• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Mémoire de Maîtrise
DOI
10.11606/D.5.2010.tde-07052010-145116
Document
Auteur
Nom complet
Sheilla de Medeiros Correia
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
São Paulo, 2010
Directeur
Jury
Mansur, Leticia Lessa (Président)
Bertolucci, Paulo Henrique Ferreira
Carnio, Maria Silvia
Titre en portugais
Avaliação fonoaudiológica da deglutição na doença de Alzheimer em fases avançadas
Mots-clés en portugais
Classificação Internacional de Funcionalidade Incapacidade e Saúde
Cognição
Cuidadores
Doença de Alzheimer
Estudos de avaliação
Fonoaudiologia
Idoso
Ingestão de alimentos
Transtornos de deglutição
Resumé en portugais
Introdução: A deglutição resulta de um complexo mecanismo sensoriomotor, regulado pelo sistema nervoso central. Dado seu componente voluntário, nas fases antecipatória e oral, pode sofrer influências funcionais e cognitivas associadas àquelas determinadas por doenças sistêmicas que limitam a auto-regulação, percepção e controle de fatores de risco, e o desenvolvimento de estratégias compensatórias. Na doença de Alzheimer (DA) com comprometimento dos aspectos cognitivos, das atividades de vida diária e do comportamento nas fases moderada e grave da doença ocorrem os problemas de alimentação e deglutição o que traz maiores dificuldades ao cuidador. Objetivos: Traduzir e adaptar as escalas Questionário de Habilidades de Alimentação e Deglutição (QHAD) e Questionário para Avaliação da Comunicação Funcional na Afasia (QACF-A). Verificar a correlação entre os aspectos cognitivos e funcionais da deglutição e alimentação. Verificar fatores preditivos da funcionalidade da deglutição em sujeitos com doença de Alzheimer moderada e grave. Método: Neste estudo transversal e randomizado foram incluídos 50 idosos portadores de DA de ambos os sexos, com escolaridade e idades variadas, em fases moderada e grave, e seus 50 cuidadores. Foi feita avaliação dos aspectos cognitivos em que foi aplicado com o paciente o Mini- Exame do Estado Mental (MEEM). Em avaliação funcional foi aplicado com o cuidador o Índice das Atividades de Vida Diária (AVD), o Questionário para Avaliação da Comunicação Funcional na Afasia (QACF-A). A funcionalidade da deglutição foi graduada pela Escala de gravidade da deglutição (EGD). A avaliação das dificuldades de alimentação e deglutição foi feita a partir do Questionário de Habilidades de Alimentação e Deglutição (QHAD). Resultados: A escala QHAD mostrou boa consistência enquanto o QACF-A apresentou ótima confiabilidade em todos os domínios (AC > 0,9). Foi encontrada correlação entre o domínio Situação de alimentação e habilidades (QHAD) com todos os domínios do QACF-A. A maioria dos domínios do QHAD e todos do QACF-A mostraram correlação com o MEEM, AVD e EGD. O domínio Situação de alimentação e habilidades no QHAD foi o de maior representatividade em regressão linear com o MEEM, AVD e EGD (r >0,6). Quanto o QACF-A, o domínio Realização de pedidos rotineiros foi o de maior representatividade com o MEEM e AVD (r > 0,8). Na fase moderada da DA, Estado mental e comportamento e Itens relativos à comida, bebida e deglutição (QHAD) foram os domínios que apresentaram correlação significativa com a EGD (r >0,5). Na fase grave, a Situação de alimentação e habilidades (QHAD) mostrou correlação com todos os domínios do QACF-A (r > 0,6) e também com o AVD (r=0,601) e EGD (r=0,592). Também na fase grave da DA, todos os domínios do QACF-A apresentaram correlação com o MEEM, AVD e EGD (r > 0,6). Os domínios de maior representatividade juntos aos aspectos cognitivos e funcionais foram Situação de alimentação e habilidades (QHAD) e Realização de pedidos rotineiros (QACF-A). Conclusão: Dada as alterações funcionais inexoráveis no curso da doença, é imprescindível a sua observação em pacientes com prejuízos na alimentação e nos mecanismos da deglutição. O presente estudo fornece instrumentos de avaliação para orientar cuidadores e profissionais quanto à alimentação e deglutição de pacientes com doença de DA em fases avançadas.
Titre en anglais
Phonoaudiological swallowing evaluation in advanced phases of Alzheimer disease
Mots-clés en anglais
Aged
Alzheimer disease
Caregivers
Cognition
Deglutition disorders
Eating
Evaluation studies
International Classification of Functioning Disability and Health
Speech language and hearing sciences
Resumé en anglais
Introduction: Swallowing results from a complex sensory-motor mechanism regulated by central nervous system. Given the voluntary component, in anticipatory and oral phases, it can suffer functional and cognitive influences associated to those determined by systemic diseases that limit self-regulation, perception and control of risk factors and development of compensating strategies. In moderate and severe phases of Alzheimer disease (AD), with cognitive, functional daily-living and behavioral aspects compromised feeding and swallowing problems create greater difficulties for the caregiver. Objectives: to translate and adapt the scales of Assessment of Feeding and Swallowing Difficulties in Dementia (AFSDD) e Functional Outcome Questionnaire for Aphasia (FOQ-A). To verify the correlation between cognitive and functional aspects of feeding and swallowing. To verify predictive factors of swallowing functionality in patients with moderate and severe AD. Method: In this randomised and transversal study 50 elderly diagnosed with moderate and severe AD, according to Clinical Dementia Rating (CDR), of both genders, varied ages and schooling and 50 caregivers were included. The Mini-Mental Estate Examination (MMSE) was applied to evaluate cognitive conditions of the patients. The Activities of Daily Living (ADL) Index and the Functional Outcome Questionnaire for Aphasia (FOQ-A), were applied to the caregiver for patient functional evaluation. Swallowing functionality was graded by the Swallowing Rating Scale American Speech-Language-Hearing Association ASHA. The evaluation of feeding and swallowing difficulties was done by the Assessment of feeding and swallowing difficulties in dementia (AFSDD). Results: Analysis of AFSDD verified good internal consistency in most of the domains, while the FOQ-A presented excellent internal consistency in all domains (AC>0.9). There was a correlation between most of AFSDD and FOQ-A with MMSE and ADL. The domain of Feeding situation and skills in AFSDD was the most representative in linear regression, considering the MMSE, ADL and ASHA (r>0.6). Considering the FOQ-A the domain of Making routine requests was the most representative with the MMSE and ADL (r>0.8). In moderate phase of AD, Mental estate and behavior and Issues related to food, drink, and swallowing (AFSDD) were the domains that had significant correlation with ASHA (r> 0,5). In severe phase, the Feeding situation and skills (AFSDD) showed correlation with all domains of FOQ-A (r>0,6), and with ADL (r=0,601) e ASHA (r=0,592). In severe phase was observed that all domains of FOQ-A had correlation with MMSE, ADL and ASHA (r>0,6). The domains with greater representation in the cognitive and functional aspects were Feeding situation and skills (AFSDD) and Making Routing Requests (FOQ-A). Conclusion: Given the inexorable functional alterations of the disease, observing the feeding and swallowing compromises of the patients is indispensable. This study discloses instruments to evaluate and orient caregivers and other professionals regarding feeding and swallowing in patients in advanced phases of AD.
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Date de Publication
2010-05-10
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
Centro de Informática de São Carlos
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2020. Tous droits réservés.