• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.55.2016.tde-27092016-143947
Documento
Autor
Nome completo
Nadia Felix Felipe da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2016
Orientador
Banca examinadora
Hruschka, Eduardo Raul (Presidente)
Attux, Romis Ribeiro de Faissol
Faceli, Katti
Pardo, Thiago Alexandre Salgueiro
Ricarte, Ivan Luiz Marques
Título em português
Análise de sentimentos em textos curtos provenientes de redes sociais
Palavras-chave em português
Análise de sentimentos em textos curtos
Análise de sentimentos em tweets
Classificação de sentimentos
Classificação semissupervisionada de sentimentos
Resumo em português
A análise de sentimentos é um campo de estudo com recente popularização devido ao crescimento da Internet e do conteúdo que é gerado por seus usuários, principalmente nas redes sociais, nas quais as pessoas publicam suas opiniões em uma linguagem coloquial e em muitos casos utilizando de artifícios gráficos para tornar ainda mais sucintos seus diálogos. Esse cenário é observado no Twitter, uma ferramenta de comunicação que pode facilmente ser usada como fonte de informação para várias ferramentas automáticas de inferência de sentimentos. Esforços de pesquisas têm sido direcionados para tratar o problema de análise de sentimentos em redes sociais sob o ponto de vista de um problema de classificação, com pouco consenso sobre qual é o classificador com melhor poder preditivo, bem como qual é a configuração fornecida pela engenharia de atributos que melhor representa os textos. Outro problema é que em um cenário supervisionado, para a etapa de treinamento do modelo de classificação, é imprescindível se dispor de exemplos rotulados, uma tarefa árdua e que demanda esforço humano em grande parte das aplicações. Esta tese tem por objetivo investigar o uso de agregadores de classificadores (classifier ensembles), explorando a diversidade e a potencialidade de várias abordagens supervisionadas quando estas atuam em conjunto, além de um estudo detalhado da fase que antecede a escolha do classificador, a qual é conhecida como engenharia de atributos. Além destes aspectos, um estudo mostrando que o aprendizado não supervisionado pode fornecer restrições complementares úteis para melhorar a capacidade de generalização de classificadores de sentimento é realizado, fornecendo evidências de que ganhos já observados em outras áreas do conhecimento também podem ser obtidos no domínio em questão. A partir dos promissores resultados experimentais obtidos no cenário de aprendizado supervisionado, alavancados pelo uso de técnicas não supervisionadas, um algoritmo existente, denominado de C3E (Consensus between Classification and Clustering Ensembles) foi adaptado e estendido para o cenário semissupervisionado. Este algoritmo refina a classificação de sentimentos a partir de informações adicionais providas pelo agrupamento em um procedimento de autotreinamento (self-training). Tal abordagem apresenta resultados promissores e competitivos com abordagens que representam o estado da arte em outros domínios.
Título em inglês
Sentiment analysis in short texts from social networks
Palavras-chave em inglês
Semi-supervised sentiment analysis
Sentiment analysis of short informal texts
Sentiment classification
Tweet sentiment analysis
Resumo em inglês
Sentiment analysis is a field of study that shows recent popularization due to the growth of Internet and the content that is generated by its users. More recently, social networks have emerged, where people post their opinions in colloquial and compact language. This is what happens in Twitter, a communication tool that can easily be used as a source of information for various automatic tools of sentiment inference. Research efforts have been directed to deal with the problem of sentiment analysis in social networks from the point of view of a classification problem, where there is no consensus about what is the best classifier, and what is the best configuration provided by the feature engineering process. Another problem is that in a supervised setting, for the training stage of the classification model, we need labeled examples, which are hard to get in the most of applications. The objective of this thesis is to investigate the use of classifier ensembles, exploring the diversity and the potential of various supervised approaches when these work together, as well as to provide a study about the phase that precedes the choice of the classifier, which is known as feature engineering. In addition to these aspects, a study showing that unsupervised learning techniques can provide useful and additional constraints to improve the ability of generalization of the classifiers is also carried out. Based on the promising results got in supervised learning settings, an existing algorithm called C3E (Consensus between Classification and Clustering Ensembles) was adapted and extended for the semi-supervised setting. This algorithm refines the sentiment classification from additional information provided by clusters of data, in a self-training procedure. This approach shows promising results when compared with state of the art algorithms.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-09-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.