• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2013.tde-12042013-103426
Documento
Autor
Nome completo
Tatiane Sano Furukawa Zacarias
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Laurenti, Ruy (Presidente)
Jorge, Maria Helena Prado de Mello
Mathias, Thais Aidar de Freitas
Prado, Marlí de Fátima
Silva, Zilda Pereira da
Título em português
Mortalidade materna no município de São Paulo, 2000 a 2008
Palavras-chave em português
Áreas homogêneas
Causas de morte
Declaração de óbito
Desigualdades em saúde
Estatísticas de saúde
Exclusão social
Mortalidade materna
Saúde da mulher
Saúde reprodutiva
Resumo em português
Introdução: A mortalidade materna é um grande problema de Saúde Pública no Brasil e no mundo. Atinge muitas mulheres e representa um indicador de pobreza e iniquidade social. Objetivo: Analisar as mortes maternas ocorridas no município de São Paulo em uma série histórica de 2000 a 2008. Métodos: Estudo ecológico, que analisou os óbitos maternos ocorridos em residentes do município de São Paulo entre os anos de 2000 a 2008. Foram utilizados dados das Declarações de Óbito e dos relatórios do Comitê de Mortalidade Materna. O mapa de exclusão/inclusão social e as áreas homogêneas dos 96 distritos administrativos foram utilizados como unidades de análise. Foram calculadas as razões de mortalidade materna, o percentual de subnotificação de causas maternas declaradas e fator de correção. Foram analisadas as causas que ocultavam os óbitos maternos. A análise de tendência da mortalidade para o município foi realizada por meio de modelos de regressão polinomial e a para análise de correlação utilizou-se o teste de correlação de Pearson. Foi considerado o nível de significância de 5 por cento (p<0,05). Para análise do preenchimento das variáveis 43 e 44, as Declarações de óbito foram localizadas no arquivo morto da Prefeitura Municipal. Resultados: Ocorreram 877 óbitos. A Razão de Mortalidade Materna (RMM) foi de 53,2 óbitos/100.000 Nascidos Vivos. A série histórica apresentou tendência decrescente estatisticamente significativa, com redução de 1,73 ao ano. As menores RMM foram encontradas nas áreas homogêneas de menor exclusão social, e as maiores, nas áreas de maior exclusão. As áreas mais excluídas apresentaram risco de morte materna aproximadamente três vezes maior que na área menos excluída. A correlação de Pearson revelou moderada correlação negativa entre a RMM e o índice de exclusão/inclusão global (-0,37), o índice de desenvolvimento humano (-0,40) e de autonomia (-0,36). As principais causas de morte materna foram as obstétricas indiretas. O percentual médio de subnotificação das causas maternas foi de 45,38 por cento, e o fator de correção médio foi 1,83. Destacou-se o grande percentual de causas mal definidas declaradas. Entre 2004 a 2006, 43,4 por cento das declarações apresentaram os campos 43 e 44 preenchidos corretamente. A maioria das declarações apresentou três diagnósticos informados. Conclusões: A RMM mostrou relação com as condições socioeconômicas. É necessário maior investimento em treinamentos para o correto preenchimento das Declarações de óbito. É necessário a implementação mais efetiva de ações de saúde voltadas para a mortalidade materna
Título em inglês
Maternal Mortality in the city of São Paulo, 2000 to 2008
Palavras-chave em inglês
Cause of death
Death certificates
Health inequalities
Health statistics
Homogeneous area
Maternal mortality
Reproductive health
Social exclusion
Womens health
Resumo em inglês
Background: Maternal mortality is a big problem of public health in Brazil and in the world. Affects many women and is an indicator of poverty and social inequity. Objective: To analyse maternal deaths occurred in the city of São Paulo in a series from 2000 to 2008. Methods: Ecologic study, which analyzed maternal deaths that occurred among residents of city of São Paulo during the years 2000 to 2008. Data were used from deaths certificates and reports of the Committee on Maternal Mortality. The map of social inclusion/exclusion and homogeneous areas of the 96 districts were used as units of analysis. We calculated maternal mortality ratios, the percentage of underreporting of maternal causes and the correction factor. We analyzed the causes that hid maternal deaths. The analysis of trends in mortality for the city was conducted using polynomial regression models and for correlation analysis used the test of correlation of Pearson. It was considered the significance level of 5 per cent (p<0,05). For examination of completing the variables 43 and 44, the deaths certificates were located in the archive of the city. Results: There were 877 deaths. The Maternal Mortality Ratio (MMR) was 53,2/100.000 live births. The series showed trend decreasing statistically significant, with a decrease of 1,73 per year. The lower MMR were found in homogeneous areas with lower social exclusion and higher than areas with higher exclusion. Areas most excluded showed risk of maternal deaths about three times higher than in area less excluded. The correlation of Pearson showed moderate negative correlation between MMR and index inclusion/exclusion overall (-0,37), the index of human development (-0,40) and the index of autonomy (-0,36). The main causes of maternal deaths were obstetric indirect. The mean percentage of underreporting of maternal causes was 45,38 per cent , and the correction factor medium was 1,83. We emphasize the high percentage of illdefined causes declared. During 2004 and 2006, 43,4 per cent of the declarations presented fields 43 and 44 filled in correctly. Most declarations presented three diagnoses listed. Conclusion: The MMR showed relationship with socioeconomic conditions. It is necessary greater investment in training for correct completion of death certificates. It is necessary the implementation more effective heath actions to maternal mortality
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TatianeZacarias.pdf (3.27 Mbytes)
Data de Publicação
2013-06-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.