• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2007.tde-06112007-205024
Documento
Autor
Nome completo
Mônica Tilli Reis Pessôa Conde
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Waldman, Eliseu Alves (Presidente)
Luna, Expedito José de Albuquerque
Oliveira, Acary Souza Bulle
Título em português
Síndrome pós-poliomielite: aspectos epidemiológicos e prognósticos
Palavras-chave em português
Epidemiologia
Poliomielite
Síndrome pós-poliomielite
Resumo em português
Objetivos: Descrever aspectos clínicos e epidemiológicos da síndrome pós-poliomielite (SPP) e fatores associados, bem como suas repercussões na capacidade funcional e à sua gravidade. Métodos: Estudo descritivo de série de casos e fatores prognósticos da SPP, em população de pacientes com diagnóstico de SPP acompanhados no Ambulatório de Doenças Neuromusculares da Universidade Federal de São Paulo. A definição de caso utilizada foi história prévia de poliomielite, período de estabilidade funcional maior ou igual a 15 anos, presença de nova fraqueza muscular por período maior de 1 ano e a exclusão de outras enfermidades que pudessem afetar a força muscular. A descrição da doença foi efetuada segundo aspectos relativos ao tempo, espaço e pessoa. A associação entre formas graves e exposições de interesse foi investigada pelas estimativas não ajustadas e ajustadas da odds ratio, com os respectivos intervalos de confiança de 95%, usando regressão logística não condicional. Resultados: Dos 132 casos de SPP estudados, 63,6% eram do sexo feminino; a mediana da idade foi de 45,5 anos. A mediana da idade da poliomielite aguda foi de 17 meses, do período de recuperação funcional foi de 3,0 anos e do período de estabilidade funcional 33,7 anos; 50,4% foram considerados graves. Mostraram-se independentemente associados à gravidade: período de recuperação neurológica e funcional máximo menor e igual a 4 anos (OR= 2,8;IC95%:1,2-6,7), seqüela crônica de dois membros (OR=3,6;IC95%:1,5-8,7) e ter residido na época da poliomielite aguda em município com acesso a assistência médica de maior complexidade (OR=2,5;IC95%:1,15,6).Conclusões: A alta proporção de casos graves e as perdas funcionais dos pacientes com SPP no Brasil indicam a necessidade de políticas públicas focalizando o problema.
Título em inglês
Post-polio syndrome: epidemiological and prognostic aspects
Palavras-chave em inglês
Epidemiology
Poliomyelitis
post-poliomyelitis syndrome
Resumo em inglês
Objectives: To describe the clinical and epidemiological aspects of post-poliomyelitis syndrome (PPS) and associated factors, and repercussions on functional capacity and severity. Methods: A descriptive study of cases series and prognostic factors was undertaken, including PPS patients from Neuromuscular Diseases Outpatients Clinic of the Federal University of São Paulo. The case definition used was a previous history of poliomyelitis with a period of functional stability more than or equal 15 years and presence of new muscle weakness lasting greater than 1 year, after ruling out other diseases that affect the muscle strength. The disease was described in terms of time, space and personal characteristics. Associations between severe forms and exposures of interest were investigated by calculating unadjusted and adjusted odds ratios, with respective 95% confidence intervals, using unconditional logistic regression. Results: The median age of the 132 PPS cases studied was 45.5 years and 63.6% were women. The median age when poliomyelitis was contracted was 17 months, median time taken to achieve maximum functional recovery was 3.0 years and median length of time with functional stability was 33.7 years; 50.4% were considered severe. Factors independently associated with severity: neurological and maximum functional recovery period less than or equal 4 years (OR= 2.8; 95%CI:1.26.7), permanent sequelae in two limbs (OR=3,6;95%CI:1,5-8,7) and having lived at the time of acute poliomyelitis in a municipality with access to higher-complexity medical care (OR=2,5;95%CI:1,15,6). Conclusions: The high proportion of severe cases and losses of functional capacity among PPS patients in Brazil indicate the need for public policies focusing on this problem.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-11-09
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • CONDE, M. T. R. P., et al. Post-polio syndrome: epidemiologic and prognostic aspects in Brazil [doi:10.1111/j.1600-0404.2008.01142.x]. Acta Neurologica Scandinavica [online], 2009, vol. 120, p. 190-197.
  • CONDE, Monica TRP, et al. Post-polio syndrome: epidemiologic and prognostic aspects in Brazil. Acta Neurologica Scandinavica, 2009, vol. 120, p. 191-197.
  • CONDE, M. T. R. P., et al. Aspectos prognósticos da Síndrome Pós-Poliomielite no Brasil. In XVIII Congresso Mundial de Epidemiologia e VII Congresso Brasileiro de Epidemiologia, Porto Alegre - RGS, 2008. Revista Brasileira de Epidemiologia.São Paulo : ABRASCO, 2008. Resumo.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.