• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2009.tde-22022010-160337
Documento
Autor
Nome completo
Lígia Emerita Guedes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Ferreira Junior, Mario (Presidente)
Chaves, Eliane Correa
Chiesa, Anna Maria
Título em português
Reflexões sobre relações disciplinares a partir do estudo de caso de um serviço universitário de promoção da saúde e prevenção de doenças na prática clínica
Palavras-chave em português
Interdisciplinaridade
Profissionais de saúde
Promoção da saúde
Resumo em português
Introdução. O trabalho em equipe interdisciplinar é considerado um importante pressuposto para reorganização do processo de trabalho nas práticas de promoção da saúde e prevenção de doenças, visando a uma abordagem mais integral e resolutiva. Objetivo. Discutir aspectos das relações disciplinares entre profissionais de saúde, incluindo barreiras e facilitadores à prática da interdisciplinaridade, tomando como referência o caso de um centro universitário voltado ao ensino e pesquisa em promoção da saúde e prevenção de doenças na prática clínica. Método. Pesquisa qualitativa, realizada no Centro de Promoção da Saúde do Serviço de Clínica Geral do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (CPS-HCFMUSP), com emprego de observação participante e entrevistas semiestruturadas com profissionais de saúde, iniciada após prévia aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa e consentimento esclarecido dos entrevistados. Os dados foram submetidos à análise qualitativa, através da análise de conteúdo, modalidade temática. Resultados. Encontram-se práticas realizadas por profissionais com mesmos objetivos, porém com pequena interação entre si, sem método e linguagem comuns, trabalhando sem integração, mas com conhecimento unificado e com diferentes níveis de hierarquia horizontal. No conjunto, esta situação pode representar um momento de transição da pluridisciplinaridade para a interdisciplinaridade. Conclusão. A interdisciplinaridade no caso avaliado não é uma realidade posta, mas um processo ainda em evolução. Fatores sócio-culturais, institucionais e subjetivos podem agir tanto como facilitadores quanto como obstáculos à interdisciplinaridade.
Título em inglês
Reflections about disciplinary relationships based upon the case study of a university service for education and research in health promotion and disease prevention in clinical practice
Palavras-chave em inglês
Health promotion
Interdisciplinarity
Interprofessional relationships
Resumo em inglês
Introduction. Interdisciplinary teams are considered an important premise for the rearrangement of the work process in practices of health promotion and disease prevention, aiming at an integral and resolutive approach. Objective. Discuss the disciplinary relationships among health professionals, including barriers and facilitators to the practice of interdisciplinarity, in the context of a university center for education and research in health promotion and disease prevention in clinical practice. Method. Qualitative research, conducted at the Centro de Promoção da Saúde do Serviço de Clínica Geral do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo -CPS-HCFMUSP, using participant observation and semi-structured interviews with health professionals, started up after approval by the HCFMUSP - Research Ethics Committee and the informed consent of interviewees. The data was subjected to qualitative content analysis, on the basis of thematic modality. Results. It was observed practices performed by professionals with little interaction, no common language and method and lack of integration, but with similar goals, unified knowledge and different levels of horizontal hierarchy. Overall, this may represent a moment of transition from multidisciplinary to interdisciplinary work. Conclusion. Interdisciplinarity is not a fact, but a process still in evolution. Socio-cultural, institutional and individual factors can act both as facilitators or as barriers to its implementation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MESTRADOGuedesLE.pdf (1.20 Mbytes)
Data de Publicação
2010-03-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.