• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.58.2014.tde-12052014-142024
Documento
Autor
Nome completo
André Luis Gomes Moreira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2014
Orientador
Banca examinadora
Messora, Michel Reis (Presidente)
Casarin, Renato Corrêa Viana
Haas, Alex Nogueira
Título em português
Efeitos clínicos, microbiológicos e imunológicos da terapia fotodinâmica antimicrobiana no tratamento não cirúrgico da periodontite agressiva: um estudo clínico do tipo boca-dividida, controlado, aleatorizado e duplo-cego
Palavras-chave em português
fotossensibilizantes
periodontite agressiva
terapia fotodinâmica
Resumo em português
O tratamento da Periodontite Agressiva (PA) representa um desafio para os clínicos, pois não existem protocolos padronizados para um controle eficiente da doença. Este estudo clínico controlado, aleatório e duplo-cego avaliou o efeito de múltiplas aplicações da Terapia Fotodinâmica antimicrobiana (TFDa) como adjuvante ao tratamento periodontal não cirúrgico (TPnc) em pacientes diagnosticados com PA. Utilizando um modelo de estudo do tipo boca dividida, 20 pacientes com diagnóstico clínico de PA foram tratados com TFDa (Grupo Teste) associada à raspagem e alisamento radicular (RAR) ou apenas RAR (Grupo Controle). As aplicações da TFDa foram realizadas em 4 episódios (dias 0, 2, 7 e 14). Todos os pacientes foram acompanhados por 90 dias. Os seguintes parâmetros clínicos, microbiológicos e imunológicos foram analisados: i) profundidade de bolsa à sondagem (PS) e nível de inserção clínico (NCI); ii) contagem de 40 espécies subgengivais em amostras de placa bacteriana (checkerboard DNA-DNA hybridization); iii) avaliação dos níveis de Interleucina (IL)-1β, IL-10 e Fator de Necrose Tumoral alfa (TNF-α) no fluido crevicular gengival (Luminex). Os dados obtidos foram estatisticamente analisados. Na análise de bolsas periodontais profundas (PS inicial ≥ 7mm), o Grupo Teste apresentou, aos 90 dias, redução de PS (-3,96 mm ± 0,83) e ganho de inserção clínica (2,77 mm ± 1,05) significativamente maiores (p < 0,05) que aqueles do Grupo Controle (PS = - 2,56 ± 0,72; NCI = 1,75 ± 1,07). Foi constatado, também, um número significativamente menor de bolsas periodontais residuais (PS ≥ 5mm) no Grupo Teste quando comparado ao Grupo Controle aos 90 dias (p < 0,05). Na análise microbiológica, o Grupo Teste apresentou proporções significativamente menores de espécies microbianas dos complexos vermelho e laranja, bem como maiores proporções de espécies do complexo azul quando comparado ao Grupo Controle aos 90 dias (p < 0,05). Na análise imunológica, observou-se níveis de IL-1β no Grupo Controle significativamente maiores que aqueles do Grupo Teste aos 14, 30 e 90 dias (p < 0,05). Em relação aos níveis de IL-10, apenas o Grupo Teste apresentou valores significativamente maiores (p < 0,05) que aqueles do baseline aos 30 dias. Para TNF-α, não foi possível observar diferenças significativas nas comparações inter e intragrupos em todos os períodos experimentais. O Grupo Teste apresentou razão IL-1β/IL-10 significativamente menor que aquela do Grupo Controle aos 90 dias (p < 0,05). Pode-se concluir que a utilização de aplicações múltiplas da TFDa como recurso adjuvante à TPnc de pacientes com PA: i) melhora significativamente os parâmetros clínicos periodontais, reduzindo a necessidade de tratamentos periodontais adicionais aos 90 dias; ii) elimina de forma mais eficaz periodontopatógenos dos complexos vermelho e laranja; iii) melhora os parâmetros imunoinflamatórios, reduzindo a concentração de citocinas proinflamatórias e aumentando os níveis de citocinas anti-inflamatórias.
Título em inglês
Clinical, microbiological and immunological effects of antimicrobial Photodynamic Therapy on non-surgical treatment of Aggressive Periodontitis: a double-blind split-mouth randomized controlled clinical trial
Palavras-chave em inglês
aggressive periodontitis
photodynamic therapy
photosensitizing
Resumo em inglês
Treatment of Aggressive Periodontitis (AP) is challenging for clinicians because there are no standardized protocols for effective disease control. This double-blind randomized controlled clinical trial evaluated the effects of multiple applications of antimicrobial Photodynamic Therapy (aPDT) as an adjunct to scaling and root planning (SRP) on patients diagnosed with AP. Using a split-mouth model, 20 patients with clinical diagnosis of AP were treated with aPDT associated with SRP (Test Group) or SRP alone (Control Group). aPDT applications were performed along with SRP and 2, 7 and 14 days after SRP. All patients were monitored during 90 days. The following clinical, microbiological and immunological parameters were analyzed: i) probing pocket depth (PPD) and clinical attachment level (CAL), ii) counts of 40 subgingival species in plaque samples (checkerboard DNA-DNA hybridization) and iii) levels of interleukin (IL)-1β, IL-10 and tumor necrosis factor (TNF)-α in gingival crevicular fluid (Luminex). Data were statistically analyzed. In deep periodontal pockets (initial PPD ≥ 7 mm), the Test Group presented a decrease in PPD (-3.96 ± 0.83 mm) and a clinical attachment gain (2.77 ± 1.05 mm) significantly higher than the Control Group (PPD = - 2.56 ± 0.72 mm; CAL = 1.75 ± 1.07 mm) at 90 days (p < 0.05). It was also observed significantly fewer residual periodontal pockets (PPD ≥ 5 mm) in the Test Group when compared to the Control Group at 90 days (p < 0.05). Regarding microbiological analysis, the Test Group presented proportions of red and orange complexes significantly lower and proportions of blue complex significantly higher than the Control Group at 90 days (p < 0.05). Immunological analysis demonstrated significantly lower levels of IL-1β in the Control Group when compared to the Test Group at 14, 30 and 90 days (p < 0.05). Only the Test Group presented significantly higher IL-10 levels in relation to baseline values at 30 days (p < 0.05). Intra and inter-groups comparisons of the mean levels of TNF-α did not demonstrate significantly differences. IL-1β/IL-10 ratio was significantly lower in the Test Group than in the Control Group at 90 days (p < 0.05). It can be concluded that repeated aPDT as an adjunct to SRP in the nonsurgical treatment of AP: i) significantly improves clinical periodontal parameters, reducing the need for further treatments at 90 days; ii) eliminates periodontal pathogens of red and orange complexes more effectively and iii) enhances the host immunoinflammatory response, decreasing the levels of proinflammatory cytokines and increasing the levels of anti-inflammatory cytokines.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-10-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.