• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2010.tde-10092010-183944
Documento
Autor
Nome completo
Murilo Chermont Azevedo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Llacer, Pedro Enrique Dorlhiac (Presidente)
Bydlowski, Sergio Paulo
Chamone, Dalton de Alencar Fischer
Chiattone, Carlos Sérgio
Martinez, Gracia Aparecida
Título em português
Avaliação retrospectiva dos pacientes portadores de leucemia mielóide aguda tratados no Serviço de Hematologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo entre 1978 e 2007
Palavras-chave em português
Análise citogenética
Análise de sobrevida
Citarabina/uso terapêutico
Leucemia mielóide aguda
Prognóstico
Resumo em português
A leucemia mielóide aguda ainda apresenta altos índices de mortalidade em adultos, exceção feita à leucemia promielocítica. A otimização dos protocolos de tratamento tem sido muito discutida há 3 décadas, com resultados ainda insatisfatórios. Fatores prognósticos como idade, cariótipo e tolerância à consolidação com altas doses de citarabina guardam relação com a melhor sobrevida. Com o objetivo de avaliar diferentes protocolos de tratamento e validar estes e outros fatores prognósticos, conduzimos um estudo retrospectivo no Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo, analisando prontuários médicos e os eventos relacionados à leucemia mielóide aguda, de 1978 a 2007. Analisamos 400 pacientes tratados curativamente e achamos que idade abaixo de 60 anos (27% vs 7%), cariótipo favorável (53% vs 28% vs 5%) e administração de doses totais de citarabina, principalmente se acima da mediana de 45,45 gramas (68% vs 44% vs 21%) tem impacto positivo na sobrevida global em 5 anos, sendo o uso de altas doses de citarabina um fator independente. A positividade para mieloproxidase, classificação FAB e protocolo de tratamento não mostraram associação estatisticamente significante para melhores índices de sobrevida. Pudemos concluir que, se os protocolos de indução não apresentam diferenças estatísticas, a consolidação intensiva com altas doses de citarabina em pacientes abaixo de 60 anos tem impacto independente na sobrevida global, com resultados ainda melhores quando a dose total é maior ou igual a 45,45 gramas. O cariótipo também foi validado em nossa população
Título em inglês
Retrospetive evaluation of acute myeloid leukemia patients treated in University of Sao Paulo General Hospital between 1978 and 2007
Palavras-chave em inglês
Acute myeloid leukemia
Cytarabine/therapeutic use
Cytogenetic analysis
Prognosis
Survivor analysis
Resumo em inglês
Acute myeloid leukemia in adults is still a highly fatal disease, except for acute promyelocitic leukemia. The optimization of treatment protocols has been debated for three decades, without satisfactory results. Prognostic factors like age, kariotype and consolidation with cytarabine in high dosis seem to correlact with a better overall survival. We conducted a retrospective study in the General Hospital of University of Sao Paulo analyzing medical records and acute myeloid leukemia outcomes to compare different treatment protocols used through 1978 to 2007. We also intended to validate international prognostic factors as the ones cited in our population. We analyzed 400 patients treated with curative intention and found better overall survival in 5 years regarding age less than 60 years (27% vs 7%), favorable karyotipe (53% vs 28% vs 5%) and high dosis cytarabine in consolidation, meanly if total dose was at least the median of 45,45 g (68% vs 44% vs 21%). Consolidation with high dosis cytarabine was an independent predictor of better overall survival. No estatistical differences were seen regarding myeloperoxidase positivity, induction protocol and FAB classification. We concluded that, if the induction protocols seem to be no different in results, consolidation with high dosis cytarabine for patients under 60 years has impact in overall survival, being even better when the total dosis is at least 45,45 g. Karyotipe has also been validated in our study population
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-09-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.