• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.2019.tde-21112018-112132
Documento
Autor
Nome completo
Ana Carolina Arruda Miranda
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Schmidt, Andreia (Presidente)
Costa, Aline Roberta Aceituno da
Flores, Eileen Pfeiffer
Fukuda, Marisa Tomoe Hebihara
Título em português
Estratégias de ampliação do repertório verbal em crianças pré-escolares por meio de leitura compartilhada de histórias
Palavras-chave em português
Análise do comportamento ; Aprendizagem de palavras ; Crianças pré-escolares ; Desenvolvimento profissional ; Leitura compartilhada de histórias
Resumo em português
As contingências verbais promovidas pelo ambiente da educação infantil são importantes para que crianças pré-escolares desenvolvam seus repertórios verbais. Estudos indicam que a leitura compartilhada de histórias (LCH) tem efeitos significativos no desenvolvimento desses repertórios, principalmente quando associada a estratégias de ensino explícito de vocabulário. Porém, muitos educadores não têm conhecimento sobre essas estratégias e sobre como ocorre a aprendizagem a partir da LCH. Este trabalho, composto por três estudos, teve dois objetivos gerais: identificar as principais estratégias de LCH empregadas para o ensino explícito de palavras a crianças pré-escolares, estudadas pela literatura; e elaborar e implementar duas intervenções: uma delas voltada diretamente para crianças pré-escolares, e outra para professoras da Educação Infantil, ambas focadas no ensino de palavras por meio da leitura compartilhada de histórias. O Estudo 1 consistiu em uma revisão integrativa das estratégias de LCH testadas como prática de ensino publicadas em diferentes bases de dados entre 2006 e 2016. Foram analisados 13 artigos e foi possível identificar que todas as estratégias analisadas foram correlacionadas positivamente com ganhos por parte das crianças em diversas habilidades linguísticas. O Estudo 2 teve como objetivo testar os efeitos cumulativos do uso de estratégias de ensino de palavras a partir de sessões de LCH na aprendizagem de palavras por crianças pré-escolares. Foram realizadas três sessões de leitura compartilhada de uma mesma história e uma sessão composta por uma atividade complementar sobre as palavras da história lida, em uma classe de 13 crianças de 4 a 5 anos. Em cada sessão foi implementada uma estratégia de ensino de substantivos e verbos: Destacar a palavra-alvo, Explicar o significado da palavra-alvo, Iniciar conversas sobre a palavra-alvo e Atividades Complementares. Foi possível identificar ganhos significativos (p<0,05) das crianças em tarefas de emparelhamento ao modelo para substantivos e ganhos muito significativos (p<0,01) nas tarefas de nomeação tanto para substantivos quanto para verbos, na comparação entre medidas de pré e pós-teste. O Estudo 3 testou os efeitos de um programa de desenvolvimento profissional sobre estratégias de ensino de palavras a partir de LCH no uso dessas estratégias por parte de três professoras (medida primária) e na aprendizagem de palavras por parte das crianças, alunas dessas professoras (medida secundária). O programa de desenvolvimento profissional foi composto por um workshop sobre estratégias de ensino de palavras a partir de LCH e sessões de consultoria colaborativa, testados em um delineamento de linha de base múltipla. Foi possível identificar um aumento no uso de estratégias por parte das professoras após o workshop, além de manutenção e aumento desse uso durante os períodos Atividade de Contação de História e Atividades Complementares, respectivamente, após a implementação das sessões de consultoria colaborativa. Verificou-se, também, ganhos muito significativos (p>0,01) por parte das crianças nas tarefas de emparelhamento e definição de palavras. Além disso, as sessões de consultoria colaborativa permitiram a identificação de problemas vivenciados pelas professoras que influenciam, tanto em atividades cotidianas em sala de aula, quanto nas atividades propostas por esse estudo. O conjunto dos estudos confirmou a eficácia da LCH para ensino de repertórios verbais a crianças e apontou a necessidade de desenvolvimento de mais intervenções voltadas para professores nessa área
Título em inglês
Strategies of verbal repertoire extension in preschool children through shared book reading
Palavras-chave em inglês
Behavior analysis ; Preschool children ; Professional development ; Shared book reading ; Word learning
Resumo em inglês
Verbal contingencies, promoted by early childhood education, and are important for preschool children to develop their verbal repertoires. Studies indicate that shared book reading (SBR) has a significant effect in developing there repertoires, especially when associated with explicit vocabulary teaching strategies. However, many educators have no knowledge about those strategies or about how SBR can promote learning processes. This research, composed by three studies, has two general purposes: to identify the main vocabulary-teaching strategies used during SBR with preschool children studied by the literature; and develop and implement two interventions: one applied to preschool children, and the other applied to early childhood educators, focused on vocabulary-teaching through SBR. Study 1 consisted in an integrative review of strategies used in SBR activities, tested as a teaching practice, published in different databases between 2006 and 2016. We analyzed 13 articles and identified that all strategies analyzed were positively correlated with gains in several language skills. The Study 2 aimed to test the cumulative effects in the use of word teaching strategies through SBR in word learning by preschool children. Three sessions of SBR of the same story, and one session of one complementary activity about words found in the story were implemented in a class of 13 children, from 4 to 5 years old. In each session, one teaching strategy was implemented to teach nouns and verbs: "Highlight the target word", "Explain the target word", "Start conversations about the target word" and "Complementary Activities". Significant gains (p <0.05) in matching to sample tasks for substantive and more significant gains (p <0.01) in naming tasks, between pre-test and post-test measures were identified . Study 3 tested the effects of a professional development program of word teaching strategies through SBR in measures of strategies use by three educators (primary measure) and in word learning by children in their class (secondary measure). The Professional development program was composed by a workshop about word teaching strategies trough SBR and collaborative consulting sessions, tested in a multiple baseline design. We identified a raise in strategies use by all the teachers after the workshop, and also a maintenance and a increase of this use in Telling Story Activity and Complementary Activities periods, respectively, after the implementation of collaborative consulting sessions. Significant gains (p>0,01) in childrens matching to sample and definition tasks performances were also observed. Moreover, collaborative consulting sessions allowed the identification of problems experienced by those educators that had influence, not only in everyday activities, but also activities proposed by this study. This set of studies confirm the efficacy of SBR in teaching verbal repertoires to children and pointed out the necessity of developing more interventions for educators in this area
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-02-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.