• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.55.2016.tde-06102016-105824
Documento
Autor
Nome completo
Leonardo Anselmo Perez
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2015
Orientador
Banca examinadora
Utsumi, Miriam Cardoso (Presidente)
Baldin, Yuriko Yamamoto
Tedeschi, Wania
Zuffi, Edna Maura
Título em português
Um estudo sobre o uso de avaliações apoiadas pelas tecnologias
Palavras-chave em português
Avaliação formativa
Ensino de geometria
Jogo digial
Tecnologias na educação
WebQuest
Resumo em português
A avaliação se consolidou historicamente como parte fundamental do processo de ensino e aprendizagem. Por isso deve ser mais do que uma classificação, tendo como função básica informar e orientar os professores e os alunos nas suas decisões. Partindo do princípio de que a interatividade e o envolvimento ativo dos alunos no processo e na avaliação, contribuem para promover o domínio de procedimentos e a compreensão conceitual através da resolução de problemas, do raciocínio e da argumentação, essa pesquisa desenvolveu um estudo sobre avaliação em que se utilizou de tecnologias como jogos digitais, softwares matemáticos e WebQuest, com alunos do 7º ano do Ensino Fundamental de um dos grupos que foi estimulado a ter maior controle e autonomia de suas aprendizagens. Para isso, investigamos uma sequência de ensino sobre ângulos e polígonos elaborada a partir das considerações governamentais oficiais, no que diz respeito ao uso de situações-problema e tecnologia para investigação e avaliação formativa em matemática; e analisamos as contribuições das tecnologias citadas para a avaliação do conceito de ângulo e das principais propriedades relativas a lados e ângulos de polígonos. Trata-se de uma pesquisa quanti-qualitativa que comparou o desempenho e evolução dos alunos do grupo experimental em comparação com um grupo controle, que não foi exposto à metodologia diferenciada de avaliação com apoio de tecnologias, em uma avaliação diagnóstica, num pré-teste e num pós-teste. A média das notas dos dois grupos na avaliação diagnóstica evidenciou que ambos possuíam os pré-requisitos para a aprendizagem de novos conceitos. A análise de variância mostrou que 32,4% da nota no pós-teste é explicada pela nota da avaliação diagnóstica, reforçando a importância dos conhecimentos prévios pra novas aprendizagens. Os resultados indicaram ainda benefícios do feedback e da autorregulação da aprendizagem promovidos pelas avaliações formativas apoiadas pelas tecnologias, principalmente para os alunos com mais dificuldades de aprendizagem. Consideramos que esses resultados podem oferecer subsídios para melhoria da prática avaliativa de professores de matemática.
Título em inglês
A study on the use of assessments supported by technology
Palavras-chave em inglês
Digital game
Formative assessment
Technologies in education. Geometry education
WebQuest
Resumo em inglês
The assessment is historically consolidated as a fundamental part of the teaching and learning process. Therefore, it should be more than classification, whose basic function is to inform and guide teachers and students in their decisions. Assuming that interactivity and active involvement of students in the process and evaluation help to promote the domain procedures and conceptual understanding through problem solving, reasoning and argumentation, this research has developed a study on evaluation in which technologies were used, such as digital games, software and mathematical WebQuest with students from the 7th grade of elementary school of one of the groups was encouraged to have greater control and autonomy in their learning. For that investigated a sequence of learning about angles and polygons, compiled from the official government considerations with regard to the use of problem situations and technology for research and formative assessment in mathematics; and analyze the contributions to the technologies mentioned evaluation angle concept and key properties for polygon sides and angles. It is a quantitative and qualitative research that compared the performance and progress of students in the experimental group compared to a control group that was not exposed to different methodology of evaluation with assistive technology in a diagnostic assessment, a pre-test and a post-test one. The average grade of the two groups in the diagnostic evaluation showed that both had the prerequisites for learning new concepts. Analysis of variance showed that 32.4% of the grade in the post-test is explained by diagnostic evaluation grade, reinforcing the importance of prior knowledge to new learning. The results indicated further benefits of feedback and learning self-regulation promoted by formative assessments supported by technologies primarily for students with learning disabilities. We believe that these results can provide insight to improve evaluation practices of mathematics teachers.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-10-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.