• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Master's Dissertation
DOI
10.11606/D.58.2013.tde-31012014-112610
Document
Author
Full name
Mauricio Malheiros Badaró
E-mail
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
Ribeirão Preto, 2013
Supervisor
Committee
Silva, Cláudia Helena Lovato da (President)
Paranhos, Helena de Freitas Oliveira
Urban, Vanessa Migliorini
Title in Portuguese
Avaliação clínica e laboratorial de uma solução experimental à base de Ricinus communis em comparação ao hipoclorito de sódio para higiene de próteses totais
Keywords in Portuguese
biofilme
candidíase
higienizadores de dentadura
propriedade de superfície
prótese total
Abstract in Portuguese
Este estudo clínico-laboratorial avaliou uma solução à base de Ricinus communis para higiene de próteses totais, comparando-a ao hipoclorito de sódio, quanto à efetividade na remoção do biofilme, remissão de Candidíase Atrófica Crônica, grau de satisfação dos pacientes e rugosidade superficial da resina acrílica termopolimerizada. Sessenta e quatro usuários de próteses totais com ausência (n=40) ou presença de Candidíase (n=24) foram selecionados e orientados a escovar as próteses com escova específica e sabão neutro por 3 minutos, 3 vezes ao dia e imergi-las nas soluções de higiene (Hipoclorito de sódio 0,25% - S1; e 0,5% - S2; R. communisa 10% - S3; Salina - S4: controle) por 20 minutos. As soluções foram utilizadas de forma cruzada e randomizada com períodos de "wash out". Para quantificação do biofilme (ImageTool 3.0), a superfície interna foi evidenciada (vermelho neutro 1%) e fotografada ao final de cada período. A remissão da Candidíase foi avaliada por atribuição de escores antes e após o uso das soluções. A satisfação dos pacientes foi analisada por questionário. A rugosidade da superfície polida e não polida de 40 espécimes (90x30x4mm) de resina foi avaliada antes e após a exposição dos mesmos ao protocolo clínico de higiene por meio de rugosímetro e Microscopia Eletrônica de Varredura. A remoção do biofilme foi analisada como um "split-plot" com dois fatores de variação: presença de inflamação e soluções. A remissão da Candidíase foi analisada após ajuste dos dados por regressão logística multinomial. Para análise da satisfação dos pacientes os dados foram ajustados por regressões logísticas e foi adotada análise de simetria composta. Para avaliação da rugosidade das superfícies polida e não polida foi empregada análise de variância com dois fatores (período e solução). Todas as análises foram realizadas com nível de significância de 5%. Não houve diferença na porcentagem de biofilme entre pacientes com e sem inflamação, bem como na interação entre os fatores. Houve diferença entre soluções, sendo que o Hipoclorito de sódio a 0,25 e 0,5% promoveu as menores médias de biofilme (4,41±7,98 e 2,93±5,23), seguido do R. communis(6,95±10,93) e Salina (11,07±11,99). Para remissão da Candidíase, as soluções mais eficientes foram R. communis(50%) e Hipoclorito de sódio 0,25% (46%). O questionário de satisfação não indicou diferença entre as soluções. A rugosidade da superfície polida não foi alterada pelo período (p=0,062). Houve alteração em função das soluções (p=0,00) e da interação entre os fatores (p=0,005). Para S1 e S4, o período não influenciou na rugosidade. Para S2, houve alteração a partir de 07 dias, permanecendo estável após 14 dias. Para S3, houve alteração e estabilização a partir de 14 dias. Após 07 e 14 dias, S2 e S3 promoveram as maiores alterações, porém após 21 dias, não houve diferença entre as soluções, exceto a salina. A superfície não polida não foi influenciada pelos fatores período (p=0,358), solução (p=0,120) e interação (p=0,204). Concluiu-se que há viabilidade do uso do hipoclorito de sódio em menores concentrações e do Ricinus communis para remoção do biofilme, remissão da Candidíase e controle da rugosidade superficial.
Title in English
Clinical and laboratorial evaluation of an experimental solution based on Ricinus communis compared to sodium hypochlorite for denture cleansing
Keywords in English
biofilm
candidiasis
complete denture
denture cleansers
surface properties
Abstract in English
This clinical-laboratory study evaluated a solution based on Ricinus communis for denture cleansing, comparing it to sodium hypochlorite, regarding biofilm removal capacity, remission of atrophic chronic candidiasis, degree of patient satisfaction and surface roughness of heat-polymerized acrylic resin. Sixty-four denture wearers with absence (n = 40) or presence of Candidiasis (n = 24) were selected and oriented on how to brush their dentures with a specific brush and mild soap for 3 minutes, 3 times a day and immerse them in hygiene solutions (0.25% sodium Hypochlorite - S1 and 0.5% - S2, R. communis 10% - S3; Saline - S4: control) for 20 minutes. The solutions were used in a randomized and cross form with "washout" periods. To quantify biofilm (ImageTool 3.0), the inner surface was disclosed (1% neutral red) and photographed at the end of each period. The remission of Candidiasis was assessed by assigning scores before and after using solutions. Patient satisfaction was assessed by questionnaire. The surface roughness of 40 polished and unpolished resin specimens (90x30x4mm) was evaluated before and after their exposure to clinical protocol hygiene by surface roughness and scanning electron microscopy. The biofilm removal was analyzed as a "split-plot" with two variation factors: inflammation and solutions. The candidiasis remission was analyzed after adjustment using multinomial logistic regression. For patient satisfaction logistic regression analysis was adopted and compound symmetry. For evaluation of surface roughness polished and unpolished was employed analysis of variance with two factors (time and solution). All the analysis were performed with a significance level of 5 %. There was no difference in the percentage of biofilm between patients with and without inflammation, as well as the interaction between the factors. There were differences among the solutions, having the Sodium Hypochlorite 0.25 % and 0.5% promoted the lowest average biofilm (4.41±7.98 and 2.93±5.23), followed by R. communis (6.95±10.93) and Saline (11.07±11.99) . For the remission of candidiasis, the most efficient solutions were R. communis (50%) and 0.25% sodium hypochlorite (46%). The satisfaction questionnaire indicated no difference among the solutions. The roughness of the polished surface was not affected by time (p = 0.062). There was a change in function of the solutions (p = 0.00) and the interaction between factors (p = 0.005). For S1 and S4, the period did not influence the roughness. For S2, there was a change from 07 days, remaining stable after 14 days. For S3, there were changes and stabilization from 14 days. After 7 and 14 days, S2 and S3 promoted major changes, but after 21 days, there were no difference among the solutions except the saline. The unpolished surface is not influenced by factors: period (p = 0.358), solution (p = 0.120) and interaction (p = 0.204). It was concluded that there is feasibility for using sodium hypochlorite at lower concentrations and Ricinus communis for the removal of biofilm, remission of candidiasis and control of surface roughness.
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
Publishing Date
2014-06-03
 
WARNING: The material described below relates to works resulting from this thesis or dissertation. The contents of these works are the author's responsibility.
  • badaró, MM, et al. A preliminary trial on a Ricinus Communis-based denture cleaner. In IADR/AADR/CADR 91st General Session, Seatle, 2013. J Dent Res Issue., 2013. Resumo.
  • badaró, MM, et al. Avaliação clínica de uma solução experimental à base de Ricinus communis em comparação ao hipoclorito de sódio para higiene de prótese total. In 30th SBPqO Annual Meeting, Águas de Lindóia, 2013. Braz Oral Res., 2013. Resumo.
  • SILVA-LOVATO, C. H., et al. Influência de soluções de higiene de próteses na remissão de Candidíase. In 30th SBPqO Annual Meeting, Águas de Lindóia, 2013. Braz Oral Res., 2013. Resumo.
  • Menção Honrosa na área de Distúrbios Sistêmicos pela apresentação do trabalho intitulado "Overdentures implantorretidas em paciente com fissura labiopalatina transforame incisivo bilateral" - $º Simpósio do DAPE, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, USP
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
Centro de Informática de São Carlos
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2020. All rights reserved.