• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.2016.tde-16062016-095408
Documento
Autor
Nome completo
Letícia Brunelli Wolf
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2016
Orientador
Banca examinadora
Fukuda, Marisa Tomoe Hebihara (Presidente)
Lamonica, Dionisia Aparecida Cusin
Schmidt, Andreia
Título em português
Estimulação das habilidades do processamento fonológico e estudo do P300 em escolares com distúrbio de leitura e escrita
Palavras-chave em português
Distúrbio de leitura e escrita
Estimulação
P300.
Processamento fonológico
Resumo em português
Vários estudos têm apontado que falhas nas habilidades do processamento fonológico (consciência fonológica, memória fonológica e acesso ao léxico) estão relacionadas com distúrbios de leitura e escrita. Programas terapêuticos baseados na estimulação da consciência fonológica têm sido propostos, porém poucos se propõem a estimular as três habilidades do processamento fonológico. A efetividade dos programas terapêuticos é evidenciada por testes comportamentais e, na busca por biomarcadores da evolução terapêutica, o potencial evocado auditivo de longa latência (P300) tem sido estudado. O P300 é um potencial endógeno que avalia a resposta do sujeito a estímulos acústicos, envolvidos nas regiões cerebrais corticais e subcorticais relacionados com atenção, discriminação auditiva e memória. O presente estudo teve por objetivo investigar a eficácia de um programa de estimulação do processamento fonológico em escolares com Distúrbios de Leitura e Escrita por meio da análise dos testes comportamentais e P300 pré e pós-estimulação. Participaram deste estudo 10 escolares, que frequentavam regularmente o 4º, 5º, 6º ou 7º ano do Ensino Fundamental, com Distúrbio de Leitura e Escrita. Os escolares foram submetidos às avaliações de aritmética, consciência fonológica, memória fonológica, nomeação automática rápida, leitura e escrita, e submetidos ao exame P300, em seguida iniciaram uma intervenção baseada na estimulação das habilidades do processamento fonológico. A intervenção foi realizada em 20 sessões (semanais de 45 minutos). A proposta de intervenção foi baseada em exercícios de estimulação dos três componentes do processamento fonológico. Após a intervenção, foram novamente submetidos às mesmas avaliações comportamentais e avaliação do P300. Os resultados pré e pós-estimulação foram comparados por meio do Wilcoxon-test para amostras pareadas com o nível de significância de 0,05. Observou-se melhora no desempenho em todas as tarefas do Processamento Fonológico (p<0,05). A melhora também foi observada na leitura de palavras e pseudopalavras e compreensão de texto (p<0,05), além de diminuição de erros ortográficos no ditado e escrita espontânea (p<0,05). O P300 não apresentou diferença no período pós-estimulação, mostrando que o programa foi efetivo e que o P300 não foi um biomarcador eficiente de evolução terapêutica.
Título em inglês
Stimulation of phonological processing skills and study of P300 in students with reading and writing disorder
Palavras-chave em inglês
P300
Phonological processing
Reading and writing disorder
Stimulation
Resumo em inglês
Several studies have pointed out that failures in phonological processing skills (phonological awareness, phonological memory and lexical retrieval) are related to reading and writing disorders. Therapeutic programs based on phonological awareness have been proposed, but few are meant to stimulate the three phonological processing skills. The effectiveness of therapeutic programs is evidenced by behavioral tests, however, in the search for biomarkers of therapeutic evolution, the long-latency auditory evoked potential (P300) has been studied. The P300 is an endogenous potential that evaluates the response of the subject to acoustic stimuli involved in cortical and subcortical brain regions related to attention, auditory discrimination and memory. This study aimed to investigate the effectiveness of a stimulation program of phonological processing in children with reading and writing disorders by analyzing the behavioral tests and the P300 pre and post-stimulation. The participants of this study were 10 students who regularly attended the 4th, 5th, 6th or 7th year of elementary school and have reading and writing disorder. The students were submitted to arithmetic reviews, phonological awareness, phonological memory, rapid automatized naming, reading and writing, and submitted to the P300 examination, then began an intervention based on the stimulation of phonological processing skills. This intervention was performed in 20 sessions (45 minutes weekly). The proposed intervention was based on the stimulation exercises of the three components of phonological processing. After the intervention, they were again subjected to the same behavioral assessments and evaluation of P300. The pre and post-stimulation were compared using the Wilcoxon-test for paired samples with the 0.05 significance level. There was an improved performance in all tasks of Phonological Processing (p <0.05). The improvement was also observed in reading words and pseudo words and reading comprehension (p <0.05), and a reduction of spelling errors in dictation and spontaneous writing (p <0.05). The P300 showed no difference in post-stimulation period, showing that the program was effective and P300 cannot be considered a biomarker of therapeutic evolution.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
dissertacao.pdf (1.84 Mbytes)
Data de Publicação
2016-10-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.