• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.58.2007.tde-01042008-095332
Documento
Autor
Nome completo
Antonio de Luna Malheiros Segundo
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2007
Orientador
Banca examinadora
Silva, Cláudia Helena Lovato da (Presidente)
Arioli Filho, João Neudenir
Paranhos, Helena de Freitas Oliveira
Título em português
Solução efervescente para higiene de próteses totais: influência na sorção de água, solubilidade, dureza e na alteração de cor de reembasadores
Palavras-chave em português
Higienização
Propriedades Físicas
Prótese Total
Reembasadores
Resumo em português
Este estudo avaliou propriedades físicas de materiais reembasadores para dentaduras após imersão em solução à base de perborato de sódio. Em todos os testes, os materiais, Kooliner e Elite Soft foram divididos nos grupos G1 (controle): imersão em saliva artificial a 37°C e G2 (experimental): imersões diárias em solução à base de perborato de sódio (Corega Tabs) por 5 minutos. Para os testes de sorção, solubilidade, alteração de cor e de dureza, foram obtidos 30 espécimes em forma de disco (15x3mm) de cada material, por meio da técnica direta, a partir da prensagem do material em matriz metálica vazada entre duas placas de vidro. A sorção e solubilidade foram avaliadas após 120 dias de imersão. A alteração de cor foi avaliada imediatamente após o acabamento dos corpos-de-prova e após 30 e 120 dias. A dureza dos materiais foi mensurada inicialmente, após 30 e 60 dias de imersão. O teste de Kruskal-Wallis (P<0,05) indicou que para o material Kooliner, o tipo de imersão (G1=1,43; G2=1,63) não interferiu nos valores de sorção. Quanto ao Elite soft, o perborato de sódio (G1=0,29; G2=0,51) promoveu aumento significativo nos valores de sorção. Comparando os materiais, o Kooliner apresentou médias de sorção significativamente mais altas que o Elite soft, para os dois grupos estudados. Para solubilidade, o teste Anova (P<0,05) a dois fatores de variação indicou diferença significante entre o fator grupo e entre o fator material. O Kooliner (0,168) bem como o grupo 1(0,137) apresentaram as maiores médias de solubilidade em relação ao Elite soft (0,089) e o grupo 2 , respectivamente. Com relação à cor (Anova, P<0,05), os dois materiais sofreram alteração no intervalo de 30 (Kooliner: G1=3,63, G2=2,87; Elite soft: G1=6,27, G2=6,01) e 120 (Kooliner: G1=4,21, G2=3,94; Elite soft: G1=8,54, G2=9,23) dias de imersão. O fator grupo não influenciou nesta propriedade dos materiais. Para a dureza do Kooliner, foi aplicada a análise de variância a dois fatores de variação (grupo: G1=6,63; G2=7,27 e tempo: T0=5,24; T30=7,28; T60=8,34), que indicou diferença somente para o fator tempo. Após a comparação das médias (Tukey=0,87), notou-se aumento significante (P<0,05) da dureza entre todos os tempos avaliados. Os corpos-de-prova de Elite soft do grupo experimental (49,18) apresentaram um aumento (P<0,05) na dureza quando comparado ao grupo controle (48,72). Para o fator tempo, o teste de Tukey (0,76), indicou diferença significante (P<0,05) entre as três médias (T0=46,45; T30=49,63; T60=50,74). O perborato de sódio não influenciou de forma significante nas propriedades avaliadas neste estudo. Dentre os materiais, o Kooliner foi o que apresentou maior estabilidade, porém é um material com características diferentes do Elite soft. O tempo é um fator importantíssimo na alteração das propriedades dos materiais, tendo interferido em todas as variáveis testadas. Estudos com o objetivo de aprimorar as características dos materiais para uma aplicação a longo prazo devem ser ainda realizados, visando a viabilidade de uso dos materiais reembasadores.
Título em inglês
Effervescent solutions for denture hygiene: Influence in water sorption, solubility, hardness and color changes of denture liners
Palavras-chave em inglês
Complete Dentures
Hygien
Liners
Physical Properties
Resumo em inglês
The aim of this study was to evaluate the physical properties of denture liners after immersion in a sodium perborate´s solution. In all the tests, both materials, Kooliner and Elite soft, were divided into the groups G1 (control): immersion in artificial saliva at 37°C and G2 (experimental): daily immersions in a sodium perborates´s solution (Corega Tabs) for five minutes. Thirty specimens (diameter of 15 mm and thickness of 3 mm) were obtained for the tests of water sorption, solubility, color change and hardness. Each material was processed according to the manufacturer´s directions in metallic moulds prepared for this purpose and compressed by two glass plates. Water sorption and solubility were evaluated after 120 of immersion. Color change was evaluated after specimens´ finishing, after thirty and sixty days of immersion. Kruskal Wallis (P<0,05) indicated that the immersion in sodium perborate (G1=1,43; G2=1,63) did not interfere in the water sorption values. Sodium perborate promoted significative raise in the Elite soft´s water sorption (G1=0,29; G2=0,51). Comparing the materials, Kooliner had the biggest means in both groups. In the solubility test, ANOVA (P<0,05), using two variation factors, indicated signifficant difference between groups and materials. Kooliner (0,168) and Group 1 (0,137) presented the biggest solubility means when compared with Elite soft (0,089) and Group 2 (0,110). Both materials changed between 30 (Kooliner: G1=3,63, G2=2,87; Elite soft: G1=6,27, G2=6,01) and 120 (Kooliner: G1=4,21, G2=3,94; Elite soft: G1=8,54, G2=9,23) days of immersion in the color test (Anova, P<0,05). To the Kooliner´s hardness, the ANOVA with two variation factors, indicated signifficant differece only for the time of immersion (grupo: G1=6,63; G2=7,27 e tempo: T0=5,24; T30=7,28; T60=8,34). Comparing the means (Tukey=0,87) a signifficant raise (P<0,05) of the hardness was observed between all the periods evaluated. Specimens of the experimental group of Elite soft (49,18) showed a raise (P<0,05) in the hardness when compared to the control group (48,72). The test of Tukey (0,76) indicated significant difference (P<0,05) in the time of immersion between the three means (T0=46,45; T30=49,63; T60=50,74). Sodium perborate did not influence significantly the properties evaluated in this study. Between the materials, Kooliner presented the best stability. But both materials have different compositions and behave in different ways clinically. The period of immersion is a very important factor in the physical properties of the materials; and all of them presented signifficant differences during this period. Studies with the intention of improving the materials´ properties for a long term use should be tried to make viable the use of denture liners.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
me_AntonioLuna1.pdf (601.34 Kbytes)
Data de Publicação
2008-07-10
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • MALHEIROS-SEGUNDO, AL., et al. Effect of a denture cleanser on hardness, roughness and tensile bond strength of denture liners. Brazilian Journal of Oral Sciences, 2008, vol. 7, p. 1596-1601.
  • PISANI, Marina Xavier, et al. Dureza e força de tensão de reembasadores resilientes unidos à resina acrílica após imersão em solução efervescente. Brazilian Oral Research, 2006, vol. 20, nº Suppl., p. 113-113. Resumo.
  • Daher, C., et al. Alteração de cor, dureza e rugosidade de um reembasador macio após imersão em corantes e escovação com dentifrícios para próteses totais. In 26ª Reunião Anula da SBPqO, Águas de Lindóia, 2009. Braz Ora Res., 2009. Resumo.
  • Leite, Vanessa M. F., et al. Avaliação da absorção, solubilidade e cor de reembasadores resilientes após imersão em solução higienizadora. In 27ª Reunião Anual da SBPqO, Águas de Lindóia, 2010. Brazilian Oral Research ., 2010. Resumo.
  • MALHEIROS-SEGUNDO, AL., et al. Hardness and Roughness of Resilient Liners Immersed in hygienic solution. In Academy of Dental Materials Congress, São Paulo, 2006. Academy of Dental Materials., 2006. Abstract. Available from: http://www.academydentalmaterials.org.
  • MALHEIROS-SEGUNDO, AL., e SILVA- LOVATO, C. H. Propriedades físicas e mecânicas de reembasadores resilientes submetidas a uma solução higienizadora para dentaduras. In Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Odontológica, Atibaia, 2007. Braz oral Res., 2007. Resumo.
  • SILVA- LOVATO, C. H., SEGUNDO, Antônio de Luna Malheiros, e MACEDO, Leandro Dorigan de. Influência da imersão em solução efervescente na dureza e força de tensão de reembasadores resilientes para dentaduras. In VII Congresso Interno de Pesquisa da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto - USP, Ribeirão Preto, 2005. Anais do VII Congresso Interno de Pesquisa da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto - USP., 2005. Resumo.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.