• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.58.2009.tde-19032010-090900
Documento
Autor
Nome completo
Alessandra Marques Corrêa Afonso
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2009
Orientador
Banca examinadora
Dibb, Regina Guenka Palma (Presidente)
Bachmann, Luciano
Buzalaf, Marilia Afonso Rabelo
Delfino, Carina Sinclér
Myaki, Silvio Issáo
Título em português
Avaliação in vitro e in situ da eficácia de diferentes lasers no aumento da resistência ácida do esmalte em regiões de sulcos e fissuras
Palavras-chave em português
Cáries
Fissuras
Laser CO2
Laser Er:YAG
Laser Nd:YAG
Oclusal
Resumo em português
O objetivo desse estudo foi avaliar in vitro e in situ a efetividade de irradiação dos lasers Er:YAG, Nd:YAG e CO2 no aumento da resistência ácida do esmalte em regiões de sulcos e fissuras. Para o estudo in vitro foram utilizados molares humanos em fragmentos da porção oclusal de 8mmx4mm divididos em 3 grupos de acordo com o tipo de tratamento : Grupo 1 - Er:YAG; Grupo 2 - Nd:YAG; Grupo 3 - CO2 (n=15). O tratamento de superfície foi feito apenas em metade da área do fragmento, sendo que a outra metade foi considerada controle. As áreas expostas ao desafio cariogênico (14mm2) foram submetidas a ciclagens de pH. Para o testede microdureza os espécimes foram seccionados ao meio e a parede da secção é que sofreu o teste, a outra metade foi utilizada para análise em microscopia de luz polarizada para a medição da área da lesão de desmineralização e análise em MEV para verificar as alterações na morfologia do tecido dentário. As análises dos dados de microdureza (HKN) e área das lesões (mm2) foram feitas com o teste de Wilcoxon para a comparação interna de cada grupo com o seu controle e a comparação entre os grupos utilizou ANOVA para as áreas das lesões e Kruskal Wallis para a microdureza (α = 5%). Foi observada apenas diferença estatística significante para as amostras do grupo irradiado com laser CO2 entre as partes controle e experimental. Os demais grupos não apresentaram diferença estatisticamente significante com sua área controle. Na análise das medidas de lesão foram observadas diferença estatística significante para as amostras do grupo irradiado com os lasers CO2 e Nd:YAG com suas partes controles, sendo as medidas de área de lesão apresentadas pela área irradiada inferiores a área controle. Na análise em MEV o grupo irradiado com laser CO2 mostrou ausência de exposição dos prismas de esmalte e modificação de superfície na área irradiada. Para o estudo in situ foram utilizados molares humanos em fragmentos da porção oclusal de 4mmx4mm tratados com os 3 diferentes tipos de laser: Grupo 1 - controle (sem tratamento); Grupo 2 - Er:YAG; Grupo 3 - Nd:YAG; Grupo 4 - CO2 (n=15). Os espécimes foram adaptados a um dispositivo intrabucal que foi utilizado pelos voluntários durante 14 dias. Para o desafio cariogênico gotejou-se solução de sacarose 20% sobre os espécimes. Assim como no estudo in vitro, foram realizados o teste de microdureza, análise em microscópio de luz polarizada e análise em MEV. Para a análise dos dados de microdureza (HKN) foi utilizada ANOVA e teste de Fisher LSD (α= 5%). Foi observada diferença estatística significante para as amostras do grupo irradiado com laser CO2 e Nd:YAG, que apresentaram maiores valores de microdureza do que o grupo controle e não foram diferentes estatisticamente entre si. Os valores de microdureza observados em profundidade foram maiores proporcionalmente a distância da superfície, ou seja, 20µm <30µm <40µm <50µm. Na análise em microscopia de luz polarizada a análise foi feita com teste de Wilcoxon e todos os grupos apresentaram semelhança estatística. Considerando os resultados obtidos nos dois estudo pode-se concluir que os lasers CO2 e Nd:YAG foram capazes de promover aumento de resistência ácida no esmalte dental localizado nas superfície de sulcos e fissuras.
Título em inglês
In vitro and in situ assessment of lasers to increase enamel acid resistance on the pits and fissures surface.
Palavras-chave em inglês
Caries
Fissures.
Laser CO2
Laser Er:YAG
Laser Nd:YAG
Occlusal
Pits
Resumo em inglês
The aim of this study was to assess in vitro and in situ the lasers Er:YAG, Nd:YAG e CO2 in preventing enamel demineralization on the pits and fissures surface. For the in vitro study 45 occlusal enamel blocks were randomly divided into 3 groups in according with the treatment: G1 - Er:YAG; G2 - Nd:YAG; G3 - CO2. Treatments were made only on a half of the specimen and the remaining part was considered as a control. The samples were submitted to an in vitro pH cycles. For the microhardness test the specimens were seccioned in the middle and the seccioned wall received the test. The other halves were analyzed using polarized light microscopy for the measurement of the caries-lesion areas and morphological SEM analyses. Wilcoxon test were performed for the statistical analysis of the data obtained from the microhardness test (KHN) and caries-lesion area measurements (mm2) (α= 5%) when each groups was compared with its control. Variance analysis were performed for the difference in means of microhardness data and Kruskal Wallis test were performed for the difference in means of caries-lesion area measurements (α= 5%). For the microhardness data the G3 was statically different from its control area and the others groups presented statistical similarity among the experimental and control areas. For the caries-lesion area measurements statistical difference was observed for the groups G2 and G3 presenting smaller caries-lesion area when compared with their respective control areas. In the SEM analysis the G3 showed uniform surface without enamel-prism exposure. For the in situ study 60 occlusal enamel blocks were randomly divided into 4 groups in according with the treatment: G1 - Control (no treatment); G2 - Er:YAG; G3 - Nd:YAG; G4 - CO2 (n=15). The specimens were fixed in intra oral appliances and worn by the volunteers for 14d. Sucrose solution (20%) was applied to each specimen 6 times/d. As the in vitro study the samples were removed, sectioned and examined for microhardness, caries-lesion area measurements on the polarized light microcopy and morphological analyses on SEM. Variance analysis and the Fisher test were performed for the statistical analysis of the data obtained from the microhardness test (KHN) (α= 5%). The control group was statically different from G3 and G4, which present higher microhardness values and were statistical similar between them. The data of microhardness from the depth of surface were greater in proportion of distance from the surface, as 20µm <30µm <40µm <50µm. Wilcoxon test were performed for the statistical analysis of the data obtained from the caries-lesion area measurements (mm2) (= 5%) and all the groups were statically similar. Considering the results obtained from the both of studies can be concluded that the laser CO2 and Nd:YAG were able to increase the enamel acid resistance on the surface of pits and fissures.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-08-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.