• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.58.2017.tde-15032016-162731
Documento
Autor
Nome completo
Glenda Lara Lopes Vasconcelos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2015
Orientador
Banca examinadora
Souza, Valéria Oliveira Pagnano de (Presidente)
Davi, Letícia Resende
Paranhos, Helena de Freitas Oliveira
Título em português
Efeito das pastilhas higienizadoras efervescentes à base de peróxido alcalino em liga metálica de cobalto-cromo
Palavras-chave em português
Higienizadores para próteses
Liberação de íons e microscopia eletrônica de varredura
metal
Peróxidos alcalinos
Rugosidade superficial
Resumo em português
A higienização das próteses é de fundamental importância para a longevidade do tratamento reabilitador. Entretanto, é necessário analisar os efeitos que os higienizadores podem causar nas superfícies que compõem uma prótese. Deste modo, o objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos de pastilhas efervescentes à base de peróxido alcalino em liga de cobalto cromo (Co-Cr), utilizada em Prótese Parcial Removível (PPR). A partir de uma matriz metálica, padrões de cera em forma de disco (12 mm x 3 mm) foram confeccionados para posterior fundição. Os espécimes metálicos (n=16) foram imersos nas soluções: água deionizada (controle), Polident 3 minutes®, Steradent®, Efferdent®, Polident for Partials® e Corega Tabs®. Foi realizada a análise da rugosidade (n=10) por meio de rugosímetro, antes (t0) e após 5 períodos de simulação de ½, 1, 2, 3, 4 e 5 anos de imersão nos higienizadores. Foram realizadas análises complementares quantitativas da liberação de íons (n=5) de cobalto (Co), cromo (Cr) e molibdênio (Mo) em cada solução e análises qualitativas em um espécime de cada grupo, por meio de Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) e Espectrometria de Energia Dispersiva de Raios X (EDS). A distribuição dos dados de rugosidade (μm) apresentou-se não normal. Foi utilizada estatística não-paramétrica (α=0,05). Tanto para o fator solução (Kruskall Wallis, ½ ano (p=0,900), 1 ano (p=0,277), 2 anos (p=0,227), 3 anos (p=0,086), 4 anos (p=0,657) e 5 anos (p=0,856), como para o fator tempo (Friedman, p=0,137) não houve diferença significante. Com relação à liberação de íons (μg/L), a distribuição dos dados apresentou-se normal. De acordo com a estatística (α=0,05, ANOVA e teste de Tukey), Corega Tabs®, Efferdent® e água deionizada promoveram maior liberação de íons Co do que o Steradent® (p=0,003). Quanto aos íons Cr (p=0,000), Corega Tabs® propiciou maior liberação quando comparado a água deionizada, Steradent® e Polident 3 minutes®. Em relação aos íons Mo (p=0,001), o Efferdent® promoveu maior liberação. No MEV pode-se verificar que as soluções não apresentaram efeitos deletérios sobre as superfícies. Conclui-se que todas as pastilhas avaliadas não ocasionaram danos, entretanto, Steradent® foi a que propiciou menor liberação de íons, sendo indicada com maior segurança para higienização de superfícies metálicas de PPR.
Título em inglês
Effect of alkaline peroxide-effervescent tablets on the surfaces of the cobalt-chromium alloys
Palavras-chave em inglês
Alkaline peroxide
Cobalt-chromium alloy
Denture cleanser
Ions release
Scanning electron microscopy
Surface roughness
Resumo em inglês
The hygiene care of the removable dentures is of most importance for the longevity of the rehabilitation treatment. However, it is necessary to analyze the effects that denture cleansers can cause on the surfaces of prosthesis. Thus, the aim of this study was to evaluate the effect of alkaline peroxide-effervescent tablets on the surfaces of the cobalt-chromium alloys (Co-Cr), used in removable partial dentures (RPD). Circular specimens (12 mm x 3 mm) were fabricated with cobalt-chromium alloys. The specimens (n= 16) were immersed in the following solutions: deionized water (control), Polident 3 minutes™, Steradent™, Efferdent™, Polident for Partials™ and Corega Tabs™. The surface roughness (n=10) was analyzed with a surf-test analyzer, before and after 5 periods that corresponds to the simulation of ½, 1, 2, 3, 4 and 5 years of immersion in the cleansers. As complementary analysis, it was performed a quantitative study of ions release (n=5) for cobalt (Co), chromium (Cr) and molybdenum (Mo) in each solution and qualitative analysis with scanning electron microscopy (SEM) associated to Energy-dispersive X-ray spectroscopy (EDS). The results of surface roughness had presented no normal. In nonparametric statistics (α = 0.05), both of the solution factor Kruskall Wallis, ½ year (p=0.900), 1 year (p=0.277), 2 years (p=0.227), 3 years (p=0.086), 4 years (p=0.657) and 5 years (p=0.856), such as time factor (Friedman, p = 0.137), there was no significant difference. The results of ionic release presented a normal distribution and they were submitted to ANOVA (p=0.05) and Tukey test. The solutions Corega Tabs®, Efferdent® and deionized water presented greater Co ionic release than Steradent® (p=0.003). For Cr ions (p=0.000), Corega Tabs® had greater ionic release than deionized water, Steradent® and Polident 3 minutes®. Regarding Mo ions (p=0.001), Efferdent® showed greater release. With SEM, it was possible to verify that the solutions showed no deleterious effects on the specimen surfaces. It was concluded that no deleterious effects on metal surface was caused, however, Steradent® presented the smallest ionic release, and can be indicated more safely for cleaning metal surfaces of RPD.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-08-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.