• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.6.2018.tde-08032018-115806
Documento
Autor
Nombre completo
Luiz Augusto Marcondes Fonseca
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 1996
Director
Tribunal
Laurenti, Ruy (Presidente)
Eluf Neto, Jose
Franco, Laércio José
Gotlieb, Sabina Lea Davidson
Monteiro, Carlos Augusto
Título en portugués
Mortalidade por câncer no estado de São Paulo: perfil atual, distribuição geográfica e tendências temporais
Palabras clave en portugués
Câncer
Mortalidade
Resumen en portugués
A mortalidade por câncer no Estado de São Paulo vem crescendo em importância à medida em que se processam as transições demográfica e epidemiológica. Atualmente, cerca de 13 por cento das mortes no Estado se devem ao câncer, prevendo-se aumento futuro nessa proporção. As neoplasias malignas mais frequentes como causa de morte foram, em 1993, as de pulmão, estômago, próstata, leucemias e linfomas e de boca e faringe, nos homens, enquanto, nas mulheres, foram as de mama, colo do útero e útero não especificado, estômago, cólon-reto e leucemias e linfomas. Houve diferenças regionais na mortalidade por câncer dentro do Estado de São Paulo, destacando-se a região administrativa de Santos, cujas taxas padronizadas foram as maiores, em ambos os sexos. Houve decréscimo das taxas padronizadas de mortalidade pelo conjunto dos cânceres entre 1972 e 1992, maior nas mulheres (-7,1 por cento), que nos homens (-3,7 por cento). As tendências temporais idade-específicas para o conjunto dos cânceres foram examinadas por análise de regressão que utiliza a distribuição de Poisson, com resultados significativos indicando quedas da mortalidade nas idades até 69 anos, nos dois sexos, estabilidade nas mulheres acima de 70 anos e aumento nos homens dessa idade. A maior redução de taxas, tanto padronizadas quanto idade-específicas, ocorreu para o câncer de estômago, em ambos os sexos, com resultados significativos em todas as idades. Ao contrário do câncer gástrico, as neoplasias malignas do pulmão, mama feminina e próstata apresentaram aumento das taxas padronizadas, entre 1970 e 1992; no entanto, para algumas faixas etárias mais jovens, o câncer de pulmão registrou quedas significativas de taxas em ambos os sexos. Enquanto isso, o câncer do colo do útero e as leucemias permaneceram estáveis, mas nestas últimas notou-se queda de mortalidade nas crianças até 9 anos. Tratando-se de doenças distintas, cuja etiologia é complexa. e geralmente não conhecida, exceto por alguns fatores de risco e mesmo estes, apenas para algumas delas, as tendências declinantes observadas nos mais jovens não têm uma explicação única, mas, ao contrário, devem-se, com maior probabilidade, a uma combinação peculiar de fatores específicos para cada câncer, não se podendo desprezar a contribuição advinda dos progressos materiais, sociais e tecnológicos ocorridos nas últimas décadas.
Título en inglés
Mortality from cancer in the state of São Paulo: current profile, geographic distribution and temporal trends
Palabras clave en inglés
Cancer
Mortality
Resumen en inglés
Cancer mortality has becoming progressively more important in the State of São Paulo as the demographic and epidemiologic transitions progress. Currently, around 13 percent of ali deaths in the State are due to the malignant neoplasms, and it is reasonable to anticipate a further increase in that proportion. The most frequent cancers causing deaths were, in 1993, those of the lungs, stomach, prostate, the leukemias and lymphomas and cancers of the mouth and pharinx, in males, and those of breast, uterus, stomach, colon and rectum and the leukemias and lymphomas, in females. There were regional differentials in cancer mortality within the State: the administrative region of Santos presented the highest age-adjusted mortality rates, both for males and females. There has been a decrease in the age-adjusted death rates between 1970 and 1992, with rates for females decreasing more (less 7,1 per cent) than those for males (less 3,7 per cent). Age-specific time trends for ali cancer mortality were evaluated by means of the technique of regression analysis using the Poisson distribution. Significant decreases in rates were found throughout ali age-groups up to 69 years, for both sexes. For the eldest, stable mortality rates were found among women, whereas a trend for an increase was observed among men. The largest reductions in rates were observed for stomach cancer, for both sexes, with decreases both in age-standardized as in age specific death rates; in the latter, significant decreases in rates were observed for all age-groups. lnversely, cancers of the lung, breast and prostate ali experienced increases in their age-adjusted rates between 1970 and 1992, while cervical cancer and the leukemias remained fairly stable, but, for the latter, a significant fali in mortality was observed in younger ages. As different cancers are distinct diseases, whose causation is complex and usually not known in full detail, except for a number of risk factors and only for some of them, reasons for the declining mortality in the youngest should be due to a number of factors peculiar to each cancer considered, although the contribution of material, social and technological progresses that happened in the last decades should not be omitted.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2018-03-08
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.