• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2014.tde-24032014-111125
Documento
Autor
Nome completo
Aline Maria Monteiro Mazzariol
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Llacer, Pedro Enrique Dorlhiac (Presidente)
Chamone, Dalton de Alencar Fischer
Bydlowski, Sergio Paulo
Giglio, Auro Del
Sallum, Maria Anice Mureb
Título em português
Validação da triagem clínica para malária em candidatos à doação de sangue (região não endêmica)
Palavras-chave em português
Doadores de sangue
Estudos de validação
Malária
Questionário
Reação em cadeia de polimerase em tempo real
Resumo em português
A triagem clínica para malária em candidatos à doação de sangue em uma região não endêmica é um recurso empregado na seleção do doador que visa minimizar o risco transfusional uma vez que não há triagem laboratorial para Plasmodium spp. Este trabalho analisou questionário empregado na triagem clínica para malária em um hemocentro público no período de 2008 até 2010. Além dos critérios preconizados pela legislação nacional, os candidatos eram submetidos a perguntas específicas sobre residência e/ou visitação de região de Mata Atlântica preservada com transmissão de malária ou ainda se participaram de algum estudo de malária. A resposta afirmativa a uma destas questões selecionou um grupo com 500 candidatos (risco para malária), possíveis portadores de malária subclínica e a resposta negativa a todas estas perguntas, outro grupo com 606 doadores, denominado grupo controle. Verificou-se que a correlação é significativa entre essas respostas e os resultados laboratoriais obtidos na pesquisa do DNA do Plasmodium falciparum (Pf), do Plasmodium malariae (Pm) e o do Plasmodium vivax (Pv). O DNA foi detectado por reação de cadeia de polimerase (PCR) em tempo real, conforme protocolo de Gama et al. No grupo de risco para malária com n=500, observou-se uma taxa de positividade de 61 (12,2%) no PCR para Plasmodium ssp e de 23 (3,79 %) no grupo controle com n=606. Dos 61 PCR positivos do grupo de risco, 53 (86,9%) foram identificados como P. falciparum, 7(11,5%) P. vivax, 1 (1,6%) misto para P. falciparum e P. vivax e 0 (0%) P. malariae. No grupo controle com n=606 e taxa positiva de PCR de 23 (3,79%), foi isolado P. vivax em 18 (78,3%) dos casos, P. falciparum em 4 (17,4%), infecção mista pelo P. vivax e P. falciparum em 1 (4,3%) e em nenhum caso o P. malariae. Verificou-se que o emprego deste questionário foi capaz de selecionar um número maior de candidatos infectados por Plasmodium spp (p < 0,001)
Título em inglês
Validation of clinical malaria in screening candidates for blood donation (non-endemic region)
Palavras-chave em inglês
Blood donors
Malaria
Questionnary
Real-time polymerase chain reaction
Validation studies
Resumo em inglês
Clinical screening for malaria on blood donation candidates of a non-endemic region is a resource used in donors selection, which aims to minimize transfusion risks, since there is no laboratory screening for Plasmodium spp. The project analyzed a questionnaire used in the clinical screening for malaria for the selection of blood donation candidates at a public blood center in São Paulo, 2008 to 2010. In addition to the criteria recommended by national legislation, candidates were subjected to specific questions about where they reside and / or visitation of non-endemic regions with malaria transmission, or whether they were aware of any study of malaria there. A positive answer to at least one of those questions selected a group of 500 candidates who could be carriers of malaria, and negative answers defined a control group of 606 donors without risk of malaria. It was found that there is a significant correlation between these responses and the results obtained in laboratory in DNA research to the P falciparum, P malariae and P. vivax. DNA was detected by polymerase chain reaction (PCR) in real time according to the protocol of Gamma et al. In the risk group for malaria (500) was we observed a positive rate of 61 (12.2%) polymerase chain reaction for Plasmodium spp and a rate of 23 (3.79%) in the control group. Of the 61 (12.2%) found positive in the risk group, 53 (86.9%) were identified as P falciparum, 7(11,5%) P vivax, 1(1.6%) mixed for both P falciparum and P vivax and 0 (0%) P malariae. In the control group (606) with positive PCR rate of 23 (3.79%), the P vivax was isolated in 18 (78.3%), P falciparum in 4 (17.4%), mixed infection 1 (4.3%) for P vivax and P falciparum and none P malariae. It was found that the use of this questionnaire in screening for blood donors was able to select more candidates infected by Plasmodium spp, (p < 0.001).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AlineMariaMonteiro.pdf (963.52 Kbytes)
Data de Publicação
2014-03-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.