• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Mémoire de Maîtrise
DOI
10.11606/D.5.2013.tde-15102013-162424
Document
Auteur
Nom complet
Pedro Capuani Rocha
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
São Paulo, 2013
Directeur
Jury
Almeida Neto, César de (Président)
Langhi Junior, Dante Mário
Sabino, Ester Cerdeira
Titre en portugais
Doadores de granulócitos, plaquetas e sangue total. O real perfil altruístico e seu capital social
Mots-clés en portugais
Ciências sociais
Comportamento social
Doadores de sangue
Estudos de casos
Granulócitos/transplante
Motivação/ética
Relações interpessoais
Sociologia médica/ética
Transfusão de plaquetas
Resumé en portugais
O concentrado de granulócitos é um importante componente para o tratamento de pacientes oncológicos. A doação deste componente é mais complexa do que outras doações de sangue ou hemocomponentes, porque necessita de maiores esforços e assumção de riscos por parte do doador e, também, o uso de equipamento automatizado de aférese. O presente estudo tem o objetivo de aumentar o conhecimento sobre a população de doadores de granulócitos e avaliar a diferença entre suas motivações para realizarem as doações e seu capital social geral comparando com doadores de plaquetas e doadores altruistas de sangue total. Com esses resultados os hemocentros que realizam a coleta de granulócitos não só poderão ter informações mais objetivas que tornem mais eficaz o recrutamento deste tipo de doador e, consequentemente, aumentar a disponibilidade deste componente como também, identificando um perfil semelhante dos doadores de granulócitos na população geral de doadores o banco de sangue poderá fidelizar estes indivíduos e promover doações de sangue mais seguras. O perfil dos doadores de granulócitos foi avaliado a partir de um estudo caso-controle, sendo o grupo casos formado por estes doadores (n=64) e, os controles por doadores de plaquetas (n-64) e de sangue total (n=68), na razão de um caso para dois controles. Doadores de granulócitos são principalmente do sexo masculino e com idade mais avançada do que os controles. Com referência às motivações para doarem, doadores de granulócitos não se diferem substancialmente dos doadores de plaquetas, mas em relação aos doadores de primeira vez de sangue total há diferenças consideráveis principalmente no que diz respeito ao interesse nos resultados dos testes sorológicos. Doadores de sangue total são quase duas vezes mais motivados a doarem pelo recebimento dos resultados comparados aos doadores de granulócitos, bem como também se motivam mais a doarem para tirar o dia de folga do trabalho o que indica um gesto de menor altruísmo destes daodores. O perfil sócio determinante entre os grupos de doadores também se difere, doadores de granulócitos são pessoas efetivamente mais engajadas socialmente comparados aos controles e têm de uma rede comunitária mais coesa e confiável, concordando cerca de duas vezes mais do que doadores de plaquetas que têm vizinhos conhecidos que os ajudaria financeiramente (OR=2,49) ou concordando quatro vezes mais que doadores de sangue total que têm vizinhos conhecidos que estariam sempre prontos a ajudar outros vizinhos (OR=4,02). Concluimos que os resultados indicam que há a necessidade dos bancos de sangue utilizarem novas estratégias de recrutamento para aumentar a conversão de doadores, passando a utilizar, além do recrutamento interno, comunicações mais efetivas que, consigam atingir a população foco com maior eficiência, em locais onde a probabilidade de encontrar doadores mais engajados socialmente é aumentada, como clubes, centros comunitários ou associações
Titre en anglais
Granulocyte donors, platelets and whole blood donors: the real altruistic profile and their social capital
Mots-clés en anglais
Blood donors
Case studies
Granulocytes/transplantation
Interpessoal relations
Motivation/ethics
Platelet transfusion
Social behavior
Social sciences
Sociology medical
Resumé en anglais
The concentrate of granulocytes is an important component for oncologic patient's treatment. Donation of this component is more complex than other blood components donations, because it claims more efforts and risks assumptions by the donor, and also the use of automated apheresis equipment. The present study is aimed to increase knowledge about the granulocyte donors´ population and evaluate differences among their motivations to accomplish donations and their general social capital, comparing with platelets apheresis donors and altruistic whole blood donors. These results may help blood centers, which carry granulocyte collection, not just to achieve much more objective information about these donors, but also to identify similar granulocyte donors´ profile within the general population. Blood banks may be able to achieve fidelity among these individuals and to promote safer blood donations. Granulocyte donors´ profile was evaluated in a case-control study. Cases were formed by granulocytes donors (n=64) and controls by platelet apheresis donors (n-64) and first time whole blood donors (n=68), in a ratio of one case per two controls. Granulocyte donors are mainly male and older than controls. Regarding the motivation to donate, granulocyte donors are not essentially different from platelets donors, but regarding first time whole blood donors, there are considerable differences, especially in respect to test seeking. Moreover, whole blood donors are almost twice more motivated to donate to take a day off at work, which shows a minor altruistic gesture. The determinant social profile among donors´ groups is also different. Granulocyte donors are effectively more social engaged people when compared to controls, and have a much more coherent and trustful community net, assenting about twice more than platelets donors, which have acquainted neighbors that would be ever ready to help other neighbors (OR=4.02). In conclusion, these findings indicate that is necessary to blood centers to use new recruitment strategies to increase donor´s retention. More effective communications procedures, besides internal recruitment, that achieves the target with more efficiency in locals where the probability to find donors more social engaged is increased, as clubs, community centers or associations must be warranted
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Date de Publication
2013-10-15
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
Centro de Informática de São Carlos
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2020. Tous droits réservés.