• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Mémoire de Maîtrise
DOI
10.11606/D.5.2008.tde-25082008-144426
Document
Auteur
Nom complet
Jordana Costa Soares
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
São Paulo, 2008
Directeur
Jury
Carvallo, Renata Mota Mamede de (Président)
Azevedo, Marisa Frasson de
Schochat, Eliane
Titre en portugais
Supressão das emissões otoacústicas evocadas por estímulo "tone burst" em neonatos com risco para perda auditiva
Mots-clés en portugais
Emissões otoacústicas espontâneas
Recém-nascido
Testes auditivos
Triagem neonatal
Vias auditivas
Resumé en portugais
INTRODUÇÃO: Uma possibilidade de pesquisa em audição é a supressão das emissões otoacústicas, que verifica a diminuição de sua magnitude a partir de estimulação acústica simultânea. Acredita-se que esta diminuição ocorra devido ao papel da via eferente auditiva. OBJETIVO: verificar a atividade do sistema auditivo eferente, por meio da supressão contralateral das emissões otoacústicas, em neonatos com e sem indicadores de risco para perda auditiva. MÉTODO: foram avaliados 21 neonatos com indicadores de risco para perda auditiva (grupo estudo) e 30 neonatos sem indicadores (grupo controle) por meio das emissões otoacústicas evocadas por estímulo de freqüência específica "tone burst" em 2000 e em 4000 hertz, na ausência e na presença de ruído branco contralateral. RESULTADOS: a orelha direita e o grupo controle apresentaram vantagem na amplitude das EOA TB. Os valores médios de "Response" para 2000 hertz foram 17,73 dB no grupo controle e 16,55 dB no grupo estudo, para o gênero feminino e 16,63 dB no grupo controle e 16,12 dB no grupo estudo, para o gênero masculino. Para 4000 hertz, os valores médios de "Response" foram 14,63 dB no grupo controle e 15,09 dB no grupo estudo, para o gênero feminino e 18,57 dB no grupo controle e 15,06 dB no grupo estudo, para o gênero masculino. Na supressão, houve vantagem da orelha direita, do grupo controle para o gênero feminino e do grupo estudo para o gênero masculino, embora sem plena significância estatística. Os valores médios de supressão para a variável "Response" em 2000 hertz foram 1,66 dB no grupo controle e 0,84 dB no grupo estudo, para o gênero feminino e 1,41 dB no grupo controle e 2,07 dB no grupo estudo, para o gênero masculino. Para 4000 hertz, os valores médios da supressão em "Response" foram 1,29 dB no grupo controle e 0,98 dB no grupo estudo, para o gênero feminino e 1,75 dB no grupo controle e 2,14 dB no grupo estudo, para o gênero masculino. CONCLUSÃO: A partir de estímulos de freqüência específica, em 2000 e em 4000 hertz, foi possível verificar o efeito inibitório da via eferente auditiva sobre a amplitude das EOA, em neonatos. A utilização de estímulos de freqüência específica pode contribuir para a avaliação da função auditiva periférica e central nesta população.
Titre en anglais
Otoacoustic emissions suppression with tone burst in neonates at risk for hearing loss
Mots-clés en anglais
Auditory pathways
Hearing tests
Neonatal screening
Neonate
Spontaneous otoacoustic emissions
Resumé en anglais
INTRODUCTION: A possible hearing research is the suppression of otoacoustic emissions which verifies a decrease of its magnitude from a simultaneous acoustic stimulation. It is assumed that this decrease occurs because of the role of the auditory efferent pathway. AIM: to verify the activity of the auditory efferent pathway by the contralateral suppression of OAE in neonates with and without risk factors for hearing loss. MEHOD: 21 neonates at risk for hearing loss (study group), and 30 neonates without risk factors for hearing loss (control group) were assessed through otoacoustic emissions evoked by a frequency specific stimulus, "tone burst", at 2000 and at 4000 hertz, with and without contralateral white noise. RESULTS: the right ear and the control group presented advantage in the amplitude of OAE TB. The mean values of "Response" at 2000 hertz were 17,73 dB in the control group and 16,55 dB in the study group, for female subjects, and 16,63 dB in the control group and 16,12 dB in the study group, for male subjects. At 4000 hertz, the mean values of "Response" were 14,63 dB in the control group and 15,09 dB in the study group, for female subjects and 18,57 dB in the control group and 15,06 dB in the study group, for male subjects. In the suppression, there was an advantage of the right ear, of the control group for female subjects, and of the study group for male subjects, although without statistical significance. The mean values of suppression for the variable "Response" at 2000 hertz were 1,66 dB in the control group and 0,84 dB in the study group, for female subjects, and 1,41 dB in the control group and 2,07 dB in the study group, for male subjects. At 4000 hertz, the mean values of suppression for "Response" were 1,29 dB in the control group and 0,98 dB in the study group, for female subjects, and 1,75 dB in the control group and 2,14 dB in the study group, for male subjects. CONCLUSION: From frequency-specific stimuli at 2000 and at 4000 hertz, it was possible to verify the inhibitory effect of the auditory efferent pathway upon the amplitude of otoacoustic emissions in neonates. The use of frequencyspecific stimuli may contribute for the assessment of the central auditory function in this population.
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
JordanaCostaSoares.pdf (729.75 Kbytes)
Date de Publication
2008-09-08
 
AVERTISSEMENT: Le matériau se réfère à des documents provenant de cette thèse ou mémoire. Le contenu de ces documents est la responsabilité de l'auteur de la thèse ou mémoire.
  • CARVALLO, R. M. M., e SOARES, Jordana. Efeito do estímulo facilitador no limiar do reflexo acústico. Revista Brasileira de Otorrinolaringologia, 2004, vol. 70, nº 2, p. 200-206.
  • DURANTE, Alessandra Spada, et al. A implementação de programa de triagem auditiva neonatal universaL em um hospital universitário brasileiro. Pediatria (USP) [online], 2004, vol. 26, nº (2), p. 78-84. Dispon?vel em: www.pediatriasaopaulo.usp.br.
  • DURANTE, Alessandra Spada, et al. Characteristics of transient evoked otoacoustic emissions in newborn hearing screening program. Pró-Fono, 2005, vol. 17, nº 2, p. 133-140.
  • DURANTE, Alessandra Spada, et al. Programa de Triagem Auditiva Neonatal - Modelo de Implementação. @rquivos da Fundação Otorrinolaringologia, 2004, vol. 8, nº 1, p. 56-62.
  • DURANTE, Alessandra Spada, et al. Triagem Auditiva Neonatal - Justificável, possível e necessária. Caderno de Debates da. Revista Brasileira de Otorrinolaringologia, 2003, vol. 69, nº 2, p. 11-18.
  • Soares, Jordana Costa, and Carvallo, Renata M. M. Redução do limiar de reflexo acústico em neonatos sem risco auditivo [doi:10.1590/S0034-72992006000100009]. Revista Brasileira de Otorrinolaringologia [online], 2006, vol. 72, nº 1, p. 49-54.
  • Soares, Jordana Costa, and Carvallo, Renata Mota Mamede. Tone burst evoked otoacoustic emissions in neonates [doi:10.1590/S1808-86942009000300021]. Brazilian Journal of Otorhinolaryngology [online], 2009, vol. 75, p. 441-448.
  • BEFI, D., et al. Caracterização do quadro audiológico de crianças com diastúrbio específico de linguagem. In 22º Encontro Internacional de Audiologia, Natal, 2007. Anais do 22º Encontro Internacional de Audiologia.São Paulo : Academia Brasileira de Audiologia, 2007. Resumo.
  • CARVALLO, R. M. M., et al. Emissões Otoacústicas em Lactentes com Risco para Perdas Auditivas Tardias e/ou Progressivas. In 18 Encontro Internacional de Audiologia, Curitiba, 2003. Anais do 18 Encontro Internacional de Audiologia., 2003. Resumo.
  • CARVALLO, R. M. M., et al. Resultados do Programa de Triagem Auditiva Neonatal em Hospital Universitário. In 18 Encontro Internacional de Audiologia, Curitiba, 2003. Anais do 18 Encontro Internacional de audiologia., 2003. Resumo.
  • CARVALLO, R. M. M., e SOARES, Jordana. Efeito do Estímulo Facilitador no Limiar do Reflexo Acústico em Neonatos sem Risco para alteração auditiva. In 18 Encontro Internacional de Audiologia, Curitiba, 2003. Anais do 18 Encontro Internacional de Audiologia., 2003. Resumo.
  • CARVALLO, R. M. M., e SOARES, Jordana. Timpanometria em 226, 678 e 1000 Hz em neonatos. In 19 Encontro Internacional de Audiologia, Bauru, 2004. Anais do 19 Encontro Internacional de Audiologia., 2004. Resumo.
  • DURANTE, Alessandra Spada, et al. Acompanhamento audiológico de lactentes nascidos prematuros com peso menor que 1500 gramas. In XX Encontro Internacional de Audiologia, São Paulo, 2005. Anais do XX Encontro Internacional de Audiologia., 2005. Resumo.
  • DURANTE, Alessandra Spada, et al. Resultados do Programa de Triagem auditiva neonatal no Hospital das Clínicas da FMUSP. In 19 Encontro Internacional de Audiologia, Bauru, 2004. Anais do 19 Encontro Internacional de Audiologia., 2004. Resumo.
  • DURANTE, Alessandra Spada, et al. Seguimento audiológico de recém nascidos prematuros com peso inferior que 1500 gramas. In 19 Encontro Internacional de Audiologia, Bauru, 2004. Anais do 19 Encontro Internacional de Audiologia., 2004. Resumo.
  • MARONE, Silvio, et al. Newborn hearimg screening program - a challenge for its implantation and maintenance. In The international conference on newborn hearing screening, diagnosis and intervention, Como - Italia, 2004. Annals of the 2004 International Conference on Newborn hearing screening.Como|, 2004. Abstract. Available from: www.polimi.com.it.
  • Melo D S, et al. Achados da triagem auditiva em recém-nascidos com indicadores de risco para a perda auditiva no Hospital Universitário da Universidade de São Paulo. In 24º Encontro Internacional de Audiologia, Bauru, 2009. Anais do 24º Encontro Internacional de Audiologia., 2009. Resumo. Dispon?vel em: http://www. audiologiabrasil.org.br.
  • Mendes, V R, CARVALLO, R. M. M., e SOARES, Jordana. Efeito inibitório da via eferente em crianças com histórico de hiperbilirrubinemia ao nascimento. In 22º Encontro Internacional de Audiologia, 2007. Anais do 22º Encontro Internacional de Audiologia.São Paulo : Academia Brasileira de Audiologia, 2007. Resumo.
  • PÁDUA, Francine G M, et al. Triagem Auditiva Neonatal: um desafio para sua implantação. In 4º Congresso da Fundação Otorrinolaringologia, Curitiba, 2005. Anais do 4º Congresso da Fundação Otorrinolaringologia., 2005. Resumo. Dispon?vel em: www.forl.org.br.
  • PIMPINATI, C. J., CARVALLO, R. M. M., e SOARES, Jordana. Supressão das emissões otoacústicas em neonatos: efeito do tempo de janela de análise na magnitude da resposta. In 23 Encontro Internacionl de Audiologia, Itajaí, 2008. Anais d23o Encontro Internacional de Audiologia., 2008. Resumo. Dispon?vel em: http://www.audiologiabrasil.org.br/eiaitajai2008/anais_select.php?eia=&pg=buscaresult&cid=1777.
  • SANCHES, Seisse Gabriela Gandolfi, et al. Formação do Supervisor Clínico na área de ensino na área de audiologia; Uma parceria com o Programa de Aprimoramento de Ensino. In 22º Encontro Internacional de Audiologia, Natal, 2007. Anais do 22º Encontro Internacional de Audiologia.São Paulo : Academia Brasileira de Audiologia, 2007. Resumo.
  • SANCHES, Seisse Gabriela Gandolfi, et al. Seminário como instrumento complementar de formação dos alunos de Graduação no Estágio Supervisionado em Audiologia Clínica. In 22º Encontro Internacional de Audiologia, Natal, 2007. Anais do 22º Encontro Internacional de Audiologia.São Paulo : Academia Brasileira de Audiologia, 2007. Resumo.
  • SOARES, Jordana, et al. Adesão das famílias ao programa de acompanhamento audiológico de lactentes. In 22º Encontro Internacional de Audiologia, Natal, 2007. Anais do 22º Encontro Internacional de Audiologia.São Paulo : Academia Brasileira de Audiologia, 2007. Resumo.
  • SOARES, Jordana, et al. Análise do perfil de risco auditivo de lactentes em acompanhamento audiológico. In 5º Congresso da Fundação Otorrinolaringologia, São Paulo SP. Anais 5º Congresso da Fundação Otorrinolaringologia., 2006. Resumo.
  • SOARES, Jordana, et al. Distribuição anual de ocorrências de risco auditivo em maternidade de Hospital Universitário. In 22 Encontro Internacional de Audiologia, 2007. Anais do 22º Encontro Internacional de Audiologia.São Paulo : Academia Brasileira de Audiologia, 2007. Resumo.
  • SOARES, Jordana, et al. Estudo de Caso: mudança do resultado da ABR em criança em acompanhamento audiológico. In 22º Encontro Internacional de Audiologia, Natal, 2007. Anais do 22º Encontro Internacional de Audiologia.São Paulo : Academia Brasileira de Audiologia, 2007. Resumo.
  • SOARES, Jordana, and CARVALLO, R. M. M. Otoacoustic emission suppression with tone burst in neonates at risk for hearing loss. In XXXth International Congress of Audiology, Sao Paulo, 2010. Programme and Abstracts Book., 2010. Abstract.
  • SOARES, Jordana, and CARVALLO, R. M. M. Tone burst evoked otoacoustic emission in neonates at risk for hearingo loss. In XXXth International Congress of Audiology, Sao Paulo, 2010. Programme and Abstracts Book., 2010. Abstract.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
Centro de Informática de São Carlos
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2021. Tous droits réservés.