• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.59.2020.tde-29082019-145339
Documento
Autor
Nome completo
Gabriel de Almeida Codo Marques
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2019
Orientador
Banca examinadora
Bueno, Jose Lino Oliveira (Presidente)
Acosta, Andrés Manuel Pérez
Bairrao, Jose Francisco Miguel Henriques
Título em português
Efeitos do silêncio musical na percepção subjetiva de tempo
Palavras-chave em português
Expectativa
Música
Silêncio musical
Tempo subjetivo
Resumo em português
O contexto musical, que é a percepção do resultado sonoro da construção estrutural (ordenação dos sons) ao longo do tempo, pode guiar o ouvinte de forma complexa, de modo que um período de silêncio, cercado de diferentes arredores musicais, gere diferentes percepções. A percepção de tempo ou tempo subjetivo refere-se à percepção da duração de um evento ou intervalo estimado por um indivíduo. É possível que os diferentes tipos de silêncio interfiram na percepção do indivíduo, ocasionando distorções temporais musicais. O objetivo do trabalho foi verificar se aspectos estruturais de uma composição musical que precedem um período de silêncio interferem na percepção subjetiva de tempo. Para isso, foram realizados dois experimentos, empregando-se um notebook. No experimento I foram empregados 12 excertos de obras musicais genuínas, sendo avaliado pelos participantes o grau de expectativa e finalização nos silêncios de cada excerto. No Experimento II foram empregados oito excertos de composições musicais com períodos de silêncio selecionados a partir dos resultados do Experimento I. A tarefa do participante foi comparar o tempo do silêncio de cada excerto com diferentes durações de tons puros. Os resultados mostram que na comparação das condições Expectativa e Finalização com o tempo real do período de silêncio musical ocorreram distorções temporais para a condição de Finalização. A comparação entre as duas condições não mostrou diferenças estatísticas significantes. Conclui-se que o estudo do silêncio musical exige procedimentos metodológicos mais apropriados
Título em inglês
Effects of musical silence on subjective time perception
Palavras-chave em inglês
Expectation
Music
Musical silence
Subjective time
Resumo em inglês
The musical context, which is the perception of the construction of sound structures (ordering of sounds) over time, can guide the listener in a complex way, so that a period of silence, surrounded by different musical surroundings, generates different perceptions. The perception of time or subjective time refers to the perception of the duration of an event or the estimated interval by an individual. It is possible that the different types of silences interfere in the individual's perception, causing temporal musical distortions. The objective of this work was to verify if structural aspects of a musical composition that precedes a period of silence interfere in the subjective perception of time. For this, two experiments were carried out, using a notebook. In the Experiment I 12 excerpts of genuine musical works were used, and the degree of expectation and finalization in the silences of each excerpt was evaluated by the participants. In Experiment II, eight excerpts of musical compositions were used with periods of silence selected from the results of Experiment I. The participant's task was to compare the time of the silence of each excerpt with different durations of pure tones. The results show that in the comparison of the conditions Expectation and Finalization with the real time of the musical silence period there were temporal distortions for the Finalization condition. The comparison between the two conditions did not show significant statistical differences. We conclude that the study of musical silence requires more appropriate methodological procedures
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-01-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.