• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.1998.tde-18072011-105921
Documento
Autor
Nome completo
Sidnei Mateus
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 1998
Orientador
Banca examinadora
Bego, Luci Rolandi (Presidente)
Campos, Maria José de Oliveira
Mechi, Maria Rita
Título em português
Abundância relativa, fenologia e visita ás flores pelos apoidea do cerrado da Estação Ecológica de Jataí - Luiz Antônio - SP
Palavras-chave em português
Apoidea
Cerrado
Comunidade de abelhas
fenologia
polinização.
preferência floral
sazonalidade
visita a flores
Resumo em português
RESUMO O trabalho foi desenvolvido em uma área de cerrado de 1 ha., localizada na Estação Ecológica de Jataí, no município de Luiz Antônio - SP. A fauna de abelhas e suas fontes de alimento foram amostradas quinzenalmente, durante dois anos de coletas (setembro de 1991 a agosto de 1993), foi estudada a sua composição, riqueza, abundância relativa, fenologia e visita às flores através de levantamentos padronizados. Foram coletados 3659 indivíduos, pertencentes a 142 espécies e a 57 gêneros de 6 famílias de Apoidea, sendo que Apidae foi a melhor representada em número de indivíduos e Anthophoridae em número de espécies. Com relação à fenologia, as espécies foram mais abundantes no período de menor precipitação (maio a novembro de 1992). As abelhas visitaram 72 espécies de plantas para a coleta de néctar, pólen e óleo. As famílias Asteraceae, Leguminosae e Bignoniaceae foram as melhores representadas em número de espécies. Didymopanax vinosum (Araliaceae) e Pyrostegia venusta (Bignoniaceae) foram as espéceis vegetais mais visitadas. Quanto à fenologia do florescimento, a maior diversidade de espécies de plantas floridas foi verificada no verão e outono; já no inverno, houve uma queda acentuada de espécies floridas. Estabeleceu-se como espécies dominantes de abelhas, aquelas que estiveram melhor representadas em número de indivíduos (Apis mellifera, Trigona hyalinata) e as espécies dominantes de plantas, aquelas que atraíram um número significativo de espécies de abelhas (Didymopanax vinosum, Pyrostegia venusta). Esses dados serviram para determinar os grupos de abelhas mais relacionados quanto às flores visitadas e os grupos de plantas mais semelhantes quanto aos visitantes. De um modo geral, os Apoidea mostraram-se generalistas na utilização de recursos, tendo sido encontrados em várias espécies de plantas. No entanto, algumas espécies de abelhas coletoras de óleo da família Anthophoridae (Centridini), mostraram preferência por flores de Byrsonima intermedia e Heteropterys byrsonimifolia (Malpighiaceae).
Título em inglês
Relative abundance, fenology, flowers visit in the cerradso vegetation for aqpoidea in the Estação Ecológica de Jataí - Luiz Antônio - SP
Palavras-chave em inglês
Apoidea
bees community
bees diversity.
cerrado vegetation
floral reference
phenology
pollination
Resumo em inglês
ABSTRACT The research was undertaken in a cerrado area (1 hectare) located at Estação Ecológica de Jataí, Luiz Antônio Municipality, São Paulo State, SE Brazil. Bees foranging for food on flowers were standardizedly sampled at every 15 days, for two years (September, 1991 to August, 1993). Host plants were sampled also. The study aims at an approach towards: faunal-floral composition, species richness, relative abundance, flower visiting habits, etc. Concerning bees, (Apoidea), 3659 individuals were collected which represent 142 species, 57 genera and 6 families. Among the collected families, Apidae representatives were the most abundant in number of individuals, while the Anthophoridae were top-ranked in number of collected species. Relatively to phenology, higher species-abundance peaks were connected to periods of less pluviosity, that is, from May to November, 1992. In their foraging for nectar, pollen and oil, sampled bees visited 72 plant species, among which Asteraceae, Leguminosae and Bignoniaceae were the best represent at specific level. Didymopanax vinosum (Araliaceae) and Pyrostegia venusta (Bignoniaceae) were the plants preferably visited. Concerning flowering phenology, flowers were most abundant during summer and autumm; conversely, winter-periods presented the lowest levels of flowering. Dominant bee species were considered as those best represented relatively to collected number of individuals (e.g., Apis mellifera, Trigona hyalinata). On the vegetation side, dominant plant species referes to those taxa which attracted the most significant number of bees (e.g., Didymopanax vinosum, Pyrostegia venusta). Such definitios were important to determine the connexions between bee groups-visited flowers; and, the relationships between plant groupsvisitors, as well. Since most species were found visiting several plant species, the sampled bees can be regarded as generalists, primarily. However, in their oil-collecting activity some Anthophoridae species (Centridini) showed remarkakle preferences relatively to Malpighiaceae flowers: Byrsonima intermedia and Heteropterys byrsonimifolia.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
SM.pdf (2.60 Mbytes)
Data de Publicação
2011-07-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.