• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.58.2010.tde-12082010-150530
Documento
Autor
Nome completo
Fernando José Dias
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2010
Orientador
Banca examinadora
Iyomasa, Mamie Mizusaki (Presidente)
Rizzolo, Roelf Justino Cruz
Siessere, Selma
Título em português
Influência de densidades do laser de baixa intensidade sobre o músculo masseter de ratos Wistar
Palavras-chave em português
ATPase
Laser de baixa-intensidade
metabolismo oxidativo
microscopia de luz
NADH
SDH
ultraestrutura
VEGF
VEGFR-2
Resumo em português
A laserterapia tem sido muito utilizada como tratamento alternativo em pacientes com dores crônicas relacionadas às disfunções temporomandibulares. Isso se deve aos efeitos: analgésico, antiinflamatório, miorrelaxante, de redução da fadiga durante as contrações tetânicas, aumento da força de mordida e diminuição da dor orofacial. Embora sejam observados resultados clínicos, ainda não é bem compreendido o seu efeito em nível celular. Assim, este estudo tem como objetivo analisar os efeitos das diferentes densidades (doses) de irradiação do laser de baixa intensidade (LLLI), em nível celular, sobre o músculo masseter de ratos Wistar. Os animais foram alocados aleatoriamente em 6 grupos (n=10), receberam 10 irradiações do laser (GaAlAs,780nm, 5mW e spot 0,04cm²) sobre o músculo masseter esquerdo variando a densidade de energia (I. 0; II. 0,5; III. 1,0; IV. 2,5; V. 5,0 e VI. 20 J/cm²). Após as 10 irradiações os músculos masseteres foram obtidos dos animais sob anestesia para análises: 1. Histoenzimológicas para atividade da nicotinamida adenina dinucleotídeo diaforase(NADH), succinato desidrogenase (SDH) e adenosina trifosfatase (ATPase), 2. Microscopia de luz (HE), 3. Microscopia eletrônica de transmissão e 4. Imunohistoquímica para fator de crescimento do endotélio vascular (VEGF) e o receptor 2 para VEGF (VEGFR-2). A atividade do NADH nos grupos IV, V e VI (30±1,26; 33,47±2,15; 31,67±1,77 - fibras intermediárias) apresentou um aumento significativo (p>0,05) no metabolismo oxidativo em relação aos demais grupos. Na atividade do SDH, o aumento foi discreto, com aumento significativo (p>0,05), apenas no grupo V (32,2±1,61 fibras intermediárias), com o padrão de aumento metabólico muito parecido nas reações de NADH e SDH. A atividade da ATPase não revelou diferenças entre os grupos tanto em meio ácido como no alcalino. A microscopia de luz revelou fibras musculares arredondadas e núcleos periféricos achatados, os quais tornaram mais arredondados com as densidades maiores de energia. Ultraestruturalmente as irradiações com as maiores densidades de energia revelaram mitocôndrias de tamanhos e formas variadas e cisternas do retículo sarcoplasmático dilatadas entre as miofibrilas. As análises qualitativas mostraram um padrão de aumento a expressão do VEGF e VEGFR-2 proporcionais à densidade de energia do laser usada. Conclui-se que o laser com densidades maiores foi capaz de aumentar o metabolismo oxidativo, sem alterar a capacidade contrátil, aumentar o volume do núcleo, modificar a ultraestrutura das fibras musculares e as expressões do VEGF e VEGFR-2.
Título em inglês
Influence of densities of low level laser on the masseter muscle of rats Wistar
Palavras-chave em inglês
ATPase
light microscopy
Low-level laser therapy
NADH
oxidative metabolism
SDH
ultrastructural
VEGF
VEGFR-2
Resumo em inglês
The laser therapy has been widely used as an alternative treatment in patients with chronic pain related to temporomandibular disorders. This is due to the effects: analgesic, anti inflammatory, muscle relaxant, reducing fatigue during tetanic contractions, increased bite strength and decrease in orofacial pain. Although clinical results are observed, is not well understood its effect on the cellular level. This study aims to analyze the effects of different densities (doses) irradiation of low level laser therapy (LLLI) on cellular level, on the masseter muscle of rats. The animals were randomly assigned to 6 groups (n=10), received 10 laser irradiation (GaAlAs, 780nm, 5mW spot and 0.04 cm²) on the left masseter muscle by varying the energy density (I. 0; II. 0.5; III. 1.0; IV. 2.5; V. 5.0 and VI. 20 J/cm²). After 10 irradiations the masseter muscles were obtained from animals under anesthesia for analysis: 1. Histoenzimologic for nicotinamide adenine dinucleotide (NADH), succinate dehydrogenase (SDH) and adenosine triphosphatase (ATPase), 2. Light microscopy (HE), 3. Transmission electron microscopy and 4. Immunohistochemistry for vascular endothelial growth factor (VEGF) and receptor 2 for VEGF (VEGFR-2). The activity of NADH in groups IV, V and VI (30±1,26; 33,47±2,15; 31,67±1,77 - intermediate fiber) increased significantly (p> 0.05) in oxidative metabolism in relation to other groups. The activity of SDH showed a slight increase, only the group V (32,2±1,61 intermediate fiber) increased significantly (p> 0.05), but the pattern of metabolic increase was very similar in both reactions. The ATPase activity showed no differences between groups nor in acid or alkaline. The qualitative analysis showed a pattern of increased expression of VEGF and VEGFR-2 directly proportional to the energy density of laser. Light microscopy showed rounded muscle fibers and peripheral flattened nuclei, which become more rounded with the highest energy densities. Ultrastructurally the irradiation with higher energy densities showed mitochondria of different sizes and shapes and dilated cisterns of sarcoplasmic reticulum between the myofibrils. It is concluded that higher densities of laser was able to increase the oxidative metabolism without altering the contractile capacity, increasing nuclei volume, modify ultrastructure of muscle fibers and the expressions of VEGF and VEGFR-2.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
me_fernando_dias.pdf (7.55 Mbytes)
Data de Publicação
2010-09-27
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.