• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.2010.tde-23102013-151428
Documento
Autor
Nome completo
Luciana Trindade Valente de Carneiro
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2010
Orientador
Banca examinadora
Figueiredo, Marco Antonio de Castro (Presidente)
Duarte, Geraldo
Neufeld, Carmem Beatriz
Título em português
A vivência da maternidade: um estudo com gestantes portadoras do HIV
Palavras-chave em português
HIV/AIDS
Maternidade
saúde reprodutiva
vulnerabilidade feminina
Resumo em português
Esta pesquisa originou da preocupação pela progressão do HIV/AIDS na população feminina, acompanhada da interiorização da doença. As políticas públicas de saúde voltadas a saúde da mulher têm se preocupado não somente com a redução da transmissão vertical do vírus HIV mas também com a qualidade da assistência ofertada Para tanto o Hospital das Clinicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCFMRP/USP) oferece um programa de assistência ao pré natal para gestantes de alto risco que padroniza as ações necessárias a serem executadas pelos profissionais que atuam nessa área. Na perspectiva de conhecer as características desta mulheres em torno da gestação e o modo como as gestantes percebem o pré-natal, é que este estudo objetivou a criação de elementos para a concepção de estratégias de orientação e manutenção da saúde e direitos reprodutivos para gestantes portadoras de HIV/Aids. Foram realizadas dez entrevistas com gestantes soropositivas que estavam realizando o pré natal no Ambulatorio de Molésticas Infecto Contagiosas do HCFMRP/USP. Realizou-se um estudo descritivo, exploratório, com uma abordagem qualitativa. Os dados foram organizados através da análise temática de Minayo. Através dos dados transcritos das entrevistas, formou-se categorias para os questionamentos levantados. Os resultados mostraram pontos importantes como o planejamento da gravidez e a soropositivadade no qual essas mulheres excerceram seu direito reprodutivo apesar da sua condição clínica. O enfrentamento da doença também foi ponto importante na pesquisa pois a maioria dessas mulheres aderiram ao tratamento e as consultas do pré natal ponderando sempre a saúde dos bebês.trazendo sempre a preocupação com a tranmissão vertical. Concluiu-se que é necessário organizar o atendimento a essas mulheres de forma integral, para além do manejo clínico da infecção e seus sintomas, incorporando, por exemplo, a sua saúde reprodutiva e sua vida familiar.
Título em inglês
The experience of motherhood: a study of HIV infected pregnant women
Palavras-chave em inglês
HIV / AIDS
Motherhood
Reproductive Health
women's vulnerability
Resumo em inglês
This research originated from the concern over the progression of HIV / AIDS among the female population, accompanied by the internalization of the disease. The public health policies aimed at women's health have been concerned not only with the reduction of transmission of the HIV virus but also with the quality of care offered. For that the Hospital das Clinicas of the Faculty of Medicine of Ribeirao Preto, University of São Paulo (HCFMRP / USP) offers an assistance program for prenatal women at high risk that standardizes the necessary actions to be performed by health professionals in this area. From the perspective of knowing the characteristics of women around pregnancy and how pregnant women perceive prenatal care, this study aimed at creating elements for the design of strategies for guiding and maintaining the health and reproductive rights for pregnant women with HIV / AIDS. Ten interviews were conducted with HIV positive pregnant women who were attending at the Prenatal Clinic of the Infectious Diseases Infectious HCFMRP / USP. We conducted a descriptive, exploratory study with a qualitative approach. Data were organized by Minayo´s.thematic analysis Using data from transcribed interviews, graduated categories to the questions were raised. The results showed some points such as planning the pregnancy and seropositivity in which these women their reproductive rights were maintained despite her condition. Confronting the disease was also important point in the research because most of these women adhered to treatment and consultation of prenatal always pondering the health of their babies bringing always a concern with vertical transmission. Concluded that it is necessary to organize a complete care for these women, beyond the clinical management of infection and its symptoms, including, for example, their reproductive health and family lifestyle.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-02-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.