• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.55.2016.tde-05102016-155830
Documento
Autor
Nombre completo
Humberto Lidio Antonelli
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Carlos, 2015
Director
Tribunal
Fortes, Renata Pontin de Mattos (Presidente)
Barbosa, Ellen Francine
Ferreira, Simone Bacellar Leal
Zaina, Luciana Aparecida Martinez
Título en portugués
Menus de navegação em aplicações Web para dispositivos móveis: questões de acesso e usabilidade
Palabras clave en portugués
Acessibilidade
Dispositivos móveis
Elementos de interação
Menu
Usabilidade
Resumen en portugués
A diversificação nas formas de acesso à Web, alavancada pelo crescente uso de dispositivos ubíquos, principalmente smartphones e tablets, tem motivado o desenvolvimento de métodos para adaptação do conteúdo disponível na Web, dado que grande parte do conteúdo não foi projetado para ser acessado nesse novo contexto. O conteúdo Web é composto por diversos elementos que, em geral, fornecem interatividade aos usuários. Alguns destes elementos, tais como menus, são responsáveis por auxiliar a navegação no site, ajudando na localização e acesso das informações que por ventura o usuário esteja procurando. No entanto, muitos dos menus disponíveis na Web não foram desenvolvidos de uma forma acessível e nem suportam a interação em dispositivos, criando dificuldades que impedem os usuários interagirem satisfatoriamente com esses elementos. Além da diversificação de modos de acesso, existe também a diversificação do perfil de usuários que fazem uso dos recursos da Web. Alguns desses usuários encontram barreiras que tendem a dificultar ou limitar seu acesso às aplicações e conteúdos Web em geral. Nesse sentindo, este trabalho teve como objetivo principal abordar o problema de adaptação de conteúdo Web para dispositivos móveis, com foco nos menus, fornecendo uma solução personalizada de acordo com as preferências do usuário, a fim de que as barreiras de interação fossem reduzidas ou eliminadas. Inicialmente estudou-se os diferentes padrões de menus, bem como as diretrizes de acessibilidade e usabilidade para criação de menus acessíveis. A partir desses estudos, foi desenvolvido uma metamodelo que deu origem a linguagem AMenu, contendo todos os detalhes técnicos sobre a acessibilidade e usabilidade. Em seguida, foi desenvolvida a ferramenta AMeG, para validar a linguagem AMenu. Com base na avaliação da linguagem, foi desenvolvido o mecanismo de adaptação, que faz uso da linguagem AMenu para geração dos menus acessíveis e adaptados para dispositivos móveis. Finalmente, um estudo de caso com usuários idosos foi conduzido, a fim de comparar os menus gerados pelo mecanismo em relação aos menus originais. Os resultados obtidos apontam um melhor desempenho na interação com os menus gerados pelo mecanismo, uma vez que os participantes obtiveram uma redução de 54% no tempo de realização das tarefas e cometeram 82% menos erros. Por outro lado, os resultados apontam que todos os participantes responderam melhor à abordagem de adaptação desenvolvida neste estudo, uma vez que eles conseguiram concluir com sucesso todas as tarefas definidas para o estudo.
Título en inglés
Navigation menus in Web applications for mobile devices: issues of access and usability
Palabras clave en inglés
Interaction elements
Menu
Mobile devices
Usability
Web accessibility
Resumen en inglés
The diversity of means to use the Internet, ensured by the growing upcoming of ubiquitous devices such as tablets and smartphones, has promoted research on adaptation of the content that used to be mostly targeted only to desktop platform into this new context now known as the mobile devices. Some of the elements such as the menus are designed to facilitate the usage of the website once they help at finding and using the information that the user looks for. However, most of the menus available on websites do not apply the mobile devices, nor provide users with interaction, which nearly disables the interaction with the mentioned devices. There yet must be added the profile diversity of the web content users. Some of these users, such as elderly people, find limitations that tend to hamper their access to web content on the mobile devices, once aging commonly represents both physical (visual, hearing and motor abilities) and cognitive (attention, memory and reasoning issues) impairment that directly interferes on the usage of the computing devices that do not portray adjustments to such audience profile. This paper aims at investigating the issues related to the adaptation of web contents into the mobile devices. We focused on the menus in order to reduce or eliminate the limitations elderly people could find while using the mobile devices. We initially analyzed different patterns and structure of menus, as well as the guidelines upon accessibility and usability involved in the menus designing process. Based on this analysis, we developed a metamodel that originated the AMenu language, in which all technical data upon accessibility and usability involved in the menus designing process was included. Then, we developed the AMeG tool in order to assess the language created under the development perspective. Based on this assessment, we developed of an adaption mechanism that uses the AMenu language to generate menus adapted to the mobile devices. We then run a study case with elderly people in order to assess the menus generated by the mechanism, based on the comparison with the original ones. The results demonstrated that the participants had a better performance in the interaction while using the menus generated by the mechanism rather than the original ones, since they spent 54% less time performing tasks and made 82% less mistakes compared to the original menus. We also verified a quitting average of 33% among the participants while performing the assigned tasks using the original menus. On the other hand, the results point out that all participants responded better to the approach developed in this study as they all managed to successfully finish all the assigned tasks.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2016-10-05
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.