• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.59.2012.tde-10102013-153531
Documento
Autor
Nome completo
Mara Silvia Pasian
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2012
Orientador
Banca examinadora
Bazon, Marina Rezende (Presidente)
Bertolla, Márcia Helena da Silva Melo
Lacharité, Carl
Marturano, Edna Maria
Rose, Tania Maria Santana de
Título em português
Maus-tratos infantis: o impacto da negligência no desenvolvimento psicossocial e acadêmico de crianças em fase inicial de escolarização
Palavras-chave em português
Desenvolvimento da criança
Fatores de risco
Maus-tratos infantis
Negligência
Relações pais-filhos
Resumo em português
Crianças e adolescentes de todo o mundo são vítimas de maus-tratos domésticos, sendo a negligência, a modalidade mais recorrente e que se apresenta associada a inúmeras consequências negativas para o desenvolvimento infantil. O presente trabalho teve como objetivo estudar o fenômeno da negligência infantil e suas consequências no plano do desenvolvimento psicossocial e acadêmico de crianças em fase inicial de escolarização no contexto brasileiro, bem como os fatores de risco associados. Para isso, foram investigadas características dos cuidadores e das crianças com idade variando entre seis e oito anos, organizados em três grupos. O primeiro grupo (GRUPO 1) foi formado por casos notificados por negligência ao Conselho Tutelar; o GRUPO 2 foi formado por casos suspeitos de negligência, porém não notificados, tendo por base observações de professores no contexto escolar; o GRUPO 3 foi formado também a partir de indicações de professores de crianças sem suspeitas de maus-tratos/negligência (grupo de referência). Cada grupo foi constituído por 30 díades de crianças-cuidadores. Realizados os procedimentos relativos às normas éticas, foi efetuado o contato com o Conselho Tutelar, as escolas e as famílias. Obtidas as devidas autorizações, procedeu-se à coleta de dados, utilizando-se os instrumentos: Questionário de Caracterização Sociodemográfica; Inventário de Potencial de Maus-tratos Infantis (CAP); Child Neglect Index; Inventário de Comportamentos da Criança e Adolescente - 6 a 18 anos (CBCL); Inventário de Comportamentos da Criança e Adolescente/ Relatório para Professores - 6 a 18 anos (TRF) e Teste de Desempenho Escolar (TDE). Para descrever o perfil da amostra por grupos realizaram-se análises estatísticas. Os resultados mostraram diferença significativa entre os GRUPOS 1 e 2 (similares entre si) com relação ao GRUPO 3 no plano de diversas variáveis de caracterização, concebidas como fatores de risco, destacando-se mais baixo status socioeconômico das famílias, menor nível de escolaridade dos cuidadores, e a menor idade em que as mães teriam tido o primeiro filho. No mais, os cuidadores dos GRUPOS 1 e 2 também apresentaram maior potencial de risco para o abuso/negligência e suas práticas parentais caracterizam-se pela presença de mais indicadores de negligência, em comparação ao GRUPO 3. Com relação aos aspectos do desenvolvimento infantil e do desempenho escolar, as crianças dos GRUPOS 1 e 2 apresentaram, em sua maioria, escores similares que, de modo geral, indicaram déficits em diversos aspectos desenvolvimentais e dificuldades de aprendizagem no início da escolarização. Com base nesses resultados, pode-se concluir que as crianças notificadas por negligência, bem como as suspeitas de viverem essa problemática, manifestam igualmente problemas desenvolvimentais significativos em uma etapa muito sensível, o início da escolarização, o que suscita enorme preocupação, pois a não superação destes aumenta a possibilidade dessas crianças enfrentarem desafios cada vez maiores. O cenário descrito pelo presente estudo impõe a necessidade de investimentos na prevenção da negligência infantil, seja em termos de investigação científica, seja no que se refere às medidas de proteção.
Título em inglês
Child abuse: the impact of neglect on academic and psychosocial development of children in early schooling
Palavras-chave em inglês
Child abuse
Childhood development
Neglect
Parent child relations
Risk factors.
Resumo em inglês
Children and youths around the world are victims of domestic abuse, negligence being the most recurring category, which is associated with several harmful consequences for childhood development. The aims of this thesis were to investigate the phenomenon of childhood neglect and its consequences to the psychosocial and academic development of children in the initial stage of schooling in Brazil as well as the associated risk factors. To accomplish these objectives, the features of the caregivers and children with ages ranging from six to eight, were investigated which was organized in three groups. The first group (group 1) was formed by cases of neglect notified to the Child Protection Council; the second group (group 2) was formed by suspect cases of neglect, but not notified to the Child Protection Council, based on their school teachers´ observation; the third group (group 3) was also formed by indications of the school teachers, but by children not suspected to be neglected (reference group). Each group consisted of thirty dyads of child- caretaker. After carrying out all the relative procedures to the ethical issues, the Child Protection Council, schools and children were contacted. After obtaining the necessary authorizations, the data collection was accomplished, through the following instruments: Questionário de Caracterização Sociodemográfica (socio-demographic questionnaire); Child Abuse Potential Inventory - CAP; Child Neglect Index; Child and Youth Behavior Inventory, 6-18 years - CBCL; Child and Youth Behavior Inventory, 6-18 years/Teacher Report Form -TRF and Teste de Desempenho Escolar - TDE (School performance test). To describe the sample's profile of the groups, statistical analyses were performed. The results show similarities between groups 1 and 2, which, in contrast, are quite different from group 3 concerning several characterization variables. They are conceived as risk factors, highlighting families with lower socioeconomic status, lower education level of the caregivers and the lowest age of the mothers when the first child was born. Moreover, the caregivers of groups 1 and 2 also show higher potential risks for abuse than those of group 3. Furthermore, more neglect indicators were found in groups 1 and 2 than in group 3. Concerning the childhood development aspects and academic performances, children of groups 1 and 2, in general, show similar results, having shortfalls in several developmental aspects and learning difficulties at the beginning of the literacy stage. Based on these results, one can conclude that children notified as neglected and those of suspect cases expressed equally significant developmental problems during a sensitive period of their lives, the beginning of the literacy, giving rise to a huge concern since failure at this stage increases the chances of major drawbacks in their future. The scenario revealed by the present study points out the necessity of investments in children negligence prevention, supporting both scientific investigations and protective actions.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-02-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.