• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2010.tde-04112010-150625
Documento
Autor
Nome completo
Reginaldo Cipullo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Stolf, Noedir Antonio Groppo (Presidente)
Branco, João Nelson Rodrigues
Pomerantzeff, Pablo Maria Alberto
Rivetti, Luis Antônio
Vicente, Walter Villela de Andrade
Título em português
Vasculites e lesões isquêmicas imunomediadas como fatores preditores de mau prognóstico no transplante cardíaco
Palavras-chave em português
Biopsia
Eosinófilos
Transplante de coração
Vasculite
Resumo em português
INTRODUÇÃO: O significado clínico das vasculites, lesões isquêmicas, efeito Quilty e da presença de eosinófilos em biópsias endomiocardicas de receptores de transplante cardíaco com rejeições leves não foi ainda estabelecido. OBJETIVOS: Verificar se estes achados histológicos encontrados nas biópsias endomiocardicas (eosinófilos, vasculites, efeito Quilty e lesões isquêmicas) são capazes de predizer rejeição aguda do enxerto acompanhada ou não de grave comprometimento hemodinâmico e morte por rejeição aguda. MÉTODOS: Foram reavaliadas 939 biópsias endomiocardicas consecutivas classificadas como OR ou 1R pela de 2005 da Nomenclatura da Sociedade Internacional de Transplante de Coração e Pulmão e dividimos estas em dois grupos (1) Biópsias preditoras: aquelas que precederam rejeição aguda, rejeição aguda associada à grave comprometimento hemodinâmico ou morte e (2) Biópsias não preditoras aquelas que não precederam eventos clínicos. Comparamos a ocorrência dos seguintes achados histológicos: vasculites, lesões isquêmicas, efeito Quilty e eosinófilos por análise uni e multivariada entre os grupos. RESULTADOS: Após análise estatística verificou-se que a presença de vasculite intensa e de eosinófilos como maiores preditores tanto para rejeição aguda futura, apresentando respectivamente as seguintes razões de chance: 10,60 (IC95%: 3,62 31,06. p<0,001) e 6,26 (IC95%:3,16 12,43. p< 0,001) , quanto para rejeição aguda associada á grave comprometimento hemodinâmico, que para este desfecho clínico apresentaram respectivamente as seguintes razões de chance 7,52 (IC95%: 1,45-38,93. p=0,016) e 6,61 (IC95%: 2,38 18,31. p< 0,001), e também para morte em decorrência a rejeição aguda com as respectivas razões de chance: 11,20 (IC95%: 3,53 36,17. p < 0, 001) e 14,50 (IC95%: 2,19 36,17. p = 0,006). CONCLUSÕES: Vasculites intensas e eosinófilos em biópsias do miocárdio são os principais fatores preditores de rejeição aguda, rejeição aguda associada à grave comprometimento hemodinâmico e morte pós - transplante cardíaco
Título em inglês
Imuno mediated vasculitis and ischemia as predictor factors of bad prognosis in cardiac transplantation
Palavras-chave em inglês
Biopsy
Eosinophils
Heart transplantation
Vasculitis
Resumo em inglês
INTRODUCTION: The clinical meaning of vasculitis, ischemic lesions, Quilty effect and the presence of eosinophils in endomyocardial biopsies of transplant recipients with mild rejections have not been established yet. OBJECTIVES: Verify if these histological findings (eosinophils, vasculitis, Quilty effect and ischemic lesions), whose clinical meaning remains unknown so far, are able to predict acute rejection of the transplanted organ, accompanied or not by severe hemodynamic compromise and death due to acute rejection. METHODS: We reevaluated 939 consecutive endomyocardial biopsies classified as 0R or 1R, according to the nomenclature that the International Society for Heart and Lung Transplantation established in 2005. We divided these biopsies in 2 groups, as they follow: (1) Predictor biopsies, which are preceded by acute rejection, acute rejection associated to severe hemodynamic compromise or death and (2) Non-predictor biopsies that did not precede any clinical events. We compared the occurrence of the histological findings studied (eosinophils, vasculitis, Quilty effect and ischemic lesions) through univariate and multivariate analysis among the groups. RESULTS: After an appropriate statistical analysis, the result obtained was the presence of intense vasculitis and eosinophils as the greatest predictors of future acute rejection, presenting the respective odds ratio: 10,60 (IC95%: 3,62 31,06. p<0,001) and 6,26 (IC95%:3,16 12,43. p< 0,001), as well as acute rejection associated to severe hemodynamic compromise, which presented the respective odds ratio for this clinical outcome: 7,52 (IC95%: 1,45-38,93. p=0,016) and 6,61 (IC95%: 2,38 18,31. p< 0,001) and death due to acute rejection, presenting the respective odds ratio: 11,20 (IC95%: 3,53 36,17. p < 0, 001) and 14,50 (IC95%: 2,19 36,17. p = 0,006). CONCLUSIONS: Intense vasculitis and eosinophils in myocardial biopsies post-cardiac transplantation are the chief factors that can predict acute rejection, acute rejection associated to severe hemodynamic compromise or death
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ReginaldoCipullo.pdf (1.06 Mbytes)
Data de Publicação
2010-11-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.