• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.59.2020.tde-20082019-140825
Documento
Autor
Nome completo
Zeinab Bazyar
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2019
Orientador
Banca examinadora
Amorim, Dalton de Souza (Presidente)
Almeida, Eduardo Andrade Botelho de
Couri, Márcia Souto
Ismay, John Waland
Noll, Fernando Barbosa
Riccardi, Paula Raile
Título em inglês
A comparative morphology of Oscinellinae genera (Diptera: Chloropidae): a framework towards a phylogeny of the subfamily
Palavras-chave em inglês
Acalyptratae
Chloropidae
Diptera
Filogenia
Oscinellinae
Phylogeny
Worldwid
Resumo em inglês
The Chloropidae have about 3,000 described species and are often known as grass flies: most members of the family are phytophagous and can be important pests of cereals and cultivated forage grasses. The Chloropidae have been often divided into four subfamilies Siphonellopsinae, Chloropinae, Rhodesiellinae, and Oscinellinae. The oscinellines include 124 genera in the world. This project intends to provide a systematic comparasion of the morphology of the oscinelline genera to test of the monophyly of the subfamily and the monophyly of the Rhodesiellinae, and begin to build a phylogenetic framework for the group. A total of 55 species of 50 genera of oscinellines were used as terminals, with five species of three genera of rhodesiellines, 12 species of 11 genera of chloropines, three species of two genera of siphonellopsines, two species of milichiids and one species of carnid used as outgroups. A total of 167 characters from external adult morphology (head, thorax, wing, legs, and abdomen) and from male and female genitalia have been coded and used to build a data matrix. A phylogenetic analysis was performed to reconstruct the relationships among the taxa using two different analytical parametersimplied weight with k = 3 and a k value (k =~17). Both analyses resulted in one most parsimonius tree, with important differences between them on the position of many genera. The Rhodesiellinae is shown to be paraphyletic in relation to the Oscinellinae, with the Stenoscinini, a rhodesielline tribe, being sister to all remaining Oscinellinae. A large stable clade includes most Fiebriegellini and genera previously included in the Siphonellini, Tricimbini, Oscinisomatini, Liparaini, and Botanobiini. It was corroborated that the Neotropical group blanda of Oscinella does not fit together with the type-species of Oscinella and needs a group of generic rank. A large group of genera belonging to different tribes have no reliable position in the tree, suggesting that the Incertellini, Hippelatini, Oscinellini, and Siphonellini may not correspond to clades. Another large, stable clade (the higher oscinellines) bring together the Dicraeini, and genera of the Botanobiini, Elachipterini, Liparaini, and Hippelatini. Information in the literature gives support to the idea of a clade that gathers these tribes. The use of a considerably large list of characters to analyse a larger generic taxon sampling of the subfamily will certainly help bringing stability to the classification of the group
Título em português
Morfologia comparada dos gêneros de Oscinellinae (Diptera: Chloropidae): estrutura para uma filogenia da subfamília
Palavras-chave em português
Acalyptratae
Chloropidae
Diptera
Filogenia
Oscinellinae
Phylogeny
Universal
Resumo em português
A família Chloropidae, têm cerca de 3.000 espécies descritas e são muitas vezes conhecidos como "moscas da grama": a maioria dos membros da família são fitófagos e podem ser importantes pragas de cereais e cultivos de gramíneas forrageiras. Essa família em sido freqüentemente dividida em quatro subfamílias: Siphonellopsinae, Chloropinae, Rhodesiellinae e Oscinellinae. Os Oscinellines incluem 124 gêneros no mundo. Este projeto pretende fornecer uma comparação sistemática da morfologia e monofilia do gênero de Oscinelinae e de Rhodesiellinae, bem como construir uma estrutura filogenética para o grupo. Um total de 55 espécies de 50 gêneros de oscinellines foram utilizados como taxon terminais, sendo cinco espécies de três gêneros de Rhodesiellines, doze espécies de onze gêneros de Chloropines, três espécies de dois gêneros de Siphonellopsines, duas espécies de Milichiideos e uma espécie de carnidos usada como grupo externo. Um total de 167 caracteres da morfologia externa de adultos (cabeça, tórax, asa, pernas e abdômen) e das genitálias masculina e feminina foram codificadas e usadas para construir uma matriz de dados. Uma análise filogenética foi realizada para reconstruir as relações entre os táxons usando dois parâmetros analíticos diferentes - peso implícito sendo k = 3 e um valor k (k = ~ 17). Ambas as análises resultaram em uma árvore mais parsimoniosa, com diferenças importantes entre si e em muitos gêneros. Rhodesiellinae mostrou-se parafilético em relação a Oscinellinae, e Stenoscinini, uma tribo de rhodesielline, irmã de todos os restantes de Oscinellinae. Um grande clado estável inclui a maioria dos gêneros Fiebriegellini anteriormente incluídos nos Siphonellini, Tricimbini, Oscinisomatini, Liparaini e Botanobiini. Isso reafirmou que o grupo neotropical blanda de Oscinella não se encaixa com as espécies-tipo de Oscinella necessitando de uma classificação genérica para grupo. Um numeroso grupo de gêneros pertencentes a diferentes tribos não possuem uma posição confiável na árvore, sugerindo que os Incertellini, Hippelatini, Oscinellini e Siphonellini podem não corresponder aos respectivos clados. Outro amplo e estável clado (os "oscinelines superiores") reúne os Dicraeini e os gêneros de Botanobiini, Elachipterini, Liparaini e Hippelatini. Informações na literatura dão suporte à idéia de um clado que reúna essas tribos. O uso de uma lista de caracteres consideravelmente ampla que permita analisar uma amostragem genérica maior de taxons da subfamília, certamente, auxiliará e trará mais estabilidade à classificação do grupo.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tese.pdf (11.88 Mbytes)
Data de Publicação
2020-01-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.