• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.2010.tde-12112013-160322
Documento
Autor
Nome completo
Marcelo Georgétti Vieira
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2010
Orientador
Banca examinadora
Furlan, Reinaldo (Presidente)
Sass, Simeão Donizeti
Simanke, Richard Theisen
Título em português
Corpo e psicopatologia na filosofia de Merleau-Ponty
Palavras-chave em português
existencialismo francês
fenomenologia
Merleau-Ponty
psicopatologia.
Resumo em português
No presente estudo, nos propomos a estudar a noção de psicopatologia presente nas primeiras obras de Merleau-Ponty, A Estrutura do Comportamento, publicada em 1942, Fenomenologia da Percepção, publicada em 1945, e em parte do resumo de cursos realizados na Sorbonne, realizados entre 1948 e 1952. Por não se tratar de um tema diretamente abordado pelo filósofo, e sendo a doença compreendida como um comprometimento da vida, em um primeiro momento nos ocupamos de esboçar a noção de vida para este, tida como um princípio auto-regulativo, normativo e polarizado para um conjunto de relações concretas entre o organismo e seu meio visando atender tanto às necessidades biológicas do primeiro quanto às demandas adaptativas impostas pelo segundo. Destacamos como fundamental a repercussão do pensamento de Goldstein dentro do pensamento merleau-pontyano, que contribuiu com uma concepção integracionista de organismo presente sobretudo na primeira obra de Merleau-Ponty (A Estrutura do Comportamento), e também com a noção de "coming to terms", isto é, do modo como se dá o ajuste entre o organismo e seu meio. Também nos reportamos a Georges Canguilhem, por sua afinidade com o pensamento do filósofo e pela importante contextualização desta noção de vida de que tratamos dentro da história da medicina. Em um segundo momento, nos ocupamos então de uma análise mais pormenorizada da noção de psicopatologia presente nas discussões sobre corporeidade que se apoiaram sobre a análise de quadros doentios presentes na Fenomenologia da Percepção e nos cursos da Sorbonne, o caso Schneider de lesão cerebral, da jovem afônica, do membro fantasma, das alucinações esquizofrênicas e das alucinações verbais. Ressaltamos as interlocuções entre o filósofo e Sartre, Minkowski, Politzer e o pensamento freudiano. Por fim, discutimos sobre a proposta de compreender a loucura como potencialidade criativa, uma implicação indireta para nosso tema presente no ensaio que Merleau-Ponty redigiu sobre Cézanne, publicado em 1948 sob o nome de A Dúvida de Cézanne. (FAPESP)
Título em inglês
Body and psychopathology in Merleau-Ponty's philosophy.
Palavras-chave em inglês
French existentialism
Merleau-Ponty
phenomenology
psychopathology
Resumo em inglês
In the present work, we aim to study the notion of psychopathology in Merleau-Ponty's first works, The Structure of Behavior, published in 1942, Phenomenology of Perception, published in 1945 and in part of the resumes in Sorbonne's courses, offered between 1948 and 1952. Once it's not a theme straightly approached by the philosopher, and once sickness is understood as an injury to life, firstly we look for a rough-draw of his notion of life, considered as a self regulative and normative principle, turned to an amount of concrete relations between the organism and its environment, attempting to solve both in first one's biological needs as in adaptive demands imposed by the second. We emphasize as fundamental the repercussion of Goldstein's thoughts in Merleau-Ponty's, which has contributed with an integrationist conception of organism present mainly in Merleau-Ponty's first work (The Structure of Behavior) and also with the notion of "coming to terms", that is, how an organism and its environment come to a mutual agreement. We also turn ourselves to Canguilhem, as much for his affinity with the philosopher's thoughts as for the meaningful position of this notion of life we argue inside medicine's history. In a second moment, we develop a more detailed analysis of psychopathology's notion that appears in Phenomenology of Perception and Sorbonne courses' discussions on embodiment developed from the examination of illness cases, such as Schneider's brain damage, the aphonic lady, the phantom member, schizophrenic hallucinations and verbal hallucinations. We emphasize the interlocutions between the philosopher and Sartre, Minkowski, Politzer and Freudian's thought. At last, we discuss the proposal of understanding madness as a creative potentiality, an indirect implication for our theme present in Merleau-Ponty's issue on Cézanne, published in 1948 as Cézanne's Doubt. (FAPESP)
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-02-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.