• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.2008.tde-07042008-135126
Documento
Autor
Nome completo
Rafaela Lopes Falaschi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2008
Orientador
Banca examinadora
Amorim, Dalton de Souza (Presidente)
Lamas, Carlos José Einicker
Silva, Vera Cristina
Título em português
Revisão e análise filogenética de Melosymmerus Munroe (Diptera, Bibionomorpha, Ditomyiidae)
Palavras-chave em português
Cladística
Diptera
Ditomyiidae
Resumo em português
Os Ditomyiidae, incluídos por alguns autores na família Mycetophilidae s.l. como uma subfamília, compõem um pequeno clado da infraordem Bibionomorpha, alocado dentro dos Mycetophiliformia.Este último grupo está relativamente bem representado no registro fossilífero do Jurássico, enquanto que os ditomídeos possuem o seu registro mais antigo datado do Eoceno, há 52 milhões de anos. Dentro dos Mycetophiliformia, os Ditomyiidae, segundo topologias recentes, formam um grupo monofilético com Bolitophilidae, Diadocidiidae e Keroplatidae. No momento, 15 gêneros são aceitos para a família, com cerca de 107 espécies descritas para todo o mundo, exceto para a região Afrotropical. Dentre esses gêneros, Melosymmerus Munroe apresenta distribuição exclusivamente neotropical, o qual, juntamente com Calosymmerus Munroe, tem como grupo-irmão Australosymmerus Freeman, de distribuição circum-antártica. Esse grupo de gêneros tem como grupo-irmão Symmerus Walker, de distribuição holártica, compondo os Symmerinae. Esse é um padrão bastante característico de grupos fragmentados pelo processo de tectônica de placas, gerando disjunção intercontinental por vicariância. Em Ditomyiinae, estão incluídos os gêneros Ditomyia,Asioditomyia, Nervijuncta, Rhipidita e Calliceratomyia, que apresentam o mesmo padrão de distribuição no mundo. Há dez espécies recentes descritas para Melosymmerus sete do Brasil, uma do Equador e duas do México. Oito novas espécies de Melosymmerus são descritas neste trabalho, obtidas através de coletas com armadilha Malaise ao longo da Floresta Atlântica. As espécies brasileiras são redescritas, uma chave para o gênero confeccionada e um catálogo organizado. Além das espécies novas, foram identificados espécimes de M. bororo em Salesópolis e Ribeirão Preto,no Estado de São Paulo, e de M. bisetosus nos Estados do Paraná e Minas Gerais, ampliando a distribuição conhecida dessas espécies. Em uma análise das relações filogenéticas entre as espécies do gênero, foi obtido o consenso estrito de nove cladogramas mais parcimoniosos. Diferentemente do proposto na literatura, em que Calosymmerus aparece como grupo-irmão de Melosymmerus, na análise realizada Melosymmerus é parafilético em relação a Calosymmerus. Isso sugere que Calosymmerus possa ser incluído como um sinônimo júnior subjetivo de Melosymmerus.
Título em inglês
Revision and phylogenetic analysis of Melosymmerus Munroe (Diptera, Bibionomorpha, Ditomyiidae)
Palavras-chave em inglês
Cladistics
Diptera
Ditomyiidae
Resumo em inglês
Ditomyiidae, included by some authors in the family Mycetophilidae s.l. as a subfamily, is a small clade of the infraorder Bibionomorpha, placed within the Mycetophiliformia. Mycetophiliformia is relatively well represented in the fossil record of the Jurassic (144 million years ago), while the oldest record of ditomids is from the Eocene (52 million years ago). According to recent topologies, the Ditomyiidae form a monophyletic group with Bolitophilidae, Diadocidiidae and Keroplatidae.Fifteen genera are now accepted for the family, with about 107 species described for the world, except for Afrotropical region. Among those genera, Melosymmerus Munroe has an exclusively neotropical distribution, which, together with Calosymmerus Munroe, is genera sister to Australosymmerus Freeman, which has circum-antarctic distribution. The above mentioned have Symmerus Walker as sister-group, of holartic distribution, composing the Symmerinae. This is quite characteristic of groups fragmented by the process of tectonics of plates, generating intercontinental disjunction by vicariance. The Ditomyiinae include the following genera: Ditomyia, Asioditomyia, Nervijuncta, Rhipidita and Calliceratomyia, with a similar distribution in the world. There are ten described species for Melosymmerus seven of Brazil, one of Ecuador and two of Mexico. Eight new species of Melosymmerus are described in this work for the Neotropical region, collected with Malaise traps along the Atlantic Forest. Brazilian species are redescribed, a key for species of the genus handled and a catalog organized. Specimens of M. bororo were identified from Salesópolis and Ribeirão Preto, in the state of São Paulo, as well as specimens of M. bisetosus, in the states of Paraná and Minas Gerais. In a phylogenetic analysis of the relationships among the species of the genus, a strict consensus of nine cladograms more parciomonious is obtained. In the literature, Melosymmerus is accepted to be sister of Calosymmerus. In this analysis, Melosymmerus appeared paraphyletic in relation to Calosymmerus, suggesting that Calosymmerus can be considered a subjective junior synonym of Melosymmerus.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Falaschi2008.pdf (11.40 Mbytes)
Data de Publicação
2012-04-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.