• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.59.2016.tde-19012016-094005
Documento
Autor
Nombre completo
Patrícia Aparecida Zuanetti
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Ribeirão Preto, 2015
Director
Tribunal
Fukuda, Marisa Tomoe Hebihara (Presidente)
Felippe, Ana Clara Naufel de
Galera, Cesar Alexis
Giacheti, Célia Maria
Hamad, Ana Paula Andrade
Título en portugués
Consequências da obesidade infantil nas habilidades cognitivas envolvidas na aprendizagem da linguagem escrita
Palabras clave en portugués
Audição
Cognição
Linguagem infantil
Obesidade infantil
Transtornos de aprendizagem
Resumen en portugués
Introdução: O aumento dos índices de obesidade infantil nas últimas décadas vem merecendo atenção crescente como problema de saúde pública, devido ao impacto que causa na vida das crianças pelas diversas alterações metabólicas e outras patologias, além de trazer consequências sociais, econômicas e psicológicas. Estudos visando a relação obesidade infantil e cognição tiveram início, no entanto, somente nos últimos anos. Objetivo: Investigar a linguagem escrita e as diferentes habilidades cognitivas envolvidas no seu processamento em crianças que foram diagnosticadas com obesidade desde a primeira infância. Material e Métodos: 41 crianças (média de idade: 9,6 anos) participaram desse estudo. Foram divididas em grupos conforme estado nutricional: G1 (n=14) crianças com diagnóstico atual de obesidade e histórico de sobrepeso/obesidade desde antes dos três anos e G2 (n=27) crianças eutróficas (pareadas segundo a idade e tipo de escola). Foram analisados dados do histórico médico e nível de atividade física e realizada a avaliação audiológica (pesquisas dos limiares entre 250Hz e 16000Hz) nos dois grupos. Em seguida foram submetidos à avaliação da leitura de palavras e pseudopalavras, a testes de aritmética, escrita sob ditado, consciência fonológica, nomeação automática rápida, memória de trabalho fonológica, memória de trabalho visuoespacial, atenção (teste por cancelamento) e flexibilidade cognitiva (teste de trilhas). Para a análise estatística utilizou-se o teste de Igualdade de Proporções, o teste Manny-Whitney e Manova Não-Paramétrica = 0,05. Resultados: Os grupos eram homogêneos na proporção de histórico de intercorrências pré e peri natais e histórico de convulsões/otites/anemia e apresentaram igualmente baixo nível de atividade física. Não foram observadas diferenças nos testes de desempenho escolar nas tarefas de leitura/escrita/aritmética, porém, os resultados do teste de avaliação do uso de rotas de leitura, indicou dificuldade de G1 em alternar as rotas fonológicas e lexicais demonstrando dificuldade em flexibilidade cognitiva. Essa dificuldade foi confirmada pelos resultados de desempenho do teste de trilhas e de atenção alternada, apesar de manterem bom desempenho em testes de atenção pura. Não foram encontradas diferenças entre os grupos nas tarefas de nomeação automática rápida e memória de trabalho visuoespacial. Quanto à memória de trabalho fonológica, o G1 apresentou melhor desempenho assim como em tarefas de consciência fonológica que mais se utilizam deste tipo de memória. A avaliação auditiva indicou limiares auditivos dentro do padrão de normalidade nos dois grupos, porém o G1 apresentou limiares auditivos significativamente mais elevados nas frequências mais graves (250hz a 4000hz). Conclusão: O presente estudo demonstrou que a condição de obesidade leva a alterações no desempenho cognitivo em crianças com efeitos positivos sobre a memória de trabalho fonológica e algumas tarefas de consciência fonológica, e efeitos negativos em outras como a flexibilidade cognitiva e atenção alternada que interferiram no processamento da linguagem escrita na habilidade para alternar rotas de leitura. O desempenho escolar em geral, dos grupos foi semelhante, já outros recursos cognitivos que auxiliam em sua aprendizagem podem ter sido requeridos.
Título en inglés
Consequences of childhood obesity in cognitive skills involved in learning of written language
Palabras clave en inglés
Child language
Cognition
Hearing
Learning disorders
Pediatric obesity
Resumen en inglés
Introduction: The rising of obesity rates in childhood has deserved attention as a healthy public problem due to the impact caused in the lives of children by various metabolic and other diseases, causing social, economic and psychological consequences. However, only in recent years the studies aiming the link between obesity in children and cognition has begun. Objective: Evaluate the different cognitive skills involved in the written language in children diagnosed with childhood obesity. Methods and Materials: 41 children (age average: 9,6 years old) participated of this study. The children were divided in groups according to nutritional status: G1 (n = 14) children diagnosed with obesity and with history of overweight / obese since three years or less, and G2 (n = 27) normal weight (matched by age and type of school). Audiological evaluation (thresholds between 250Hz and 16,000Hz) was performed in both groups after evaluation of medical historical data and level of physical activity. Tests involving reading words and pseudo words, arithmetic, writing under dictation, phonological awareness, rapid automatized naming, phonological working memory, visuospatial working memory, attention (cancellation test) and cognitive flexibility (trail making test) were performed . The Proportions Equality, Manny-Whitney and Manova Non-Parametric - = 0.05 tests were used for statistical analysis. Results: The groups were homogeneous considering the history prenatal and perinatal complications and history of seizures / ear infections / anemia besides the both groups presented low level of physical activity. There were no differences in school performance tests involving reading / writing / arithmetic. However, G1 presented difficulty to alternate the phonological and lexical routes in tests involving the use of reading routes, so indicating difficulties in cognitive flexibility. This difficulty was confirmed by the results obtained in trail making and alternating attention tests, even while maintaining a good performance in pure tests of attention. No differences were observed between groups in rapid automatized naming and visuospatial working memory tests. G1 presented the best performance in tasks involving phonological working memory. The thresholds of hearing were considered present in normal range for both groups in the hearing tests. However G1 presented thresholds of hearing higher in low frequencies (250hz a 4000hz). Conclusion: This study showed that childhood obesity can change cognitive performance in children. Positive effects on phonological working memory and in some phonological awareness tasks were observed. However, negative effects were observed in tasks involving cognitive flexibility and alternating attention which interfered in the processing of written language and in the ability to alternate reading routes. In general the school performance were similar in both groups, however other cognitive resources that assist in their learning may have been required.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
TESE_fim.pdf (1.67 Mbytes)
Fecha de Publicación
2016-05-02
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.