• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
Documento
Autor
Nombre completo
Stephanie Agnes Díaz Huamán
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Ribeirão Preto, 2018
Director
Tribunal
Daldegan, Andiara De Rossi (Presidente)
Maia, Claudia de Castro Rizzi
Segato, Raquel Assed Bezerra
Valarelli, Thais Marchini de Oliveira
Título en portugués
Eficácia de um novo protocolo de tratamento endodôntico em sessão única. Estudo radiográfico e histopatológico em dentes de cães com lesões periapicais induzidas
Palabras clave en portugués
Hidróxido de cálcio
Medicação intra-canal
Periodontite apical
Resumen en portugués
Em dentes com lesão periapical, o tratamento endodôntico em duas sessões, com aplicação de curativo de demora, apresenta maior sucesso no combate à infecção intra e extrarradicular, proporcionando reparo dos tecidos apicais e periapicais. No entanto, o tratamento em sessão única vem sendo recomendado em função de reduzir custos e sessões de tratamento, apesar da sua comprovada ineficácia na erradicação dos micro-organismos e taxa de sucesso inferior. Diante da necessidade de reduzir o tempo clínico e favorecer a reparação tecidual, a aplicação de medicação com pasta à base de hidróxido de cálcio apenas na região apical e periapical, obtida por meio de seu extravasamento via canal radicular, seguida pela obturação na mesma sessão poderia constituir uma nova opção de tratamento. Com este objetivo, um total de 60 raízes de pré-molares de cão com rizogênese completa e lesões periapicais experimentalmente induzidas, foram aleatoriamente divididos em 3 grupos submetidos a diferentes protocolos de tratamento endodôntico: 1) novo protocolo em sessão única, com aplicação de pasta à base de hidróxido de cálcio na região apical e periapical antes da obturação; 2) tratamento convencional em duas sessões, com utilização de curativo de demora com pasta à base de hidróxido de cálcio durante 14 dias; 3) tratamento convencional em sessão única. Para avaliação da resposta tecidual, os dentes foram avaliados radiograficamente e histopatologicamente, 120 dias após o tratamento endodôntico com a eutanásia dos animais. Os espécimes foram processados histotecnicamente, corados com HE e avaliados com microscopia de luz convencional e de fluorescência. Os resultados obtidos foram analisados estatisticamente utilizando os testes qui-quadrado, Fisher, Anova e pós teste de Tukey, com nível de significância de 5% em todos os testes. De acordo com os resultados radiográficos, os dentes tratados com o novo protocolo apresentaram redução na área radiolúcida periapical semelhante aos dentes tratados em duas sessões (p<0,05) e ambos foram superiores ao tratamento em sessão única (p<0,001). Os resultados histopatológicos mostraram que a realização do novo protocolo proporcionou a reparação das estruturas periapicais e apicais em evolução, com presença suave de fibras colágenas jovens, poucos vasos sanguíneos neoformados, infiltrado inflamatório suave a moderado, deposição de cemento celular ou reinserção de fibras colágenas em lacunas de reabsorção paralisadas e selamento apical completo em 18,2% dos casos. Os dentes tratados em duas sessões apresentaram estágio de reparação mais avançado, com a mesma espessura do espaço do ligamento periodontal, porém com presença de fibras colágenas mais maduras, mais vasos sanguíneos jovens, infiltrado inflamatório suave, deposição de cemento celular em lacunas de reabsorção paralisadas e processo de selamento apical completo em 30,8% dos casos. Nos dentes tratados em sessão única, observou-se persistência da lesão periapical com presença de infiltrado inflamatório moderado a severo, presença de reabsorção ativa dos tecidos mineralizados, ligamento periodontal aumentado e ausência de selamento apical em 100% dos casos, sendo estatisticamente diferente dos grupos anteriores em todos parâmetros avaliados (p<0,001). Foi possível concluir que o novo protocolo de tratamento em única sessão promoveu a reparação tecidual, porém em estágio menos avançado que o tratamento em duas sessões com utilização de curativo de demora
Título en inglés
Novel single-session endodontic treatment protocol using intracanal medication prior obturation
Palabras clave en inglés
Apical periodontitis
Calcium hydroxide
Intracanal medicament
Resumen en inglés
In apical periodontitis, two-session endodontic treatment using intracanal medication between appointments presents a higher success rate at intra and extra radicular disinfection giving a better apical and periapical tissues repair. Meanwhile, one-session treatment has been highly recommended due to fewer operative time and expenses, even having its proven inefficacy in root canal system cleansing and lower success rate in apical and periapical tissues repair after endodontic treatment. To reduce operative sessions and costs while promoting tissue repair and patients comfort, we proposed a novel protocol in endodontic treatment of apical periodontitis with extravasation of a CH-based paste into periapical region and obturation performed in a single session. A total of 60 mature dogs premolar teeth with experimentally induced periapical lesions were randomly classified into 3 groups: 1) Novel protocol with extravasation of CH-based paste into apical and periapical region and obturation performed in a single session, 2) Two-session treatment with CH-based intracanal medication in 14 days-interval sessions and 3) Single-session treatment. Radiographs were taken at day 0 and day 120. After 120 days, animals were killed, maxillae and mandibles were histotechnically processed and stained with HE and analyzed under conventional and fluorescent microscopy. Descriptive, semi quantitative and quantitative histopathological of histopathological parameters was performed. Results were statistically analyzed using chi square test, Fisher test, Kruskal-Wallis test, Dunns post-test, Anova one-way and Tukeys test, with a 5% level of significance. According to radiographic analysis, teeth treated with the novel protocol had a percent rate reduction similar to teeth with a two-session treatment (p<0,05), and both groups were superior to single-session group. Histopathological analysis results showed that performing endodontic treatment using the novel protocol provided repair in process of the apical and periapical structures, with few young collagen fibers, few neoformed blood vessels, mild to moderate inflammatory infiltrate, cellular cement deposition or collagen fibers reinsertion at inactive resorption lacunae and complete apical sealing in 18,2% of teeth. Teeth treated in two sessions had a more advanced repair with a similar periodontal ligament thickness, however, with more mature collagen fibers, neoformed blood vessels, mild inflammatory infiltrate, cellular cement deposition at inactive resorption lacunae and complete apical sealing in 30,8% of specimens. In teeth treated in a single session, we observed persistence of the periapical lesion with a moderate to severe inflammatory infiltrate, active resorption of the mineralized tissues, increased periodontal ligament thickness and absence of apical sealing in 100% of specimens, being statistically different to the other groups in all evaluated parameters (p<0,001). We conclude that the proposed novel protocol promoted an early repair of apical and periapical tissues, yet, less developed than two-session treatment with utilization of intracanal medicament in between sessions
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2019-08-01
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.