• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.5.2017.tde-19062017-124945
Documento
Autor
Nombre completo
Daniela Mitiyo Odagiri Utiyama
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2017
Director
Tribunal
Nakagawa, Naomi Kondo (Presidente)
Carvalho, Heraclito Barbosa de
Umeda, Iracema Ioco Kikuchi
Título en portugués
Efeitos do tabagismo e da cessação do tabagismo nos mecanismos de defesa de via aérea, propriedades do muco e inflamação nasal
Palabras clave en portugués
Depuração mucociliar
Hábito de fumar
Inflamação nasal
Lavado nasal
Muco nasal
Parar hábito de fumar
Resumen en portugués
O tabagismo é um problema mundial de saúde pública e é considerado a principal causa de morte evitável no mundo associado com câncer de pulmão, doença pulmonar obstrutiva crônica e infarto agudo do miocárdio. O tabagismo induz alterações morfológicas e funcionais no sistema respiratório. O transporte mucociliar (TMC) é um dos principais mecanismos de defesa do sistema respiratório que pode ser alterado com a fumaça e outros produtos do cigarro. O objetivo desse estudo foi avaliar os efeitos do tabagismo e da cessação do tabagismo no TMC nasal, nas propriedades do muco e sobre marcadores inflamatórios. Trinta e três indivíduos tabagistas foram incluídos no estudo após concordância com o termo de consentimento livre e esclarecido. O recrutamento de voluntários foi realizado na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e no Ambulatório de Cessação do Tabagismo da Disciplina de Pneumologia do Hospital das Clínicas da FMUSP. As variáveis desfecho foram o TMC nasal analisado por meio do teste de trânsito da sacarina, as propriedades do muco por meio do ângulo de contato e da transportabilidade da tosse por alto fluxo e a quantificação de células inflamatórias e concentração de interleucinas (IL)-6 e IL-8 em lavado nasal. Vinte cessadores (idade média: 51 anos, 9 do sexo masculino) foram avaliados no tempo basal do estudo, 1o mês, 3o mês e 12o mês de cessação do tabagismo e 13 tabagistas (média de idade: 52 anos, 6 do sexo masculino) foram avaliados no tempo basal e 12 meses após o basal. As características demográficas, hábito tabágico inicial e morbidades de tabagistas e de cessadores foram similares. No tempo basal do estudo, os tabagistas e cessadores apresentaram disfunção do TMC nasal (17,9 ± 10,1 min e 17,4 ± 7,7 min, respectivamente, p=0,880). A cessação do tabagismo induziu melhora significativa do TMC nasal no 1o mês, 3º mês e 12o mês em 63%, 76% e 85% dos indivíduos, respectivamente. Somente aos 12 meses, foi possível observar melhora na transportabilidade do muco por alto fluxo (~ 23%), porém com aumento do número de macrófagos (2x) em lavado nasal. Não observamos alterações no ângulo de contato do muco e nas concentrações de citocinas em lavado nasal. Concluímos que a cessação do tabagismo induz melhora rápida no TMC nasal, porém melhora nas propriedades do muco foi observada somente após 12 meses de cessação do tabagismo
Título en inglés
The effects of smoking and smoking cessation on nasal mucociliary clearance, mucus properties and nasal inflammation
Palabras clave en inglés
Mucociliar clearance
Nasal inflammation
Nasal lavage fluid
Nasal mucus
Smoke
Smoke cessation
Resumen en inglés
Smoking is a health problem in the world. It is considered a main cause of preventable death and is associated with lung cancer, chronic obstructive pulmonary disease and myocardium infarction. Smoking induces morphological and functional changes in the respiratory system. Mucociliary clearance (MCC) is one of the main defense mechanisms of the respiratory system that can be affected by smoke and other cigarette products. The aim of this study was to assess the effects of smoking and smoking cessation on nasal MCC, mucus properties and inflammatory biomarkers. Thirty three smokers were included in this study after agreement with the written informed consent. Subject´s recruitment was performed at Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) and Ambulatório de Cessação do Tabagismo da Disciplina de Pneumologia do Hospital das Clínicas da FMUSP. The outcome variables were nasal MCC evaluated by saccharin transit test, mucus properties using contact angle and mucus transportability by high airflow and quantification of inflammatory cells number and interleukin (IL)-6 and IL-8 in the nasal lavage fluid. Twenty volunteers in the smoking cessation program (mean age: 51 years, 9 male) were assessed at baseline, month 1, month 3 and month 12 after of the smoking cessation and 13 smokers (mean age: 52 years, 6 male) were assessed at baseline and 12 months after baseline. Demographic characteristics, smoking history and morbidities were similar between the two groups. At baseline, smokers showed impaired nasal MCC (17.9 ± 10.1 min and 17.4 ± 7.7 min, respectively, p=0.880). Smoking cessation significantly improved nasal MCC at 1 month, 3 months and 12 months in 63%, 76% and 85% of the subjects, respectively. Only after 12 months of smoking cessation, improvement in mucus transportability by high airflow (~ 23%) was observed, however, with increased number of macrophages (2-fold) in nasal lavage fluid. No changes were observed in mucus contact angle and cytokines concentrations in nasal lavage fluid. We concluded that smoking cessation induces rapid improvement in nasal MCC, however, improvement in mucus properties were observed only after 12 months of smoking cessation
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2017-06-20
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.