• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Juliana Takitane
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Leyton, Vilma (Presidente)
Greve, Julia Maria D Andrea
Mansur, Antonio de Padua
Santos, Marcelo Filonzi dos
Título em português
Drogas de abuso em vítimas de mortes violentas no município de São Paulo
Palavras-chave em português
Causas externas
Drogas ilícitas
Sangue
Toxicologia forense
Resumo em português
Aproximadamente 5,6% da população mundial, entre 15 e 64 anos de idade, usaram algum tipo de droga pelo menos uma vez, no ano de 2016. Estimativas indicam que no ano de 2015 aproximadamente 450 mil pessoas morreram em todo o mundo por motivos diversos, porém todos relacionados de alguma forma às drogas. Além disso, o consumo de cannabis e cocaína estão entre os mais associados aos prejuízos advindos dos transtornos relacionados ao uso de drogas ilícitas na América Latina. Dessa forma, este trabalho teve como objetivos avaliar a prevalência do consumo de cannabis e cocaína por vítimas de causas externas (acidentes e violências), necropsiadas no Instituto Médico Legal de São Paulo (IML-SP). Além disso, foi proposto também o desenvolvimento e validação de um método em Cromatografia Líquida de Ultra Eficiência acoplada à Espectrometria de Massas sequencial (UHPLC-MS/MS) para quantificação de cocaína, benzoilecgonina, cocaetileno e anidroecgonina metil éster (AEME) em sangue, empregando-se a técnica de extração líquido-líquido com solventes não clorados, que permite a distinção das diferentes vias de administração da cocaína. Foi utilizado um método de amostragem probabilística para a coleta das amostras de sangue postmortem, entre os meses de junho de 2014 a dezembro de 2015. A etapa de triagem das análises toxicológicas foi feita por Ensaio de Imunoabsorção Enzimática e as amostras positivas foram confirmadas pelas técnicas de Cromatografia Líquida acoplada à Espectrometria de Massas sequencial e Cromatografia Gasosa acoplada à Espectrometria de Massas. Ao longo de 19 meses consecutivos, foram coletadas 365 amostras de sangue postmortem, as quais apresentaram positividade de quase um terço para cannabis e/ou cocaína. Indivíduos do sexo masculino, jovens (<= 30 anos de idade) e que apresentavam algum registro de antecedentes criminais foram os mais prováveis (P <= 0,05) de terem feito uso de alguma substância pesquisada. Entre as causas do óbito estudadas, o uso de cannabis foi mais prevalente entre as vítimas de acidentes de trânsito, enquanto o consumo de cocaína ou de pelo menos uma das drogas foi maior entre as vítimas de homicídio. Utilizou-se uma mistura de éter metil terc-butílico e 2-propanol como solventes orgânicos para a extração da cocaína e produtos de biotransformação e detecção por UHPLC-MS/MS, método que se mostrou preciso, exato, robusto e sensível para a determinação dos analitos de interesse. Acredita-se que o estudo dos resultados toxicológicos em ocorrências com desfechos fatais é de grande importância pois fornece informações que podem auxiliar políticas de prevenção e o combate ao uso de substâncias psicoativas
Título em inglês
Drugs of abuse in victims of violent deaths in the city of São Paulo
Palavras-chave em inglês
Blood
External causes
Forensic toxicology
Street drugs
Resumo em inglês
Approximately 5.6% of the world's population aged 15-64 years used some type of drug at least once in 2016. Estimates indicate that in 2015 approximately 450,000 people died worldwide for different reasons, but all of them related in some way to drugs. In addition, the consumption of cannabis and cocaine are among the most associated with the damages resulting from illicit drug use disorders in Latin America. The aim of this study was to evaluate the prevalence of consumption of cannabis and cocaine by victims of external causes (accidents and violence), necropsied at the Legal Medical Institute in the city of Sao Paulo (IML/SP). In addition, the aim of this study was to develop and validate an Ultra-High-Performance Liquid Chromatography-tandem Mass Spectrometry (UHPLC-MS/MS) for quantification of cocaine, benzoylecgonine, cocaethylene and anhydroecgonine methyl ester (AEME) in blood, using Liquid-Liquid Extraction with non-chlorinated solvents, which allows distinguishing among different routes of administration of cocaine. A probabilistic sampling method was used to collect postmortem blood samples from June 2014 to December 2015. The screening step of the toxicological analyzes was done by Enzyme-Linked Immunosorbent Assay and the positive samples were confirmed by Liquid Chromatography-tandem Mass Spectrometry and Gas Chromatography coupled to Mass Spectrometry. Over a period of 19 consecutive months, 365 postmortem blood samples were collected, which were positive for almost one third for cannabis and / or cocaine. Males, young (<= 30 years old) and those who had some criminal history record were the most likely (P <= 0.05) to have used any substance searched. Among the causes of death, the use of cannabis was more prevalent among victims of traffic accidents, while cocaine use or the consumption of at least one of the drugs was higher among homicide victims. A mixture of methyl tert-butyl ether and 2-propanol as organic solvents for the extraction of cocaine and metabolites and detection by UHPLC-MS/MS was used and the developed method was precise, accurate, robust and sensitive for the determination of analytes of interest. The study of toxicological results in occurrences with fatal outcomes is of great importance because it provides information that can aid in prevention policies and in the fight against the use of psychoactive substance
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-08-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.