• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.2013.tde-08072013-103620
Documento
Autor
Nome completo
Kátia Paula Aleixo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2013
Orientador
Banca examinadora
Silva, Cláudia Inês da (Presidente)
Kleinert, Astrid de Matos Peixoto
Santos, Isabel Alves dos
Título em português
Sazonalidade na disponibilidade de alimento e dinâmica de forrageamento em Scaptotrigona aff. depilis (Hymenoptera, Apidae, Meliponini)
Palavras-chave em português
abelhas sem ferrão
análise polínica
área urbana
estratégias
produção de cria
recurso floral
Resumo em português
Estudos sobre a influência da variação sazonal na disponibilidade de recursos florais na coleta de pólen e néctar pelas abelhas sem ferrão são escassos na literatura devido à ausência de métodos viáveis de se quantificar o alimento armazenado nas colônias por longos períodos. O objetivo desse estudo foi avaliar o armazenamento de alimento em colônias de Scaptotrigona aff. depilis em relação a distribuição espaçotemporal dos recursos florais em uma área urbanizada na região tropical, bem como estratégias utilizadas pelas colônias no período de menor disponibilidade alimentar. De abril de 2011 a março de 2012, a estrutura da comunidade vegetal do campus da Universidade de São Paulo, cidade de Ribeirão Preto, foi avaliada sob os aspectos da composição florística e fenologia de floração para avaliar a ocorrência de sazonalidade na distribuição dos recursos florais disponibilizados para as abelhas. Concomitantemente, foi analisado qualitativamente e quantitativamente o armazenamento mensal de pólen e néctar em colônias experimentais (CEs) de S. aff. depilis, formadas a partir da remoção de colônias mães (CMs) de seus lugares originais e substituídas por caixas de madeira vazias, as CEs, em cujas as forrageiras armazenaram o alimento durante sete dias. No mesmo período de um ano, foi avaliada a produção mensal de cria nas CMs de S. aff. depilis por meio de fotografias tomadas na região da cria em intervalos de 24h durante quatro dias consecutivos. Espécies melitófilas floresceram durante o ano todo e, consequentemente, a disponibilidade de alimento para as abelhas foi contínua. A distribuição dos recursos foi sazonal, com abundância de disponibilidade na transição da estação seca com a chuvosa e na estação chuvosa. O armazenamento de alimento foi afetado pela associação entre a sazonalidade na disponibilidade de pólen e a temperatura ambiente. O pólen foi armazenado ao longo de todo o ano, ao passo que o néctar começou a ser armazenado no final da estação seca e permaneceu durante toda a estação chuvosa. Nas CEs, a maior quantidade de alimento foi armazenada na estação chuvosa, com pico no bimestre de fevereiro-março. Mesmo apresentando um hábito generalista, as forrageiras de S. aff. depilis intensificaram, espacial e temporalmente, a coleta de recursos em poucas fontes florais. As espécies Eucalyptus moluccana, E. grandis e Myracrodruon urundeuva foram preferencialmente utilizadas no armazenamento de pólen durante a estação seca, ao passo que durante a estação chuvosa apenas Schinus terebinthifolius foi a fonte preferencialmente utilizada. A sazonalidade na disponibilidade de pólen influenciou inclusive a produção de cria, a qual diminuiu na estação seca. A disponibilidade de pólen parece ser um fator central influenciando no crescimento e no desenvolvimento das colônias de S. aff. depilis.
Título em inglês
Seasonality in food availability and foraging dynamics in Scaptotrigona aff. depilis (Hymenoptera, Apidae, Meliponini).
Palavras-chave em inglês
brood production
floral resource
pollen analysis
stingless bees
strategy
urban area
Resumo em inglês
Studies on the influence of seasonal variation in the availability of floral resources on the collection of pollen and nectar by stingless bees are scarce due to lack of methods to quantify the stored food in the colonies for long periods of time. The aim of this study was to evaluate the storage of food in colonies of Scaptotrigona aff. depilis in relation to the spatiotemporal distribution of floral resources in an urbanized area in the tropical region, as well as assess the strategies used by the colonies during periods of food scarcity. From April 2011 to March 2012, the plant community structure in the campus of Universidade de São Paulo, located in the city of Ribeirão Preto, was studied under the aspect of floristic composition and flowering phenology to evaluate the occurrence of seasonality in the distribution of floral resources available to bees. Concurrently, it was analyzed the monthly storage of pollen and nectar in experimental colonies (ECs) of S. aff. depilis formed from removal of colonies (MCs) from their original places and replaced by empty wooden boxes, the ECs, whose foragers stored food for seven days. In the same period of an year, it was evaluated the monthly brood production in MCs of S. aff. depilis through photographs taken in the brood region at intervals of 24h for four consecutive days. Melittophilous were in bloom year-round, and therefore the availability of food resources was continuous for bees. The resource distribution was seasonal, with plenty of available resources in the transition from the dry to the rainy season and in the rainy season. The storage of food was affected by the association between the seasonal availability of pollen and ambient temperature. Pollen was stored throughout the year, while the nectar started to be stored in the dry season and remained throughout the rainy season. In ECs, the largest amount of food was stored during the rainy season, peaking in February-March. Even though foragers display a generalist habit, food collection was intensified at few sources in spatiotemporal scale. The species Eucalyptus moluccana, E. grandis and Myracrodruon urundeuva were preferentially used in the storage of pollen during the dry season, while Schinus terebinthifolius was the most frequently used species during the rainy season. Seasonality in pollen availability also influenced brood production, which decreased in the dry season. The availability of pollen seems to be a central parameter influencing the growth and development of S. aff. depilis colonies.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
corrigida.pdf (3.29 Mbytes)
original.pdf (3.28 Mbytes)
Data de Publicação
2013-09-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.