• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2010.tde-27092010-144236
Documento
Autor
Nome completo
Augusto Ishy
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Campos, José Ribas Milanez de (Presidente)
Kauffman, Paulo
Leão, Luis Eduardo Villaça
Rodrigues, Olavo Ribeiro
Said, Marcelo Manzano
Título em português
Tratamento da hiperidrose palmo-plantar pela simpatectomia videotoracoscópica: terceiro versus quarto gânglio torácico
Palavras-chave em português
Hiperidrose
Mensuração objetiva do suor
Simpatectomia
Resumo em português
Introdução: Atualmente, a simpatectomia torácica videoassistida tornou-se o tratamento de escolha para hiperidrose palmar. O principal efeito colateral após operação é a hiperidrose compensatória (HC), sendo considerada a maior causa de insatisfação pelos pacientes. Objetivo: Comparar os resultados obtidos com a simpatectomia torácica videotoracoscópica realizada em dois níveis ganglionares distintos (terceiro versus quarto gânglio torácico) no tratamento da hiperidrose palmo-plantar, por meio de um ensaio clínico randomizado e cego. Método: Foram selecionados 40 pacientes entre fevereiro de 2007 e maio de 2009. Os participantes foram aleatorizados em dois grupos de 20 pacientes (G3 e G4) e submetidos à operação com seguimento de 12 meses (1ª semana, 1° mês, 6° mês e 12° mês). Utilizamos um método objetivo para mensuração do suor, aferindo a TEWL (transepidermal water loss) pelo VapoMeter, além da avaliação da qualidade de vida antes e após a operação. Também foram estudados: resolução da hiperidrose palmar, incidência e intensidade da HC. Resultados: Todos os pacientes apresentaram resolução da hiperidrose palmar após a operação, com diferença estatística em relação ao fator tempo, quando comparados os valores da TEWL palmar no pré-operatório com os seus respectivos valores na 1ª semana, 1° mês, 6° mês e 12° mês. O principal efeito colateral observado foi a hiperidrose compensatória, incidindo com maior frequência no grupo G3 após 12 meses de seguimento; apesar disto, não houve diferença estatística em relação à intensidade (gravidade) da HC nos grupos estudados. Verificou-se melhora da qualidade de vida desde a primeira avaliação do pós-operatório, sem diferença entre os grupos, que assim se manteve até o fim do estudo. As regiões mais acometidas pela HC foram dorso, tórax, abdome e coxas; no entanto, não houve diferença estatística da TEWL mensurada nessas regiões após 12 meses de acompanhamento. Conclusão: Ambas as técnicas foram efetivas no tratamento da hiperidrose palmar, gerando redução objetiva da TEWL independente do gânglio operado. A simpatectomia no nível de G3 apresentou maior incidência de HC; apesar disso, a melhora da qualidade de vida foi similar em ambos os grupos, não existindo diferença significativa da TEWL quantificada no dorso, abdome, coxas e pés após 12 meses
Título em inglês
Treatment of palmoplantar hyperhidrosis by video-assisted thoracoscopic sympathectomy: third versus fourth thoracic ganglion
Palavras-chave em inglês
Hyperhidrosis
Objective measurement of sweat
Sympathectomy
Resumo em inglês
Introduction: Currently, video-assisted thoracic sympathectomy has become the preferred treatment for palmar hyperhidrosis. The main side effect after surgery remains compensatory hyperhidrosis (CH), considered the major cause of dissatisfaction for patients. Objective: To compare the results obtained of video-assisted sympathectomy performed on two distinct ganglion levels (third versus fourth thoracic ganglion) in the treatment of palmo-plantar hyperhidrosis, through a blind randomized clinical trial. Method: We selected 40 patients from February 2007 to May 2009. All participants were randomized into two groups of 20 patients (G3 and G4) and underwent the operation, being followed for 12 months (1 week, 1 month, 6 months and 12th month). We used an objective method for measuring sweat, checking the "TEWL (transepidermal water loss) measured by the"VapoMeter", and evaluated the quality of life before and after the operation. Also studied were: palmar hyperhidrosis, incidence and intensity of the CH. Results: All patients ceased suffering from palmar hyperhidrosis after surgery, with statistical difference regarding the time factor when we compared the values of "TEWL" palmar preoperatively with their respective values at 1 week, 1 month, 6 months and 12th month. The main side effect observed was compensatory sweating, most frequent in G3 after 12 months of follow-up; despite this, there was no statistical difference regarding the intensity (severity) of CH in both groups. There was an improvement in quality of life since the first evaluation of the postoperative period, with no difference between groups, and so it remained until the end of follow-up. The areas most affected by CH were back, chest, abdomen and thighs; however, there was no statistical difference in the "TEWL" measured in these areas after 12 months of follow-up. Conclusion: Both techniques were effective in the treatment of palmar hyperhidrosis, generating objective reduction of "TEWL" regardless of the ganglion operated. Sympathectomy G3 had a higher incidence of CH, yet the improvement in quality of life was similar in both groups without significant differences of "TEWL" quantified on the back, abdomen, thighs and legs after 12 months of follow up
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AugustoIshy.pdf (3.59 Mbytes)
Data de Publicação
2010-09-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.