• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.58.2014.tde-02022015-083608
Documento
Autor
Nome completo
Claudia de Castro Rizzi Maia
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2014
Orientador
Banca examinadora
Silva, Léa Assed Bezerra da (Presidente)
Bonifacio, Kleber Cortês
Nelson Filho, Paulo
Sousa Neto, Manoel Damião de
Título em português
Tomografia computadorizada de feixe cônico como método de avaliação pós-tratamento endodôntico em sessão única ou em duas sessões
Palavras-chave em português
endodontia
hidróxido de cálcio
lesão periapical
tomografia computadorizada de feixe cônico
Resumo em português
Resumo Introdução: Estudos epidemiológicos reportam elevada prevalência de lesão periapical em diferentes países, concluindo que esta constitui um problema de saúde que afeta grande parte da população. Proposição: O objetivo deste estudo clínico randomizado foi efetuar uma avaliação comparativa pós-tratamento endodôntico de dentes permanentes com lesão periapical crônica, realizado em sessão única ou em duas sessões com o uso de hidróxido de cálcio, por 14 dias, como curativo de demora entre sessões, por meio de exames de Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico (TCFC). Metodologia: Foram selecionados 26 dentes pareados de 13 pacientes atendidos na clínica de Endodontia da Universidade Ceuma (UniCeuma), de São Luís - MA, os quais foram divididos randomicamente em dois grupos (n=13/grupo) empregando a técnica de amostragem casual simples (sorteio). No Grupo I os dentes foram instrumentados e obturados na mesma sessão, enquanto no Grupo II, após a instrumentação, foi utilizado curativo de demora entre sessões com a pasta Calen®, por 14 dias, quando então foi efetuada a obturação dos canais radiculares. As imagens de TCFCs foram obtidas em dois momentos distintos: (1) antes do tratamento; e (2) após doze meses do tratamento. O volume das lesões foi obtido pré e pós-tratamento endodôntico, em mm³, e foi calculada a porcentagem de redução volumétrica das lesões periapicais para cada grupo. A redução volumétrica dos dentes dos Grupos I e II foram comparadas por meio do teste t de Student para amostras pareadas. Foi avaliado também se havia diferença estatisticamente significante na frequência de casos com redução volumétrica maior que 50% entre os Grupos (α² likelihood ratio). Os testes foram realizados empregando o programa estatístico SPSS 19.0, com nível de significância de 5%. Resultados: Os volumes tomográficos médios iniciais e finais das lesões periapicais dos Grupos I e II foram, respectivamente, GI - 73,47 mm³; 27,73 mm³ e GII - 65,94 mm³; 12,84 mm³. A redução percentual média das lesões periapicais foi maior para o Grupo II (79,25%), em comparação ao Grupo I (68,35%), embora sem apresentar diferença significante (p>0,05). Não foi observado reparo completo, após 12 meses, em nenhum caso, em ambos os grupos. Observou-se redução superior a 50% em todos os dentes do Grupo II, enquanto que apenas 69,2% dos dentes do Grupo I atingiram esse percentual, evidenciando que a redução volumétrica da lesão periapical superior a 50% foi maior com o uso do curativo de demora entre sessões (p<0,05). Conclusão: A avaliação pelo método da TCFC, no período de 12 meses, não evidenciou reparação completa em nenhum dos casos tratados em sessão única ou com o uso de curativo de demora entre em sessões, demonstrando que esse período de acompanhamento não é suficiente para a regressão total da lesão periapical. Em ambos os grupos foi observada redução volumétrica das lesões periapicais semelhante após 12 meses, sendo que foi evidenciado reparo mais avançado (mais de 50% de redução volumétrica), no grupo onde foi utilizado curativo de demora entre sessões à base de hidróxido de cálcio por 14 dias, fornecendo subsídios para sua indicação do ponto de vista clínico, em dentes portadores de lesão periapical crônica, previamente à obturação dos canais radiculares.
Título em inglês
Cone beam computed tomography as an evaluation method of singlesession and two-session endodontic treatment
Palavras-chave em inglês
calcium hydroxide
cone - beam computed tomagraphy
endondontics
periapical periodontitis
Resumo em inglês
Abstract Introduction: Epidemiological studies have demonstrated a high prevalence of periapical lesion in different countries, stating that it is a health problem that affects great part of the world population. Aim: The aim of this randomized clinical study was to conduct a comparative evaluation after endodontic treatment of permanent teeth with chronic periapical lesion completed in a single session or in two sessions with 14-day calcium hydroxide interappointment intracanal medication, using cone beam computed tomography (CBCT). Methodology: Twenty-six pairs of teeth from 13 patients treated at the Endodontics Clinic of Ceuma University (UniCeuma), São Luís, MA, Brazil, were selected and randomly assigned to two groups (n=13/group) by simple random sampling (draw). In Group I, the teeth were instrumented and filled in the same session, while in Group II, after instrumentation, an intracanal medication (Calen® paste) was used for 14 days between sessions, and then the root canals were filled. CBCT scans were obtained at two moments: (1) before endodontic treatment; and (2) 12 months after treatment. The pre- and postoperative volume of the periapical lesions was measured in mm³, and the percentage of lesion volume reduction was calculated for each group. Periapical lesion volume reduction in Groups I and II were compared using Students t-test for paired samples. The existence of statistically significant difference in the frequency of cases with >50% lesion volume reduction between the groups (α² likelihood ratio) was also assessed. SPSS 19.0 statistical software was used and a significance level of 5% was set for analyses. Results: The mean pre- and postoperative tomographic volumes of the periapical lesions were, respectively: GI: 73.47 mm³; 27.73 mm³ and GII 65.94 mm³; 12.84 mm³. The mean percentage of volume reduction of the periapical lesions was greater in Group II (79.25%) than Group I (68.35%), though without statistically significant difference (p>0.05). After 12 months, complete repair was not observed in ay specimen of neither of the groups. Volume reduction >50% was observed in all teeth of Group II, while only 69.2% of Group Is teeth presented such reduction, indicating that lesion volume reduction >50% was significantly greater with the use of an interappointment intracanal medication (p<0.05). Conclusion: CBCT imaging 12 months post-endodontic treatment did not show complete repair in any of the teeth treated in a single session or medicated with an intracanal dressing between sessions, suggesting that this follow-up period is not sufficient for complete lesion regression. In both groups, similar periapical lesion volume reduction was observed after 12 months, with a more advanced repair (>50% volume reduction) in the group in which a calcium hydroxide interappointment intracanal medication was used, providing clinical evidence to indicate its use in teeth with chronic periapical lesion prior to definitive root canal filling.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-11-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.