicar a CML e EC com imunocitoquímica em amostras de linfonodos caninos suspeitos para linfoma. Além disso, pretendeu caracterizar morfologicamente as células linfoides neste tipo de preparado, comparando ao esfregaço convencional. Para isto, foram selecionados 54 cães com linfadenomegalia, 10 deles sorologicamente positivos para leishmaniose canina. Comparou-se a CML com a citologia convencional, quanto às características técnicas e testou-se dois métodos diferentes de EC: Bouin e agarose com formalina. Aplicou-se painel imunocitoquímico de anticorpos anti-CD3, anti-CD79a, anti-Pax-5 e anti-Ki67, para imunofenotipagem e determinação da proliferação celular. Adicionalmente, realizaram-se análises estatísticas para avaliação do desempenho e concordância interobservador comparada entre citologia convencional, CML e o uso conjunto de CML e imunocitoquímica do emblocado celular. Como resultado, as células linfoides apresentaram-se preservadas, com melhor definição de cromatina e nucléolos, porém com tamanho reduzido e pior definição citoplasmática, na CML. O EC de Bouin revelou grupos densos e bem definidos, que permitiram a aplicação da imunocitoquímica. Por outro lado, os emblocados de agarose, apresentaram-se frouxos, com células marcadamente dispersas, revelando-se inadequados para preparados de células linfoides. O anticorpo anti-Pax-5 mostrou-se mais adequado do que o anti-CD79a para marcação de células B em emblocados, por produzir menos fundo e pela marcação nuclear ser mais distinguível do que a citoplasmática. A concordância interobservadores da CML foi moderada (k= 0,434), enquanto a da citologia convencional foi boa (k=0,762). Ambas as técnicas exibiram a mesma acurácia e, com aplicação da CML, houve redução do percentual de amostras insatisfatórias. A CML em conjunto com EC e imunocitoquímica apresentou maior sensibilidade (75%), especificidade (99%) e acurácia (89,47%). Como conclusão, a CML em conjunto com EC e imunocitoquímica pode ser aplicada para diagnóstico de linfoma canino, com maior sensibilidade, especificidade e acurácia
Título em inglês
Morphological and immunophenotipic characterization of canine lymphoma in liquid based cytology and cell block immunocytochemistry
Palavras-chave em inglês
Cell biology
Diagnosis
Dogs
Immunohistochemistry, Lymphoma
Neoplasms
Resumo em inglês
Canine lymphoma is one of the most commonly treated neoplasia in dogs, frequently diagnosed through cytological smears. Differentiating B lymphomas from T lymphomas is important for prognosis and treatment, however, immunophenotyping is rarely applied to cytological preparations. Liquid-based cytology (LBC) is an automated method for producing cytological smears, allowing preservation of the residual material for other analysis, as cell block (CB) immunocytochemistry. The aim of this study was to apply LBC and cell block immunocytochemistry in the diagnosis of lymphoid samples from dogs suspected of lymphoma. Besides, we intended to characterize the lymphoid cells regarding to its morphology, comparing to conventional cytology. To accomplish these goals, 54 dogs were selected, being 10 of them with canine leishmaniasis. LBC smears were compared to conventional smears, with production of two types of CB: bouin and formalin with agarose. Also, an immunocytochemistry panel with anti-CD3, anti-CD79a, anti-Pax-5 and anti-Ki-67 was applied, for immunophenotyping and cellular proliferation determination. As results, lymphoid cells were well preserved, with better nuclear definition, but smaller size and worst cytoplasmic definition, in LBC. Bouin CBs revealed cohesive groups, which allowed immunocytochemistry. In the other hand, agarose CBs were loose, with disperse cells, inadequate for lymphoid aspirates. Anti-Pax-5 antibody was more adequate than anti-CD79a, once it produced less background and the nuclear marking was more distinct than cytoplasmic. CML interrater agreement was moderate (k=0,434), while conventional cytology agreement was good (k=0,762). Both techniques exhibited the same accuracy, and, with CML, there was reduction of unsatisfactory results. LBC with cell block immunocytochemistry presented the higher sensitivity (75,00%), specificity (99,99%) and accuracy (89,47%). As conclusion, LBC with immunocytochemistry CB can be applied for canine lymphoma diagnosis, with higher sensitivity, specificity and accuracy
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-06-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.