• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Doctoral Thesis
DOI
10.11606/T.59.2017.tde-17012017-203441
Document
Author
Full name
Vanessa Monteiro Cesnik van der Geest
E-mail
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
Ribeirão Preto, 2016
Supervisor
Committee
Zerbini, Thaís (President)
Dias, Hélia Maria da Silva
Santos, Manoel Antonio dos
Silva, Luciana Mourão Cerqueira e
Sticca, Marina Greghi
Title in Portuguese
Avaliação de necessidades de treinamento de profissionais de enfermagem na área da sexualidade
Keywords in Portuguese
Educação sexual
Enfermagem
Formação profissional
Sexualidade
Treinamento Desenvolvimento e educação
Abstract in Portuguese
A literatura indica que os profissionais de saúde sentem dificuldade e desconforto em lidar com questões de sexualidade, no contexto hospitalar. É fundamental, portanto, investigar as competências necessárias para o bom desempenho dos profissionais de enfermagem, relacionado a questões de sexualidade para o cuidado integral do paciente, assim como as lacunas de competências e os fatores que se relacionam com estas necessidades de treinamento. A Avaliação de Necessidades de Treinamento (ANT), subsistema da área de Treinamento, Desenvolvimento e Educação de pessoas (TD&E), mostra-se como uma estratégia adequada para investigar essas lacunas de competências e os fatores que as influenciam. Dessa forma, a presente tese teve como objetivo geral investigar a influência de variáveis de características da clientela (dados demográficos, funcionais, crenças e atitudes) nas necessidades de treinamento, na área da sexualidade do profissional de enfermagem, em contexto hospitalar. Para isso, seguindo parâmetros psicométricos, foi construído o instrumento de avaliação de Necessidades de Treinamento de profissionais de enfermagem na área da Sexualidade (NTES), e foi adaptado da língua inglesa o instrumento Sexuality Attitudes and Beliefs Survey - SABS. Objetivou-se, ainda, verificar evidências de validade dos instrumentos de medida mencionados. A coleta de dados foi realizada a distância, por meio da internet, em que foram disponibilizados os instrumentos digitalizados e os links enviados por e-mail e por meio de questionários impressos, entregues aos profissionais do hospital geral, tendo sido respeitados os aspectos éticos envolvidos. Foram feitas análises descritivas e exploratórias dos dados, análises dos componentes principais e fatoriais e de consistência interna para as análises exploratórias das estruturas empíricas dos questionários e análises de regressão múltipla (padrão, stepwise) para o relacionamento entre as variáveis. As escalas desenvolvidas na presente pesquisa são psicometricamente válidas e confiáveis. Em suma, os profissionais que obtiveram maiores necessidades de treinamento em Discussão geral sobre sexualidade foram aqueles com menor crença de Importância em abordar questões sexuais e que não atendem adolescentes, crianças e ou bebês. Os profissionais que obtiveram maiores necessidades de treinamento em Prevenções e complicações clínicas na sexualidade foram aqueles com menor crença de Importância em abordar questões sexuais. Por fim, os profissionais que obtiveram maiores necessidades de treinamento em Exposição íntima do paciente foram aqueles com maior tempo de trabalho no hospital. As outras variáveis estudadas não entraram para o modelo de predição das necessidades de treinamento. É importante discutir sobre o entrelaçamento entre os domínios cognitivo e afetivo, no caso de treinamentos na área da sexualidade. Os treinamentos ofertados nesta área devem buscar a integração destes dois domínios, de modo que os valores dos profissionais de enfermagem sejam alinhados às necessidades dos pacientes e não apenas às suas próprias crenças pessoais.
Title in English
Training Needs Analysis in the area of sexuality for nursing professionals
Keywords in English
Nursing
Professional Training
Sexual Education
Sexuality
Training and Development
Abstract in English
Literature points to the difficulty and discomfort health professionals might face when dealing with issues on sexuality in the hospital setting. In this respect, investigating the required skills, related to sexuality issues, nursing professionals need to perform properly for the integral patient care, in addition to skill gaps and factors regarding these training needs is very important. Training Needs Analysis (TNA), a step in Training and Development area, is an appropriate strategy to investigate these skill gaps and factors influencing them. Thus, this thesis aimed to study the effects of individual characteristics (demographic, functional, beliefs and attitudes) on training needs, concerning sexuality issues for nursing professionals, in a hospital context. For this purpose, following psychometric parameters, we elaborated a training needs analysis instrument in the area of sexuality for nursing professionals, and adapted to Portuguese the questionnaire Sexuality Attitudes and Beliefs Survey - SABS. Reliability of the mentioned scales was verified. Data collection was conducted through the Internet, in order to email the questionnaires and links; besides, printed questionnaires were delivered to the professionals in the hospital, respecting all research ethical principles. We carried out descriptive and preliminary analyses of data, internal consistency reliability, principal components, and exploratory factor analysis for the empirical structures of the instruments, and multiple regressions (standard, stepwise) to test the relationships between the variables. All scales are psychometrically valid and reliable. In short, professionals who had higher training needs in General discussion on sexuality were those with lower belief in Importance of addressing sexual issues, and do not treat adolescents, children, or babies. Professionals who had higher training needs in Preventions and clinical complications on sexuality were those with lower belief in Importance of addressing sexual issues. Finally, professionals who had higher training needs in Patient intimate exposure were those who longer work in the hospital. The other considered variables did not predict training needs. Discussing the links between affective and cognitive domains in training programs on sexuality is important. Therefore, training in this area should integrate both types of learning, so that nursing professionals values are aligned to patients needs, and not only to the former´s personal beliefs.
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
Publishing Date
2017-05-03
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
CeTI-SC/STI
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2020. All rights reserved.