• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.2013.tde-25102013-180640
Documento
Autor
Nome completo
Nathalia Galo Farnocchi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2013
Orientador
Banca examinadora
Garcia, Teise de Oliveira Guaranha (Presidente)
Correa, Bianca Cristina
Jacomini, Marcia Aparecida
Título em português
Programa de apoio pedagógico: a política do segundo professor na visão dos profissionais
Palavras-chave em português
Ensino Fundamental
Políticas Públicas Educacionais
Professor de Apoio
Recuperação Escolar
Resumo em português
Esta pesquisa analisa o Programa de Apoio Pedagógico implementado na Rede Municipal de Ensino de Ribeirão Preto, a partir da percepção dos profissionais. A pesquisa, de natureza qualitativa, foi realizada entre agosto de 2011 e junho de 2013, e utilizou-se de análise documental; entrevistas com gestores municipais; aplicação de questionários a Professores de Apoio Pedagógico (PAPs) atuantes no ano letivo de 2012; e entrevistas com PAPs e Professores Titulares que atuaram com Professores de Apoio. A inserção de um segundo professor em sala de aula foi verificada em quantidade significativa em diferentes Redes de ensino em todo o país. Para compreensão das diferentes experiências de introdução do segundo professor em sala de aula, foram identificadas diferentes realidades em que a implantação do Professor de Apoio tem sido efetivada: o Professor de Apoio em Portugal, dentro de uma perspectiva de educação inclusiva, o collaborative teaching, nos Estados Unidos, a docência compartilhada, em Porto Alegre (RS), e o Auxiliar de Ensino nas Redes Municipal e Estadual de Ensino de São Paulo. A proposta do segundo professor parece ter se difundido no Brasil a partir da década de 1990, quando é iniciada uma profunda reforma no Estado Brasileiro, com importantes implicações para as políticas educacionais. Em relação ao Programa objeto de análise, foi constatada ausência de documentos oficiais que relatassem seu histórico e suas orientações teórico-metodológicas. A partir dos dados dos questionários e das entrevistas com os Professores, buscou-se apresentar o Programa de Apoio Pedagógico segundo a percepção dos profissionais. Os dados obtidos permitiram verificar a existência no Programa de entraves na efetivação de uma educação na perspectiva de qualidade social. A fragilidade da política foi identificada na indefinição clara de objetivos, a ausência de orientações e de formação específica para a função de Professor de Apoio Pedagógico, a ausência ou insuficiência de materiais destinados ao Programa, e a ausência de instrumentos formais para sua avaliação. Observou-se que a prática do Professor de Apoio Pedagógico ainda não foi consolidada, e que as dificuldades de implantação do segundo professor reiteram os obstáculos presentes no primeiro programa de atuação de voluntários que o antecede.
Título em inglês
Educational Support Program: the politics of second teacher from the professionals perception
Palavras-chave em inglês
Elementary School
Public Educational Policy
Remedial Teaching
Support Teacher
Resumo em inglês
This research analyzes the Educational Support Program implemented in Municipal Schools of Ribeirão Preto, from the professionals perception. The research was qualitative, was conducted between August 2011 and June 2013, and used document analysis, interviews with municipal managers; questionnaires with Educational Support Teachers (PAPs) who worked in the academic year 2012, and interviews with PAPs and Teachers who worked with Support Teachers. The insertion of a second teacher in the classroom was found in significant amounts in different school systems throughout the country. To understand the different experiences of introducing the second teacher in the classroom, it was identified different realities in which the implementation of Support Teacher has been effected: Support Teacher in Portugal, within a perspective of inclusive education, the collaborative teaching in the United States, shared teaching, in Porto Alegre (RS), and Teaching Assistant in the São Paulo´s Municipal and State Education Systems. The proposal of second teacher seems to have been widespread in Brazil from the 1990s, when it began a profound reform in the Brazilian State, with important implications for educational policy. Regarding the analyzed program was observed absence of official documents to report on its history and its theoretical and methodological orientation, necessitating the use of oral sources through interviews with management team´s representatives of the researched city´s Municipal Department of Education. From the data of questionnaires and interviews with teachers sought to present the Educational Support Program by professionals perception. The obtained data showed the existence of barriers in the Program to actualize an education from the perspective of social quality. The fragility of the politics were identified in undefined clear goals, the absence of guidelines and specific training for the role of Educational Support Teachers, the lack or the failure of materials for the Program, the absence of formal instruments for its evaluation. It was observed that Pedagogical Support Teacher´s practice has not yet been consolidated, and the difficulties of implementing the second teacher reiterate the obstacles in the first program of volunteers work that precedes it.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-11-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.