• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.58.2010.tde-06122010-163420
Documento
Autor
Nome completo
Ingrid Webb Josephson Ribeiro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2010
Orientador
Banca examinadora
Taba Junior, Mario (Presidente)
Bulle, Daniela Bazan Palioto
Trevilatto, Paula Cristina
Título em português
Perfil de expressão gênica de sítios ativos na progressão das doenças periodontais agressiva e crônica
Palavras-chave em português
expressão gênica
periodontite agressiva
periodontite crônica
Resumo em português
Introdução: A periodontite é uma doença inflamatória crônica, de alta prevalência na população, que causa perda dentária. A progressão da doença ocorre por meio de surtos, com períodos de remissão e exacerbação. A análise da expressão gênica de lesões ativas na progressão das doenças periodontais pode demonstrar diferenças na resposta do hospedeiro e indicar processos relacionados à atividade destrutiva da doença. Metodologia: Foram selecionados 54 pacientes, sendo 18 com Doença Periodontal Agressiva (DPA), 25 com Doença Periodontal Crônica (DPC) e 11 com ausência de Doença Periodontal (Controle). Medidas clínicas de profundidade de sondagem (PS), nível de inserção relativo (NIR), sangramento à sondagem (SS) e índice de placa (IP) foram obtidas em dois tempos: inicial e após tratamento na reavaliação com dois meses. Nos pacientes com Doença Periodontal (DP), os sítios que apresentaram perda de inserção de um ou mais milímetros foram considerados ativos e os demais, não ativos. O perfil de expressão gênica, de sítios ativos e não ativos, foi obtido pela análise de biópsias gengivais com o Real Time PCR Array. Resultados: Após o tratamento periodontal não cirúrgico, houve melhora significante em todos os parâmetros clínicos (PS, SS, IP; p<0,05) exceto para o NIR (p>0,05). Dos 5112 sítios tratados, aproximadamente 4% apresentam perda de inserção mesmo após o tratamento com ou sem uso de antibiótico. As doenças DPA e DPC demonstraram diferentes perfis de expressão gênica, com sítios ativos apresentando um padrão significantemente up-regulated em relação aos sítios não ativos. Conclusão: A DPA e a DPC são condições clínicas que apresentam diferenças na resposta imune e a atividade destrutiva da lesão periodontal ativa pode ser reconhecida por um padrão inflamatório up-regulated de resposta. Considerando-se as diferenças observadas, abordagens terapêuticas individualizadas e capazes de modular a resposta poderiam potencializar o efeito benéfico da terapia anti-infecciosa e reduzir o número de sítios ativos da DP progressiva.
Título em inglês
Gene Expression Profile of Active Sites in Agressive and Chronic Periodontal Disease Progression
Palavras-chave em inglês
aggressive periodontitis
chronic periodontitis
gene expression
Resumo em inglês
Aim: Evaluate the gene expression profile under healthy and periodontal disease conditions; identify possible differences in the gene expression profile between chronic and aggressive periodontal diseases; seek evidences of immune regulation differences in active and non active sites during periodontal destruction. Methods: Clinical parameters of probing depth, relative attachment level, bleeding on probing and plaque index were obtained in two stages: initial and two months. The sites that showed attachment loss 1mm were considered active and others non-active. The gene expression profile of active and non-active sites, was obtained by gingival biopsies analysis with Real Time PCR Array. Results: After non-surgical periodontal treatment, significant improvement in all clinical parameters were achieved (P <0.05), except for the relative attachment level (p> 0.05). The disease showed different gene expression profiles with active sites showing a pattern significantly up-regulated compared to non-active sites. Conclusion: Aggressive and Chronic Periodontitis are clinical conditions that showed differences in the immune response profile and that the progressive periodontal lesion can be recognized by an up-regulated inflammatory response. Considering the observed differences, it is possible that individualized therapeutic approaches that modulate the inflammatory response might enhance the efficacy of the anti-infective therapy and reduce active sites number after treatment.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ME_INGRID_WEBB.pdf (2.67 Mbytes)
Data de Publicação
2011-09-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.