• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.58.2017.tde-22062015-102916
Documento
Autor
Nome completo
Francielle Alves Mendes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2015
Orientador
Banca examinadora
Ribeiro, Ricardo Faria (Presidente)
Arioli Filho, João Neudenir
Neves, Flávio Domingues das
Nóbilo, Mauro Antonio de Arruda
Sartori, Ivete Aparecida de Mattias
Título em português
Avaliação da adaptação marginal e interna, da resistência à fratura após ciclagem termomecânica e das tensões nos implantes por correlação de imagens digitais em próteses parciais fixas sobre implantes com pilares e copings em zircônia com diferentes sistemas CAD/CAM
Palavras-chave em português
Adaptação marginal
Análise por correlação digital de imagens
CAD/CAM
Ciclagem termomecânica
MEV
Resistência a fratura
Zircônia
Resumo em português
Considerando a crescente exigência estética, o desenvolvimento da zircônia e o incremento da tecnologia CAD/CAM o objetivo deste trabalho foi avaliar a adaptação marginal e interna, as tensões nos implantes e a resistência à fratura após prensagem da porcelana e termociclagem mecânica em próteses parciais fixas sobre implantes com pilares e infraestrutura em zircônia com dois sistemas CAD/CAM (Neodent digital - Neodent e Lava - 3M ESPE) comparados com o método convencional (n=10). A adaptação marginal e interna foi analisada por meio de um microtomógrafo computadorizado (microCT). Cada prótese foi digitalizada e os arquivos foram processadas utilizando o software NRecon e CTAN. Foi utilizado o programa Dataview para aferição das medidas. Para a realização da ciclagem termomecânica as próteses foram posicionadas na máquina de fadiga mecânica por mastigação e foi aplicada a carga de 120 N com uma ponta que simula a oclusão antagonista simulando 2.000.000 ciclos. Durante o ensaio, as próteses foram mantidas em água destilada e termocicladas com variação de temperatura entre 5º-55º C. Para a verificação das tensões geradas pelas próteses parciais fixas em torno dos implantes foi realizada a análise por correlação de imagens digitais. Foram selecionados cinco modelos de cada um dos sistemas CAD/CAM e um antagonista e aplicada uma carga de 250 N, com velocidade de 0,1 mm/min, em máquina universal de ensaios. Para avaliação da resistência à fratura foi aplicada uma força perpendicular ao longo eixo da peça protética, no pôntico, até que devido à fratura não houvesse mais resistência. Após esse teste foi avaliado o relacionamento entre os componentes da prótese em microscópio eletrônico de varredura (MEV). A análise estatística mostrou que houve diferença significativa na adaptação pilar-implante dos molares entre os grupos Lava e ZirNeo, Lava e Controle (p=0,008). Para a desadaptação vertical e horizontal antes e após a prensagem e ciclagem não houve diferença significante (p>0,005). A desadaptação interna axial mostrou diferença significante antes e após para os molares dos grupos Lava e ZirNeo (p<0,001). A desadaptação interna oclusal mostrou diferença significante para os PM dos grupos TiNeo e Controle e para os molares dos grupos Lava e Zir Neo (p<0,005). Houve diferença significante de tensão na região cervical dos molares dos grupos ZirNeo e Lava (p=0,015) com maiores valores de tensão para o grupo Lava. O grupo TiNeo teve maior resistência à fratura que os demais (p=0,022). O relacionamento entre os componentes da prótese permaneceu favorável para todos os grupos. Os resultados deste trabalho permitem concluir que a prensagem da porcelana e a termociclagem mecânica não influenciou os resultados da desadaptação marginal e melhorou a desadaptação interna. O grupo usinado pelo sistema Neodent digital em zircônia teve maior concentração de tensão na região cervical podendo ter maior perda óssea nessa região. O grupo TiNeo foi o que mais resistiu à fratura. Entre fresar em zircônia pelo sistema Neodent digital ou Lava, o sistema Lava distribui melhor a tensão ao longo do implante, porém teve maiores valores de desadaptação interna. Entre fresar em titânio ou confeccionar a prótese pelo sistema convencional, melhor fresar.
Título em inglês
Evaluation of the marginal and internal fit, resistance to fracture after thermomechanical cycling and tensions in the implants by correlation of digital images in fixed partial dentures on implants with abutments and copings in zirconia with different CAD/CAM systems
Palavras-chave em inglês
CAD/CAM
Digital image correlation analysis
Fracture resistance
Marginal fit
SEM
thermomechanical cycling
Zirconia
Resumo em inglês
Considering the growing aesthetic requirements, the development of zirconia and the increase of CAD/CAM technology, the aim of this study was to evaluate the marginal and internal fit, tensions in implants and fracture resistance after pressing porcelain and thermomechanical cycling in FPDs on implants with abutments and infrastructure in zirconia with two CAD/CAM systems (Neodent digital -Neodent and Lava - 3M ESPE) compared with the conventional method (n = 10). The marginal and internal fit was analyzed by a computerized microtomograph (microCT). Each prosthesis was scanned and the files were processed using the NRecon and CTAN software. Dataview program was used for the assessment of the measures. To carry out the thermomechanical cycling, prostheses were placed in mechanical fatigue machine for chewing and 120 N load was applied with a tip that simulates the antagonist occlusion simulating 2,000,000 cycles. During the test, the prostheses were kept in distilled water and thermocycled with temperatures between 5°-55° C. Digital image correlation analysis was performed to check the load transfer by implant-supported restoration. Five models were selected from each of the CAD/CAM systems and an antagonist and a load of 250 N was applied, with 0.1 mm/min speed using a universal testing machine. The fracture resistance was verified with force applied perpendicular to the long axis of the prosthesis, at pontic, until there were no more fracture resistance. After this test was evaluated the relationship between the components of the prosthesis in a scanning electron microscope (SEM). The statistical analysis showed significant difference in abutment-implant fit of molars between Lava and ZirNeo, Lava and control groups (p=.008). For vertical and horizontal fit there was no significant difference (p>.005) before and after pressing and thermomechanical cycling. The axial internal gap was significantly different before and after for molar ZirNeo groups (p<.001). The occlusal internal fit was significantly different to the PM of TiNeo and Control, and the molars of Lava and ZirNeo (p<.005). There were significant difference for tension in the cervical region of the molars of ZirNeo and Lava (p=.015) with higher values for the Lava group. TiNeo group had higher resistance to fracture than others (p=.022). The relationship between the prosthesis components remained positive for all groups. The results of this study showed that the pressing of porcelain and thermomechanical cycling did not influence the results of marginal gap and improved internal fit. The zirconia group machined by Neodent digital system had higher concentration of tension in the cervical and may have greater bone loss in this region. TiNeo group was the most resistant to fracture. Between the zirconia milling by Neodent digital or Lava system, the Lava system distributes better strain throughout the implant, but had greater internal fit values. Between milling titanium or fabricate the prosthesis by the conventional system, better milling.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-08-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.