• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.55.2011.tde-28072011-160306
Documento
Autor
Nome completo
Eduardo Alves Ferreira
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2011
Orientador
Banca examinadora
Mello, Rodrigo Fernandes de (Presidente)
Figueiredo, Mauricio Fernandes
Lopes, Alneu de Andrade
Título em português
Detecção autônoma de intrusões utilizando aprendizado de máquina
Palavras-chave em português
Detecção de intrusão
Resumo em português
A evolução da tecnologia da informação popularizou o uso de sistemas computacionais para a automação de tarefas operacionais. As tarefas de implantação e manutenção desses sistemas computacionais, por outro lado, não acompanharam essa tendência de forma ágil, tendo sido, por anos, efetuadas de forma manual, implicando alto custo, baixa produtividade e pouca qualidade de serviço. A fim de preencher essa lacuna foi proposta uma iniciativa denominada Computação Autônoma, a qual visa prover capacidade de autogerenciamento a sistemas computacionais. Dentre os aspectos necessários para a construção de um sistema autônomo está a detecção de intrusão, responsável por monitorar o funcionamento e fluxos de dados de sistemas em busca de indícios de operações maliciosas. Dado esse contexto, este trabalho apresenta um sistema autônomo de detecção de intrusões em aplicações Web, baseado em técnicas de aprendizado de máquina com complexidade computacional próxima de linear. Esse sistema utiliza técnicas de agrupamento de dados e de detecção de novidades para caracterizar o comportamento normal de uma aplicação, buscando posteriormente por anomalias no funcionamento das aplicações. Observou-se que a técnica é capaz de detectar ataques com maior autonomia e menor dependência sobre contextos específicos em relação a trabalhos anteriores
Título em inglês
Autonomous intrusion detection via machine learning
Palavras-chave em inglês
Intrusion detection
Resumo em inglês
The use of computers to automatically perform operational tasks is commonplace, thanks to the information technology evolution. The maintenance of computer systems, on the other hand, is commonly performed manually, resulting in high costs, low productivity and low quality of service. The Autonomous Computing initiative aims to approach this limitation, through selfmanagement of computer systems. In order to assemble a fully autonomous system, an intrusion detection application is needed to monitor the behavior and data flows on applications. Considering this context, an autonomous Web intrusion detection system is proposed, based on machine-learning techniques with near-linear computational complexity. This system is based on clustering and novelty detection techniques, characterizing an application behavior, to later pinpoint anomalies in live applications. By conducting experiments, we observed that this new approach is capable of detecting anomalies with less dependency on specific contexts than previous solutions
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
dissertacao_bw.pdf (724.17 Kbytes)
Data de Publicação
2011-07-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.