• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.58.2013.tde-16122013-115458
Documento
Autor
Nome completo
Ricardo Alexandre Junqueira Calzzani
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2013
Orientador
Banca examinadora
Panissi, Christie Ramos Andrade Leite (Presidente)
Gabrielli, Carla
Stuani, Maria Bernadete Sasso
Título em português
Efeitos morfofisiológicos do estresse crônico e exodontia em músculo masseter de ratos
Palavras-chave em português
estresse crônico repetido
exodontia
masseter
morfofisiológico
ultraestrutural
Resumo em português
O estresse parece favorecer a hiperalgesia e alodinia, podendo estar associados à alteração da função muscular mastigatória. Alterações morfofisiológicas em músculos da mastigação induzidos pela alteração oclusal associado ao estresse crônico ainda são escassas na literatura. Este estudo investigou os efeitos do estresse crônico repetido em músculo masseter superficial e profundo de ratos submetidos ou não à exodontia unilateral no ganho do peso dos animais, nas alterações morfológicas (HE, MET), histoquímicas (NADH, SDH e ROS), imunoistoquímicas (laminina e CD31), atividade de MMP-2, -9 e infiltração de neutrófilos (MPO). Vinte ratos (machos, 200g) foram alocados em quatro grupos (n=5): controle (GC), exodontia unilateral (GM), estresse crônico repetido (GE), exodontia associado ao estresse crônico repetido (GME). GE e GME foram submetidos a 10 dias de protocolo de estresse crônico repetido (2 horas diárias) a partir do 14º dia após a exodontia. Houve uma diminuição significativa no ganho de peso dos animais GE e GME. Não foram observadas alterações nos níveis de MMPs e na infiltração de neutrófilos no feixe superficial dos diferentes grupos. GE, GM e GME demostraram alterações morfofisiológicas, ultraestruturais e histoquímicas no feixe profundo, com características específicas e distintas de GC; GE apresentou as maiores alterações. Conclui-se que a exodontia e sua associação ao estresse foram responsáveis por discretas alterações morfofisiológicas no músculo masseter de ratos, contudo o estresse crônico repetido causou modificações morfofisiológicas e ultraestruturais significantes, sendo responsável também pela alteração no peso dos animais.
Título em inglês
Morphophysiological effects of chronic stress and exodontia in the masseter muscle of rats
Palavras-chave em inglês
exodontia
masseter
morphophysiological
repeated chronic stress
ultrastructural
Resumo em inglês
Stress seems to favor the hyperalgesia and allodynia, which may be related with altered masticatory muscle function. Morphological and physiological changes in the masticatory muscles induced by occlusal alteration associated with chronic stress are still scarce in the literature. This study investigated the effects of repeated chronic stress in superficial and deep masseter muscle of rats with or without the extraction unilateral weight gain of animals and morphological changes (HE MET), histochemical (NADH, SDH and ROS), immunohistochemical (laminin and CD31), MMP-2, -9 activities and neutrophil infiltration (MPO). Twenty rats (male, 200g) were allocated into four groups (n=5): control group (CG), unilateral exodontia (MG), repeated chronic stress (EG), extodontia and repeated chronic stress (MEG). EG and MEG were submitted to 10 days of repeated chronic stress protocol, 2 hours daily, from the 14th day after the extraction. There was a significant decrease in weight gain of animals EG and MEG. No changes were observed in the levels of MMPs and neutrophil infiltration among different groups. EG, MG and MEG have shown morphophisyological, ultrastructural and histochemical changes with specific characteristics and distinct GC GE presenting the higher changes. We conclude that the exodontia and its association to stress were responsible for discrete morphophysiological changes in the masseter muscle of rats, however repeated chronic stress caused significant morphophysiological and ultrastructural changes, being also responsible for change in weight of the animals.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-06-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.