• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.2016.tde-06072016-145302
Documento
Autor
Nome completo
Sara Tamiris Cirilo Fernandes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2016
Orientador
Banca examinadora
Schmidt, Andreia (Presidente)
Almeida, Sebastião de Sousa
Caetano, Marcelo Salvador
Título em português
Comportamento de escolha em ratos Sprague Dawley (Rattus norvegicus) sob restrição alimentar
Palavras-chave em português
comportamento de escolha
diferenças entre machos e fêmeas
ratos
Restrição alimentar
Resumo em português
O comportamento de escolha é entendido como a seleção de uma entre duas ou mais alternativas disponíveis, diferente da preferência, que está relacionada ao tempo despendido respondendo a uma dessas alternativas. Em pesquisas com não humanos, observa-se que os sujeitos escolhem com maior frequência as alternativas nas quais o reforço estará disponível de forma imediata, em pequena quantidade, em comparação com a alternativa na qual o reforço estará disponível somente depois que o animal esperar um tempo determinado (atraso), mas em maior quantidade. Apesar da literatura apresentar dados sobre a influência da restrição alimentar e do sexo do animal em tarefas de aprendizagem, é importante aprofundar a investigação desses aspectos em tarefas de escolha. O objetivo desta pesquisa foi comparar o desempenho de ratos Sprague Dawley (machos e fêmeas) com história de restrição alimentar e ratos controle (com comida ad libitum), em uma tarefa de escolha, em que as alternativas variavam em relação ao atraso para ter acesso à comida e à quantidade de comida disponível. Foram utilizados 24 ratos (12 machos), de linhagem Sprague-Dawley, divididos em dois grupos. O Grupo Controle (C) recebeu dieta ad lib., enquanto o Grupo Restrição (R) teve sua dieta restrita a 80% da dieta do grupo controle. Aos 70 dias de idade, houve uma subdivisão dos grupos: metade dos animais do Grupo C formou o Grupo Controle-Restrito (CR 80% da dieta), e a outra metade o Controle-Controle (CC 100% da dieta). No Grupo R, metade dos animais formou o Grupo Restrito-Controle (RC 100% da dieta) e a outra metade, o Grupo Restrito-Restrito (RR 80% da dieta). Na Etapa 1 os animais exploravam labirinto em U em uma sessão de 10 tentativas. Na Etapa 2 foram realizadas 10 sessões de 16 tentativas de escolha forçada, sendo oito no braço direito, onde havia seis pelotas de ração disponíveis após atraso de 15 s (alternativa LL), e oito no braço esquerdo, com três pelotas de ração disponíveis sem atraso (alternativa SS). Na Etapa 3, foram conduzidas 45 sessões com 30 tentativas (10 forçadas e 20 livres), para verificar o padrão de escolha dos animais dos diferentes grupos em função da disponibilidade de reforço em cada alternativa, do atraso em uma das alternativas e do tempo inicial de espera (tempo T). Os animais de todos os grupos apresentaram preferência pela alternativa SS, independente do sexo ou da dieta. Ao comparar a porcentagem de escolhas dos grupos com relação às dietas foram verificadas diferenças no padrão e nas latências médias de escolha. O grupo RR apresentou latências médias de escolha significativamente inferiores às do grupo CC e um estabelecimento mais rápido de preferência pela alternativa SS que o grupo CC. Apesar de não terem sido encontradas diferenças significativas entre machos e fêmeas nos parâmetros analisados (possivelmente em função do n amostral), verificou-se que fêmeas apresentaram latências menores que machos em todos os grupos, além de porcentagens de escolha pela alternativa SS maiores que os machos. São discutidas hipóteses sobre a influência da dieta e da quantidade de alimento disponível em cada alternativa sobre as escolhas dos grupos. Essas hipóteses são também relacionadas a aspectos evolutivos, referentes às funções desempenhadas por machos e fêmeas na natureza.
Título em inglês
Behavior of choice in Sprague-dawley (Rattus norvegicus) rats under food restriction
Palavras-chave em inglês
choice behavior
differences between males and females
Food restriction
Sprague-Dawley rats
Resumo em inglês
The behavior of choice is understood as the selection of between two or more alternatives available, different from the preference, which is related to the time spent by responding to one of these alternatives. In researches with non-human animals, it is observed that the subjects choose more frequently the alternatives on which the reinforcement will be available immediately, in small quantity, in comparison with the alternative in which the reinforcement is available only after the animal expects a certain time (delay), but in greater quantity. Although literature present data on the influence of food restriction and the sex of the animal in tasks of learning, it is important to deepen the investigation of these aspects in tasks of choice. The objective of this research was to compare the performance of rats Sprague Dawley (male and female) with a history of food restriction and control rats (with food ad libitum), in a task of choice, in that the alternatives varied in relation to the waiting time for access to food and the quantity of food available. 24 albino rats (12 males), from Sprague-Dawley lineage was used, divided in two groups. The Control Group (C) received diet ad lib., while the group restriction (R) had their diet restricted to 80% of the diet of the control group. At 70 days of age, there was a subdivision of the groups: half of the animals from group C formed the Group Controle-Restrito (CR - 80% of the diet), and the other half the Controle-Controle (CC - 100% of the diet). In Group R, half of the animals formed the Group Restrito-Controle (RC - 100% of the diet) and the other half, the Restrito-Restrito group (RR - 80% of the diet). In Step 1 the animals explored the labyrinth in U in a session of 10 attempts. In Step 2, there were 10 sessions of 16 attempts of forced choice, being 8 in the right arm, where there were six pellets of ration available after delay of 15 s, and eight in the left arm with three pellets of rations without delay. In Step 3, 45 sessions were conducted with 30 attempts (10 forced and 20 free), tarry check the default choice of animals of different groups in relation to the availability of strengthening in each alternative, the delay in one of the alternatives and the initial time wait time (T). Animals of all groups have preference for the SS alternative, independently of sex or diet. Differences were verified in the pattern and average latencies of choices in comparing the percentage of choices of the groups in relation to the diets. The RR group presented significantly lower average latency in comparison to group CC and a faster preference was established for alternative SS than group CC. Even having no significant differences been found between males and females in the scope studied (possibly due to then sampling), it was verified that females present lower latencies that males in all groups, besides the higher percentages for choosing alternative SS in males. Hypotheses are discussed on the influence of the diet and the quantity of food available in each alternative over the group choices. These hypotheses are also related to evolutionary aspects, referent to functions performed by males and females in nature.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-10-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.